segunda, 24 de julho de 2017

Cupcakes de baunilha e buttermilk e buttercream de café

6 Comentários

Sempre que planejo um novo cupcakes, gosto de ir atrás de uma nova receita para cada parte dele: a massa, o recheio, a cobertura. Primeiro porque gosto de experimentar novos sabores e quando você troca um ingrediente na receita, é o suficiente para ter uma nova experiência de sabor.
Segundo motivo é que eu realmente gosto de testar novas técnicas e maneiras de fazer um doce. Praticando que se aprende a fazer com perfeição qualquer coisa, não é? E é assim que a gente vê o que a gente consegue fazer e o que não dá, infelizmente não tenho essa habilidade, sorry.

Cupcakes de baunilha e buttermilk com cobertura de buttercream de café

Cupcakes de baunilha e buttermilk com cobertura de buttercream de café
Eu sempre gosto de usar buttermilk em receitas, acho que deixa a massa mais molhadinha e fofa, além de ter um sobretom azedinho que aguça as papilas, sabe? Pode estar tudo na minha cabeça… será?
Não sei, experimente em casa e descubra você mesmo!

Cupcakes de baunilha e buttermilk com cobertura de buttercream de café

Cupcakes de baunilha e buttermilk com cobertura de buttercream de café

Cupcakes de baunilha e buttermilk
Receita da massa da Sugar, spice and glitter, com adaptações.
Rende: 10 cupcakes

Massa
1 1/4 xícara (170g) de farinha de bolo
1 colher de chá de fermento
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
uma pitada de sal
2 ovos
3/4 xícara (180g) de açúcar
1 1/2 colher de chá de extrato de baunilha
3/4 xícara (175ml) de óleo
1/2 xícara (110ml) de buttermilk

Buttercream de café
1/2 receita de buttercream de merengue italiano
2 colheres de chá de extrato de café (ou essência, vendida em casas de confeitaria)

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Se não tiver preparado seu buttermilk, faça antes. Em uma tigela, bata os ovos e vá acrescentando o açúcar aos poucos, em chuva. Bata até obter uma mistura mais clara e espumosa – por uns 2 minutinhos.
2 – Adicione o óleo e a baunilha e bata novamente. Em seguida, peneire a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal em uma tigela. Alterne a adição dos secos com o buttermilk à mistura de ovos, terminando com os secos e batendo somente até incorporar tudo. A massa fica um pouco líquida, mas consistente.
3 – Divida a massa entre as forminhas e asse por 13 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo. Espere esfriar completamente para decorar.
4 – Prepare a cobertura conforme indicado na receita anterior (clica ali em cima para ir para página com o passo a passo! Tem vídeo no Youtube também!). Acrescente o extrato de café e bata para misturar bem. Decore seus cupcakes como preferir – eu usei o bico 1B da Wilton, que é um pitanga mais fechadinho no centro.

Cupcakes de baunilha e buttermilk com cobertura de buttercream de café
A massa desse cupcake é uma delícia, por causa do buttermilk, que dá um gostinho levemente ácido que combina na boca, e fica extremamente fofinho. Como ele é neutro, dá pra rechear com uma imensidão de opções – ganache, brigadeiro, cremes, mousse, etc etc!
Eu fiz meu próprio extrato de café em casa. Vocês querem aprender comigo? Comenta aqui embaixo de querem essa receita que eu passo :)

E você reusa as mesmas receitas sempre, ou busca outras novas sempre?

segunda, 23 de setembro de 2013

Cupcakes de baunilha, feitos com óleo

78 Comentários

Eu só tenho três palavras para vocês: Rock in Rio.
Sim, eu fui. Esta é a segunda edição que eu vou e provavelmente a última. Fui na primeira pelo evento e nesta segunda por um artista específico. Não vejo motivos para ir na próxima, a não ser que o Eminem ou o Cake participe.
Eu não fui para o fim de semana do rock. Ou o que quer que isso signifique. Fui nos dias 14 e 15 porque, desde os meus 13 anos de idade, sou uma ardente admiradora de Justin Timberlake. Não sei se me enquadro em fã, porque quando penso em fã, imagino aquelas meninas de 18 anos que berravam insandecidas a cada movimento de quadril que ele fez durante o show.
Eu admiro o artista, o bom humor, o trabalho, a evolução e a pessoa de Justin Timberlake. Afinal, temos que concordar que sair disso para isso é uma verdadeira evolução. Eu não berrei insandecida porque ele requebrou, ou porque ele é bonito e charmoso. Na verdade, passei parte do show sem palavras para agradecer o Sr. Namorado por me colocar a menos de 40 metros do Justin e outra parte cantando as músicas.

cupcakes_baunilha_oleo
Talvez porque eu tenha ido no que chamam de “fim de semana do pop no Rock in Rio”, ou talvez porque eu me considero muito tolerante, mas eu detesto ter que ouvir de qualquer pessoa que “o Rock in Rio não é mais um festival de rock”.
Primeiro, nunca foi, já que a primeira edição em 1985 teve Alceu Valença, Elba Ramalho, Baby Consuelo e Al Jarreau. Segundo, o nome Rock in Rio é uma referência ao termo em inglês “rocking” que significa algo do tipo balançar ou agitar, ou seja, agitando o Rio de Janeiro. Terceiro, se o fato de ter “rock” no nome impede o evento de ter Ivete Sangalo, Jessie J ou Katy Perry, então “Rio” também impede o festival de acontecer em Lisboa, Madri e Las Vegas (o próximo lugar que a produção quer ir) – e isso é muito estúpido, ok?
Rock in Rio é um festival de música. Por mais que existam críticas, pop, funk, axé, samba e jazz são estilos de música e, portanto, tem todo o direito de aparecer por lá. A produção faz o melhor que pode: divide as bandas em dias que combinam, para que os metaleiros não se irritem com o pop e as fãs insandecidas de Justin não morram de medo das rodinhas punk.

cupcakes_baunilha_oleo
Então, vá no dia da sua banda e pare de ser tão purista e preconceituoso. E isso vale para todos os lados. Que tal mais amor, tolerância e música, e menos – bem menos – mimimi?

Cupcakes de baunilha, feitos com óleo
Receita por Glorious Treats.
Rende: 14 cupcakes

1 1/4 xícaras de farinha de bolo
1 1/4 colheres de chá de fermento
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal
2 ovos
3/4 de xícara de açúcar
1 1/2 colheres de chá de extrato de baunilha
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de buttermilk

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Em uma tigela grande, peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal.
2 – Na tigela da batedeira, coloque os dois ovos e bata por 20 segundos. Adicione o açúcar e continue batendo em velocidade média por 30 segundos.
3 – Acrescente a baunilha e o óleo e bata novamente, por mais uns 30 segundos.
4 – Adicione os ingredientes secos em três partes, alternando com o leite e batendo rapidamente entre adições, apenas para incorporar tudo. Não bata demais ou a massa ficará dura, seca e pode solar.
5 – Divida a massa em forminhas de papel, dentro da fôrma de metal – essa massa é bem líquida! –, e asse por 13 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo.
6 – Remova do forno e deixe esfriar dentro da fôrma de metal por 2 minutos, nada mais, nada menos que isso. Retire imediatamente em seguida, ou a forminha de papel pode começar a soltar.

Essa massa foi um pedido de leitores, que queria uma receita de cupcake de baunilha que não precisasse de manteiga. Às vezes, é bem chato ter que esperar a manteiga amolecer só pra fazer um bolo, então que tal fazer com óleo? A cobertura que usei foi o buttercream com gosto de sorvete, e um pouco de corante laranja em gel. O bico é o 1M da Wilton, como sempre para conseguirmos voltinhas clássicas como essa.

Você foi no Rock in Rio? Que dias? O que achou dos shows?

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!