segunda, 06 de fevereiro de 2017

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow (de verdade!)

8 Comentários

Pessoal, este é o último post antes de eu estar oficialmente em terras americanas.
DE.
FÉRIAS.
Ai, como é bom dizer isso, principalmente quando esse período vem acompanhado de uma viagem. Viagens são minha segunda paixão, logo atrás de comida (comida engloba comer e fazer comida, claro). Eu viajo em busca da primeira paixão: comer. Essa é a verdade.
Estou indo para os EUA, passar uns dias em Miami, Fort Lauderdale, Key West e – principalmente – New Orleans. Conseguimos uma passagem por pontos e a oportunidade parecia boa demais pra desperdiçar. O que seria apenas ficar deboando em Fort Lauderdale se tornou muito maior, pois Sr. Namorado não sabe se conter e rapidamente me convenceu a acrescentar uma roadtrip para New Orleans e outra para Key West.

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow
Então, nessa sexta, estou embarcando para o mundo dos McDonalds e Starbucks a cada esquina. Só retorno, se Trump permitir minha estadia, dia 25.
E o blog vai ficar parado, Ju?
Não, meus amores, porque eu fiz questão, dessa vez, de planejar posts para meu período de férias. Pelo menos, uma receita por semana, como já está acontecendo no blog. Então, sem querer dar spoilers, mas pra quem pediu dicas para fazer bolos ou cupcakes perfeitos, fiquem ligados. Também vai vir por aí um recheio novo – bem americano! – e uma receitinha salgada vegetariana bem deliciosa!

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow
Nível de expectativas para a viagem? Altíssimo. Vocês não têm ideia do tanto de coisas, lugares, atividades, restaurantes e lojas que eu planejei ir. Aliás, no blog novo, vou falar sobre isso também: planejamento de viagem, que é provavelmente minha atividade favorita depois de comer, dormir, cozinhar e fotografar.

Quer acompanhar a viagem toda comigo? A EasySim4U entrou como parceira do Cupcakeando para oferecer internet de alta qualidade enquanto eu estiver lá. O que significa, sim, centenas de Stories na Michaels, em lojas de confeitaria, em lojas de cozinha, restaurantes e comidinhas maravilhosas e no que mais der na telha. Dicas legais pra quem estiver indo por lá! Então não perca no Instagram do blog, porque Stories somem rapidinho hein? :)

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow (de verdade!)
Receita da massa do maravilhoso Cake Bible, da Rose Levy Beranbaum.
Rende: 12 cupcakes

Massa
1/4 xícara (60ml) de leite
4 claras
2 colheres de chá de baunilha
2 xícaras (280g) de farinha
1 xícara (200g) de açúcar
1 colher de chá de fermento
1/4 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de cravo em pó
1 colher de chá de cacau
220g de manteiga, em ponto de pomada

Cobertura: Marshmallow de verdade!
4 1/2 colheres de chá de gelatina em pó, sem sabor
1/2 xícara de água gelada
3/4 xícara de açúcar
1/2 xícara (180g) de glucose
1/4 xícara de água
corante em gel (opcional)
coco ralado ou açúcar impalpável misturado com amido de milho (proporção 2 pra 1), para passar por cima do marshmallow

1 – Para a massa: ligue seu forno em 180˚C. Em um copo ou tigela, misture o leite, as claras e a baunilha. Na tigela da batedeira, peneire juntos e misture bem a farinha, o açúcar, o fermento, o sal, a canela, o cravo e o cacau. Se o açúcar não passar pela peneira (o cristal às vezes não passa), não tem problema, só coloque na tigela normalmente.
2 – Adicione a manteiga à tigela dos secos e bata em velocidade baixa por uns 3 minutos. Vai ficar com uma aparência de areia molhada quando a manteiga estiver bem incorporada. Em seguida, acrescente metade dos ingredientes líquidos e bata por um minuto completo na velocidade média.
3 – Adicione o resto dos ingredientes líquidos em duas partes, batendo por 20 segundos em velocidade alta após cada adição.
4 – Divida a massa entre as forminhas e leve para assar por 15 minutos, ou até que um palito inserido em cada cupcake saia limpo.
5 – Para a cobertura: misture a gelatina em pó com a água gelada e deixe o líquido ser absorvido. Em uma panela, misture o açúcar, 1/4 de xícara da glucose, o sal e o 1/4 de xícara de água. Leve para ferver no fogo alto.
6 – Enquanto isso, coloque na tigela da batedeira (é melhor usar uma fixa nessa receita) o resto da glucose. Leve a gelatina hidratada ao microondas por 10 ou 15 segundos, apenas para derreter e nada mais, senão ela queima e perde as propriedades. Quando estiver líquida de novo, derrame dentro da tigela da batedeira e ligue no mínimo, pra ir misturando enquanto a calda fica pronta.
7 – Quando a calda chegar a 115°C (240°F), derrame com cuidado dentro da tigela da batedeira enquanto ela bate. Aumente a velocidade para o médio e bata por cinco minutos, depois aumente para o médio alto e bata por mais cinco minutos. Por último, aumente para o máximo e bata por mais dois minutos. Vai estar pronto quando estiver opaco. Se quiser colorir, coloque o corante agora e bata mais uma vez para misturar.
8 – Assim que começa a esfriar, o marshmallow passa a endurecer, então coloque imediatamente no saco de confeitar e decore seus cupcakes. Enquanto ainda estão um pouco úmidos, peneire o açúcar impalpável e amido por cima ou salpique coco ralado, como eu fiz. Espere pelo menos umas 4h antes de consumir, em temperatura ambiente mesmo, para que o marshmallow endureça completamente.

Cupcakes de cravo e canela com cobertura de marshmallow
Se você não for tão fã de canela e cravo, é só não colocar na receita da massa. Mas o sabor fica muito bom e dá um contraste com o doce do marshmallow. Senti uma coisa meio aconchegante e família com esse bolinho, em sua maioria porque marshmallow me lembra meu pai que come isso como se fosse remédio quase todo dia, se deixar.

Quem mais vai entrar de férias do trabalho nos próximos dias? Vai viajar? Pra onde? Conta aqui embaixo! Ainda estou aceitando dicas para meus destinos! :)

quarta, 10 de agosto de 2016

Cupcakes de caramelo com flores de marshmallow

23 Comentários

Estou num período de corte de gastos. Já passei por esse período antes, com a reforma do apartamento, mas agora é um verdadeiro corte de gastos mesmo. Pior é que não tem muito a ver com a crise. É, segundo minha mãe, a “independência financeira” que a gente tanto almejava. No processo de sentar e ver tudo o que é supérfluo e que precisa ser cortado ou diminuído, eu tenho aceitado algumas verdades na minha vida.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor4
Uma delas é que eu não terei uma vida tão confortável quanto a que tive até hoje. Com minha atualidade financeira de jornalista, não dá pra manter o padrão de maquiagens da MAC, por exemplo. São maravilhosas, mas são caras e, não, não da pra apertar ali pra fazer caber aquela base de 170 reais. Já não tem mais aonde apertar. Então o jeito é encontrar algo que se enquadre na minha realidade. Fui até a Quem Disse, Berenice e estou bem satisfeita com meu cc creme de 50 reais. (aliás, alguém tem alguma dica de base líquida, ou creme, ainda mais barata que isso? Socorro!)
Não dá mais pra ir à feirinha orgânica toda semana, comprar de tudo e ver os produtos apodrecendo na geladeira porque não usei. Isso é dinheiro indo pelo ralo. O esquema agora é comprar 1 kg de cenoura com ramas: as ramas vão pro Whey e as cascas da cenoura viram tapenade. O caule do brócolis japonês vira bolinho proteico e isso é mais uma refeição pronta para a semana. Nada se desperdiça. Tudo se transforma.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor3
Tudo é uma questão de prioridades. Eu poderia, na verdade, manter essas luxúrias – como esse vestido ma-ra-vi-lin-do da So Cute que estou namorando –, mas isso seria ao custo das minhas economias mensais direcionadas para minha aposentadoria. Sei que estou nova, mas eu penso longe.
Prioridades são manter sua saúde pagando uma nutricionista que vai te ajudar a se alimentar bem. É pagar seu plano de saúde. É investir na sua educação. Colocar aquela graninha na previdência privada ou em algum investimento a longo prazo. Prioridades.
Maquiagens, roupas e sapatos ficam pra depois. Aquele plano de internet de trocentos mil gigabytes pode diminuir, né? A conta do celular não precisa ser tão alta, e que tal procurar um seguro novo e mais barato pro carro? E assim vai.
A gente tem que ser flexível. Adaptável. Maleável. Pois a vida não está aqui pra ser fácil. A graça dela é sobreviver. Sobre-viver. Viver além. E não ser soterrada por ela.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor

Cupcakes de caramelo com flores de marshmallow
Rende: 14 cupcakes
Receita por Sally’s Baking Addition.

1 1/2 xícara (200g) de farinha
1 colher de chá de fermento
uma pitada de sal
1 xícara (150g) de açúcar mascavo
1/2 xícara (100g) de açúcar
110g de manteiga
2 ovos grandes
1/2 xícara (130ml) de leite
1 saco de marshmallows brancos ou coloridos, desde que sejam quadrados/retangulares
açúcar impalpável
açúcar colorido

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Em uma tigela, peneire a farinha, o fermento e o sal. Em outra, bata a manteiga e os açúcares por 3 minutos, até obter um creme fofo e pálido.
2 – Adicione ao creme os ovos, um por um, batendo bem após cada adição. Com uma espátula, limpe as laterais da tigela para garantir que tudo está sendo incorporado.
3 – Alterne a adição dos ingredientes secos e do leite, em três partes para os secos e duas para o líquido, terminando com a farinha. Bata somente até incorporar tudo, ou sua massa pode solar.
4 – Divida entre as forminhas e leve para assar por 18 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo. Eles devem ficar levemente douradinhos na superfície, mas o ideal é o teste do palito.
5 – Para as flores: cada marshmallow vai render 5 pétalas. Amasse levemente cada um para que fique mais ou menos retangular/quadrado, para facilitar o corte. Com uma tesoura grande e limpa, corte cinco pedaços da mesma espessura. Imediatamente coloque um dos lados primeiramente no açúcar colorido e depois transfira para o açúcar impalpável, colocando o outro lado. Duas das pétalas em cada marshmallow não vão precisar da camada de açúcar, porque terão um dos lados da própria parte externa do marshmallow. Vá colocando as pétalas em um prato enquanto faz mais e mais. Para cada cupcake, eu achei que ficava mais bonito usar 6 pétalas. Usei quase todo o pacote para os 14 cupcakes, sobrou uns 8 marshmallows que foram devidamente consumidos, levemente derretidos no fogão.
6 – Para formar a flor, pegue as pétalas e vá abrindo em um leque até fechar o círculo. Então, com os dedos mesmo, pressione no centro, afundando os marshmallows e grudando-os entre si. Se quiser finalizar com um MM’s colorido no centro, ficaria bonito, mas eu não vi necessidade.
7 – Grude as flores no topo dos cupcakes com um pouco de qualquer cobertura que tiver dando sopa na sua casa. Se não tiver nenhuma, faça um brigadeiro branco simples e rápido, só pra grudar mesmo. Ou geleia. Ou ganache. Ou doce de leite. As possibilidades são inúmeras.

Sempre via essa decoração ou algo parecido com ela por aí, resolvi fazer em casa e mostrar pra vocês. Algo simples para quem estiver evitando as coberturas cremosas com medo de dar errado, ou de derreter em alguma festinha. Voilá! Marshmallow nunca nos abandona!
Os cupcakes não têm caramelo em si na massa, como vocês podem ver, mas o açúcar mascavo deixa aquele gostinho doce, meio queimado, que tanto amamos no caramelo. Se quiser, complete esse cupcake com um recheio de MAIS caramelo (com flor de sal, por exemplo!), que fica ainda mais indulgente.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor2

O que é ser adaptável pra você? Como você já teve que mudar hábitos para se adequar a novas realidades? Especialmente em época de crise, aposto que muita gente entende. Conta aí nos comentários!

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!