quarta, 14 de junho de 2017

As 10 preferidas do blog

5 Comentários

Imagens de algumas receitas que são as preferidas do Cupcakeando, com mais acessos gerais.

 

São cinco anos de Cupcakeando hoje! E eu resolvi fazer um compilado das receitas mais acessadas e compartilhadas daqui, pra quem é novo conhecer mais do que já passou por aqui.
Vamos lá? :)


A receita mais acessada é o tradicional e famoso buttercream. Essa receita é deliciosa e super simples de fazer!

Buttercream tradicional feito com manteiga e açúcar impalpável. Na foto, uma batedeira bate o buttercream.

 


A primeira receita de red velvet que postei aqui, em um post colaborativo de Dia dos Namorados com outras blogueiras! Essa ainda é uma das minhas favoritas :)
Ela é tão antiga que as fotos ainda tem a logomarca velha do blog, hahaha. Mas essa aqui está atualizada (inclusive de edição de foto).

Cupcakes red velvet, a primeira receita deles do blog.

 


Buttermilk é um dos ingredientes mais pedidos em receitas americanas e que a gente não tem industrializado por aqui. Um bom substituto é essa receita que eu ensinei aqui em um post da série Faça em Casa.

Buttermilk caseiro feito apenas com leite e limão.

 


Cupcakes salgados são possíveis? Sim senhor! Esses são uma delícia, de pizza, e é uma das receitas do blog mais compartilhadas no Pinterest. Aliás, foi de lá que veio a ideia dele. Aproveita e segue o Cupcakeando no Pinterest.

Cupcakes de pizza do blog.

 


Foi a primeira receita do blog, da maravilhosa Joy of Baking, e permanece ainda uma das minhas favoritas. Acho sinceramente que é uma das melhores receitas de baunilha, para cupcakes, bolos, qualquer coisa!

Cupcakes de baunilha com voltinhas perfeitas.

 


Essa massa de chocolate é perfeita para tudo, inclusive um bolo de tabuleiro bem tradicional e simples. É deliciosa, e não é incrivelmente fácil, mas vale a pena quando você terminar, eu garanto.

Cupcakes de chocolate simples, uma das receitas preferidas do blog.

 


Uma receita super famosa de buttercream também. Ela é mais estável ao calor que a tradicional, mas também não faz milagre. A diferença das duas é a textura: essa aqui você não sente granulados de açúcar na boca! Eu prefiro o sabor desta aqui.

Buttercream de merengue italiano, o famoso IMBC.

 


Claro que tem que ter cupcake de cenoura nessa lista, porque é uma das receitas mais amadas também. Massa fofinha, sem solar, e pronta pra receber aquela calda de brigadeiro que tanto amamos.

Cupcakes de cenoura estilo brasileiro

 


Mais uma da série faça em casa é essa receita de pasta americana, homemade e linda. Ideal para decorar cupcakes e bolos e o que mais você precisar, até docinhos de casamento podem receber essa pasta como decor.

Pasta americana caseira para cupcakes, bolos e decorações

 


Uma das receitas mais amadas do blog certamente é esse naked cake de baunilha com doce de leite e brigadeiro. Definitivamente, uma beleza e uma delícia.

Naked cake de baunilha com recheio de brigadeiro e doce de leite

segunda, 12 de dezembro de 2016

Drip cake com calda de café e buttercream, para o meu aniversário

4 Comentários

Banner da parceria entre Cupcakeando e Café do Sitio.

Ando numa onda de fazer bolos ultimamente. Como vocês viram no instagram, até postei alguns de chantininho que fizeram sucesso. A ideia é postar também a receita e como fazer cada um deles, só preciso encontrar aquela receita de chantininho excelente de novo. Como eu expliquei no Stories do IG, a que eu tinha começou a dar errado sempre e, então, não vou mais postar ela aqui, né.
Aliás, se você perdeu esse Stories, não ta me seguindo no Instagram ainda? Assistindo os Stories? Me segue por lá que eu posto muita coisa todo dia, pra vocês conhecerem um pouco o background do blog, me conhecer mais :)

Drip cake com calda de café e buttercream

Drip cake com calda de café e buttercream
Então, juntando minha vibe de bolos, resolvi que este aqui seria excelente para o meu aniversário: opa, não sabe?! Meu aniversário é dia 14 de dezembro – o melhor dia do ano. Sim, sou dessas que adora o dia do aniversário. Gosto pois é o dia que eu posso chantagear emocionalmente todos os meus amigos e pessoas que eu gosto para comparecerem aonde eu quiser ir, sob o argumento de É MEU DIA.
E além disso, dia 15 é aniversário do cãozinho mais lindo desse Brasil.

Foto do Freddie
Esse aqui.

Drip cake com calda de café e buttercream
Então vamos comemorar com um bolíneo drip cake com calda de café, maravilhosa, feita com o excelente Café do Sitio. Drip cakes não são maravilhosos?!
Meu bolo tinha só três camadas porque eu consegui quebrar uma delas ao meio na hora de tirar da fôrma. Não façam como eu e esperem o bolo esfriar COMPLETAMENTE antes de sair manuseando ele igual louca.

Drip cake com calda de café e buttercream
Rende: 1 bolo de quatro camadas, de 18cm de diâmetro, aprox. 2.8kg

Massa
220g de manteiga
3 xícaras (415g) de farinha
3 xícaras (610g) de açúcar cristal
2 1/2 colheres de chá (11g) de fermento
3/4 colher de chá de sal
7 claras
1 1/2 xícara (350ml) de leite
1/8 xícara (30ml ou metade do medidor de 1/4) de óleo de girassol ou canola
1 colher de sopa de extrato de baunilha

Calda
200ml de café bem forte, do Café do Sítio (fiz 3 colheres de sopa cheias pra 200ml de água)
270g de açúcar cristal ou refinado

Buttercream
1 receita de buttercream neoclássico

Para o drip
150ml de creme de leite (fresco ou de caixinha)
120g de chocolate meio amargo, picado
1 colher de sopa de glucose, ou Karo

1 – Começamos pela calda para que ela esfrie até o bolo ficar pronto: em uma pequena panela, misture o café com o açúcar, mexendo até começar a ferver. Abaixe o fogo e, assim que todo o açúcar dissolver, deixe ferver sem mexer por uns 2 minutinhos. Não saia de perto, fique de olho e se a mistura parecer que vai subir e transbordar, diminua o fogo ou retire da chama por uns segundinhos. Depois disso, reserve.
2 – Para a massa: pré-aqueça seu forno em 180˚C e unte com manteiga ou com papel manteiga as fôrmas para assar os bolos. Misture na tigela da sua batedeira, preferencialmente uma fixa, a manteiga, a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Com o batedor em globo, deixe em velocidade baixa-média por uns 2 minutos, até que fique numa aparência de areia molhada.
3 – Enquanto isso, misture o leite, o óleo, a baunilha e as claras.
4 – Diminua a velocidade da batedeira para o mínimo e acrescente com cuidado 1/3 dos líquidos. Deixe bater no mínimo por 1 ou 2 minutos até misturar um pouco. Então, acrescente mais 1/3 dos líquidos e ligue em velocidade média. Deixe bater por 3 minutos (pode cronometrar). Por último, despeje o resto dos líquidos e bata na velocidade média por mais 5 minutos. Quando acabar o tempo, pare imediatamente. Dê uma limpadinha nas paredes da tigela pra que tudo esteja misturado. Tem que ter uma consistência levemente líquida, mas cremosa.
5 – Divida a massa entre as quatro fôrmas, ou, se você não tiver quatro, asse uma ou duas de cada vez. A massa pode esperar sem problemas. Asse cada fôrma por 26 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada uma saia limpo. Só retire da fôrma quando eles estiverem mais ou menos em temperatura ambiente, pra evitar que quebrem. Mas se você precisar retirar porque precisa da fôrma, use um prato e faça com cuidado. Deixe os bolos esfriarem completamente para a montagem – eu inclusive gosto de montar o bolo com as massas geladas, pós-geladeira.
6 – Para montar o bolo: molhe cada camada de bolo com a calda, com a ajuda de um pincel. Pode caprichar. Use toda a calda que fizemos!
7 – Comece a empilhar os bolos, fazendo camadas de buttercream como recheio também. Dê prensadas de leve em cada um para que a obra toda fique mais estável no final. Cubra o bolo com uma camada inicial de buttercream e leve para a geladeira por 30 minutos.
8 – Eu optei por deixar o bolo meio “naked”, sem passar outra camada de buttercream, porque queria que aparecesse a massa. Mas se você não quiser isso, é só fazer outra camada de cobertura e voltar pra geladeira por mais 30 minutos.
9 – Enquanto o bolo está na geladeira, prepare a ganache, misturando o chocolate e o creme de leite e levando pro microondas de 15 em 15 segundos, mexendo entre os intervalos para derreter o chocolate. Mexa bem com uma colher até obter uma ganache fina. Acrescente a glucose ou Karo e mexa para incorporar tudo. Reserve.
10 – Coloque seu bolo no prato onde você vai servir. O que sobrou do buttercream, coloque em um saco de confeitar com bico 1M. Para o famoso drip, a dica pra ficar bonito e estrategicamente derramado é colocar a ganache em um saco de confeitar e fazer o drip um por um (que nem na foto!). Então, cubra o topo do bolo com a ganache (três colheradas deve bastar) e vá trazendo ela para as bordas, para cair aos poucos. Ela não deve cair muito bonitinha, então aí sim usamos a dica do saco de confeitar pra simular o efeito de queda “não-proposital”, cortando uma pontinha fina e indo aos poucos, derramando ganache para formar os drips. Lembre-se: menos é mais, então não exagere nos drips porque se você fizer demais, vai acabar cobrindo o bolo! Hahaha.
11 – A ganache deve endurecer um pouco com o bolo gelado. Com o bico 1M e o buttercream, finalize com as voltinhas no topo e decore com grãos de Café do Sitio. Sirva novinho em folha, que é mais gostoso ainda! :)

Esse bolo tem uma massa bem mais compacta do que o que eu geralmente ensino aqui. Ele é ideal, por exemplo, para pasta americana e bolos em camadas, porque tem mais estabilidade e força pra aguentar coisas pesadas. Os outros, no estilo amanteigado (onde você bate manteiga e açúcar primeiro), costumam ser bem mais fofinhos, só que ficam mais secos mais rápido. Já esse, não. A calda de café dá um plus incrível pro sabor, mas sem ela ele também seria molhadinho.

Drip cake com calda de café e buttercream

Drip cake com calda de café e buttercream
E parabéns pra mim! :)

Save

Save

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!