segunda, 12 de março de 2018

Cupcakes de cenoura americano com bundinhas de coelho, para a Páscoa

2 Comentários

Já conseguiram decidir o que vão comer na Páscoa?
Todo ano eu passo por isso: são tantas opções de doces que eu fico meio perdida. Tem bolo, tem cupcake, tem ovo recheado, tem ovinhos, tem brigadeiro, tem bolo de pote, cheesecakes, pudins diferentes… gente, como vocês conseguem escolher apenas um?

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa
Eu me lembro vagamente do que era a Páscoa pra mim. Eu amava ovos de chocolate branco, especialmente Galak, e minha mãe sempre providenciava um pra mim. A Galak um ano lançou um ovo que fez sensação, pelo menos na minha memória: ele continha pedacinhos coloridos que explodiam na boca. Alguém lembra desse ovo?
Eu comia um dele inteiro por dia, se deixassem. Era muito viciada.

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa
Depois passou um pouco a vibe do chocolate branco, e eu fiquei viciada no ao leite – provavelmente pela quantidade de açúcar que ele tem, a mais que um amargo ou meio amargo. Criança, sabe como é.
Me lembro também da época que viciei em ovos mais amargos, mas foi uma paixão breve. E uma paixão que nunca tive, foram esses ovos com casca recheada… de mousse, de creme ou sei lá. Não sei, sinto que perde um pouco o sentido do ovo de páscoa, que era de abrir e ver o que vinha dentro – e, claro, depois comer a casca.

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa
A decoração de Páscoa desse ano é essa bundinha fofa de coelho. Mas o que importa mesmo é a receita do cupcake embaixo dela: cenoura americano. Eu simplesmente adoro essa receita. Claro que sou eternamente mais fã da nossa maneira de fazer bolo de cenoura, tradicionalmente laranjinha e delicioso, mas a massa de cenoura americana também é incrível exatamente por ser diferente.
Com especiarias como canela, cravo e noz moscada, a massa do cupcake traz mais profundidade de sabor. E a cenoura ralada, ao invés de batida, garante que a massa mantenha mais umidade que outras. Por isso, esse bolo fica fofinho mas ainda úmido. Recheio? Não precisa, mesmo. Não coloque. Aproveite essa massa.

Cupcakes de cenoura americano com bundinhas de coelho, para a Páscoa
Rende: 12 cupcakes

Massa
1 1/4 xícara (170g) de farinha
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento
1 colher de chá de canela
1 xícara (210g) de açúcar
2 ovos
1/2 xícara (108ml) de óleo
1/4 xícara (70ml) de iogurte
1 1/2 xícara (170g) de cenoura ralada fina

Cobertura
1 receita de buttercream de merengue italiano

coco ralado para cobrir a cobertura

Patinhas de coelho
Pasta americana branca e rosa

1 – Ligue o forno em 180˚C. Peneire a farinha, o bicarbonato, o fermento e a canela em pó numa tigela e reserve. Em outra tigela maior, coloque os ovos, o açúcar e o óleo e bata por 2 minutos, até clarear bastante. Adicione o iogurte e bata novamente até misturar.
2 – Adicione os secos aos poucos, em partes, e bata somente até incorporar. Por último, adicione a cenoura raladinha e misture batendo de leve ou com uma espátula fazendo movimentos envolventes.
3 – Divida a massa entre as forminhas, preenchendo 2/3 de cada uma, e leve para assar por 13 minutos. Remova quando estiverem prontos e deixe esfriar.
4 – Para fazer as patinhas, é só formar um triângulo a partir da bolinha branca, e amassar de leve para ela ficar no formato de um triângulo abaulado. Depois com a pasta rosa clara, faça mini bolinhas e amasse entre os dedos para fazer a sola da patinha e dos dedinhos. Cole com um pouco de água – pouquinho de nada, é só pra grudar mesmo. Se você deixar muito empapado de água, vai escorrer ao invés de grudar. Faça bolinhas brancas para a bundinha do coelho também e deixe todos secando para decorar depois.
5 – Cubra cada cupcake com o buttercream como eu mostro no vídeo, e depois deixe-os na geladeira por uns 10 minutos, para firmar a cobertura melhor. Isso ajuda pra passar no coco ralado. Retire e, com cuidado, passe no coco ralado até cobrir toda a cobertura. Depois posicione as patinhas e o pompom até que grudem. Sirva :)

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa

Cupcakes de cenoura americanos com bundinhas de coelhinhos para a Páscoa
Como tem cenoura fresca na massa, recomendo que eles fiquem na geladeira enquanto não forem consumidos para que durem mais. Se lá ficarem, retire da geladeira e aguarde uns 20 minutos antes de servir, para que a cobertura não esteja dura na hora de morder.

segunda, 21 de março de 2016

Cupcakes de cenoura americanos, versão 2

9 Comentários

Por motivos de: este blog não é um palanque político, não comentarei os últimos acontecimentos do país. Mas sim, estou bem antenada no que está rolando, só não quero polemizar este ambiente que tem a intenção apenas de adoçar a vida de todos.
Vou falar então de coisa boa, vou falar de tecpix, vou falar de LOLLAPALOOZA e no quanto a viagem foi incrível. Havia tempo que eu não ficava tão satisfeita com minha determinação de caminhar mesmo quando seus pés já estão em carne viva – acho que a última vez foi quando subi uma montanha atrás de Morskie Oko e encontrei neve pelo caminho.
Para quem não foi, o festival aconteceu no Autódromo de Interlagos e ocupou todo o espaço dele. Literalmente. Tinham palcos em cada ponta do lugar, o que eu achei ótimo porque no outro único Lolla que eu havia ido (no Jóquei Clube), a proximidade dos palcos fazia com que você se confundisse com os sons durante os shows que eram simultâneos. Sim, você tem que andar muito mais e trabalhar melhor seu tempo se não quiser perder nenhum começo de show. Mas preferi assim.

cupcake_cenoura_americano_2b
Depois de chegar em SP diretamente no Eataly e passar pela La Vie En Douce, fomos direto para assistir Eminem no primeiro dia. E eu vou contar um negócio pra vocês: foi o melhor show que eu já fui na minha vida. Posso não ser uma pessoa isenta para falar isso, já que eu cresci desde meus 13 anos ouvindo Eminem, sou fã do cara. Mas olhando apenas de maneira técnica – e eu nem sou tão entendida assim –, o show foi praticamente perfeito. O som estava maravilhoso, o telão não deu defeito, o setlist foi impecável (faltando apenas Cleaning Out My Closet, Superman e When I’m Gone, mas mamãe ensinou que não da pra ter tudo na vida. E ele tocou White America) e o cara começou e acabou o show de 2h e pouca no mesmo gás. Tu é incrível, Marshall.
No dia seguinte, chegamos mais cedo para o show de WALK THE MOON, que eu já classifiquei no segundo lugar de melhores shows da minha vida. De novo: som excelente, empolgação da banda no talo e uma setlist de músicas que eu conhecia. Todas. Aliás me sentia fangirl no meio da galera porque eu sabia tudo de cor e a maioria só ficava embalada pelo ritmo, tanto no Eminem quanto em WTM.

cupcake_cenoura_americano_2a
Pulei, gritei, perdi a voz antes, durante e depois dos shows. Achei que minha coxa ia explodir, imaginei uma cirurgia no joelho que já é ruim, pedi pro Sr. Namorado me carregar mentalmente em diversos momentos. O que importa é que: foram momentos únicos, incríveis, junto com meus amigos que amo tanto, e que me encheram de felicidade e energia por terem me dado esse presente maravilhoso de aniversário. Pelos próximos anos, toda vez que eu achar que a vida tá chata, ruim ou triste, vou pensar “putz, mas aquele show do Eminem, hein? Irado”.

confeitos_cenoura_caramelizada

cupcake_cenoura_americano_2
Sabem o que tá chegando né? Sim, aquela época de comer chocolate até explodir: a Páscoa. Já tem bastante tempo desde que fiz uma receita de cupcakes de cenoura americanos, que são bem diferentes dos nossos brasileiros. Pessoalmente, prefiro os nossos, mas os americanos também não são de se ignorar. Junto com eles, tentei fazer uma decoração de tirinhas de cenouras caramelizadas, enroladas. Mas não ficavam de jeito nenhum, então apenas quebrei elas em pedacinhos e usei como confeitos de cenoura. Ficaram tão bons que eu estava comendo puro mesmo depois que os cupcakes acabaram.

Cupcakes de cenoura americanos, versão 2
Rende: 12 cupcakes
Receita por Annie’s Eats, com adaptações.

220g de cenoura, ralada finamente
1 1/2 xícara de farinha
1/2 colher de chá de fermento
1/2 colher de chá de bicarbonato
1/2 colher de chá de canela
uma pitada com três dedos de cravo em pó
1/4 colher de chá de sal
3/4 xícara de açúcar
1/4 xícara de açúcar mascavo
2 ovos
3/4 xícara de óleo

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Em uma tigela, bata os ovos e os dois tipos de açúcar com um fouet ou em uma batedeira – pode ser fixa ou de mão. Pessoalmente, prefiro a de mão, tenho mais controle assim. Pare quando a mistura estiver com uma cor bem mais clara e cheia de bolhas.
2 – Adicione o óleo à tigela e bata novamente para incorporar.
3 – Acrescente a cenoura ralada e misture para incorporar. Em seguida, peneire por cima a farinha, o fermento, o bicarbonato, a canela, o cravo e o sal. Tudo junto. Então, misture bem com uma espátula, fazendo movimentos envolventes e que não trabalhem muito a massa, para que o bolo não sole.
4 – Divida a massa entre as forminhas, preenchendo 2/3 de cada uma. Leve para assar por 18 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo. Retire quando prontos, mas não os remova da fôrma de metal ainda. Espere mais 5 minutinhos e depois os transfira para uma superfície para esfriar completamente. Decore com uma generosa camada de cobertura de creamcheese, tradicional com esse bolinho nos EUA. Aqui eu ensino uma receita dessa cobertura que gosto bastante.

Confeitos de cenoura caramelizada

Receita pela Stef, do Cupcake Project.

1 xícara de água
1 xícara de açúcar
1 cenoura grande

1 – É bem simples, na verdade: descasque a cenoura e corte tirinhas dela, as mais finas que você conseguir. Se quiser, use o próprio descascador se o que você tiver for assim. Também deixe preparada uma fôrma de metal, tipo de assar biscoitos, forrada com papel manteiga.
2 – Leve a água e o açúcar para ferver em uma panela, preferencialmente que tenha cabo porque você vai precisar manipular a panela depois e calda de açúcar fervente é perigosa!
3 – Quando estiver fervendo, adicione as cenouras. Mantenha-as mergulhadas na calda o máximo que conseguir e deixe ferver por 15 minutos em fogo médio-baixo. Fique de olho pois a calda não deve queimar ou caramelizar. Se ela começar a mudar de cor, retire do fogo e espere um ou dois minutos antes de voltar a cozinhar a cenoura na calda.
4 – Quando passar o tempo, escorra a calda com muito cuidado, use uma peneira se quiser. Coloque as cenouras em cima do papel manteiga, mantendo-as estendidas o máximo que você conseguir.
5 – Agora, é só esperar esfriar completamente e secar. As cenouras vão endurecer. Depois de bem sequinhas, é só colocar em uma tábua e cortar com uma faca. Não precisa ficar certinho, como for ficando está ótimo. Rústico!

Para decorar esses cupcakes, usei o bico 1B da Wilton. E os confeitinhos de cenoura, é claro.

cupcake_cenoura_americano_2c
Esses cupcakes são uma delícia. Apesar de preferir nossa versão brasileira, tenho que admitir que o estilo americano tem todo um sabor diferente e sempre ficam bem molhadinhos, sem precisar de recheio nenhum! “Mas Ju, quero rechear, uso o que?”, miga, sua loka, não usa nada. A massa é tão deliciosa que tirar metade dela no meio pra colocar outros sabores é quase uma agressão.

Quem foi no Lolla? O que acharam? Quais shows gostaram mais?

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!