sexta, 16 de dezembro de 2016

Mini panetones de Natal

15 Comentários

Nesse Natal, resolvi me aplicar um pouco mais na decoração. No ano passado, eu só coloquei uma guirlanda do lado de fora e estava tudo certo. Mas, dessa vez, eu tive uma vontade louca e sem explicação de ter uma árvore toda decorada em algum canto da casa.
Como não há dinheiro para tal – aliás, como pinheirinhos falsos de natal são caros, hein?! – eu me contive em ir na casa de Mamãe e roubar com autorização prévia decorações que ela não usou esse ano por lá. Eu sabia que teriam muitas, afinal são décadas de mamãe juntando paranauês e penduricalhos natalinos. Ela tem bastante.

Mini panetones de Natal
Trouxe pra casa uma meia natalina para pendurar, algumas plantas douradas e verdes de plástico para decorar, uns laços com bolinhas vermelhas que pendurei nos escaladores de parede próximos ao bar de café, alguns pisca-piscas e um festão natalino – que na verdade eu retirei da decoração da árvore dela, mas não vem ao caso.
Eu tinha toda uma ideia de decoração para fazer, achei que ia ficar igual pinterest, sabem? Mas aparentemente eu fiz pouco da decoração de interiores desde sempre. Essa parada é muito complexa, gente.
Agora tenho enorme admiração por quem executa esse trabalho, porque sinceramente, quando eu “terminei”, eu tive a certeza que, se eu pudesse, pagaria pra alguém fazer. Muito melhor do que eu, com certeza. “Terminei” pois o Sr. Namorado olhou bem pro resultado final e disse “vou melhorar isso aqui, deixa comigo”.
Por isso não tem nenhuma foto da decor, porque eu realmente acho que está bem fraca. Não está horrível, só não está apresentável hahaha.

Mini panetones de Natal
Enquanto isso, vou fazer o que eu faço de melhor: cupcakes. Ou mini panetones.

Mini panetones de Natal
Rende: 15 mini panetones na fôrma de cupcake

1 xícara (200g) de açúcar
1 colher de sopa de fermento seco
1/2 xícara + 1 1/2 colher de sopa (150ml) de água morna
uma pitada de sal
1 1/2 colher de chá de essência de panetone
4 xícaras (530g) de farinha
1/2 xícara (130ml) de leite
1/2 xícara (130ml) de óleo
3 ovos
3/4 xícara de frutas cristalizadas ou gotas de chocolate

1 – Em uma tigela alta e de tamanho médio pra grande, misture 1/4 xícara do açúcar (50g) e 1/4 xícara da farinha (35g). Acrescente aqui a água, o fermento e o sal. Misture bem e deixe duplicar de tamanho em algum lugar quentinho, tipo dentro do seu forno (desligado!). Demora uns 30 minutos pra crescer.
2 – Dentro dessa mesma tigela, depois de crescido, adicione o leite, o óleo, os ovos, a essência e o resto do açúcar. Misture bem.
3 – Adicione, por último, o resto da farinha e misture até começar a ficar bem consistente. Se você já fez panetone antes, sabe o ponto. Se não, é quando ele fica bem grudento e firme, mas ainda sim desgrudando da tigela. Ele vai grudar na sua mão e na colher.
4 – Por último, acrescente as frutas cristalizadas ou gotas de chocolate – o que seu paladar preferir! Misture para incorporar e distribuir bem pela massa.
5 – Divida a massa pelas forminhas, preenchendo 3/4 de cada uma. Leve a fôrma com a massa dividida para crescer por mais 40 minutos, dentro do forno. Ela deve dobrar de tamanho em cada forminha, no mínimo.
6 – Retire, pré-aqueça seu forno até 180˚C e depois asse os panetones por 40 minutos, até que fiquem bem corados e um palito inserido no centro de cada um saia limpo. Aproveite! :)

Mini panetones de Natal
Cada Natal acaba me servindo como um ensinamento. Esse ano, aprendi a parar de fazer pouco de trabalhos e empregos que a internet nos ensinou que “é possível fazer sozinho”. Possível é, e se você ter jeitinho é capaz que saia realmente tão bom quanto. Mas jamais bote pra baixo uma pessoa que estudou, praticou, se dedicou àquele ofício. Agora vou sempre encarar esse festão verde pendurado com fita crepe meia boca com outros olhos.
Juliana, e essas forminhas lindas que não são de cupcakes mas ficaram maravilhosas para esses panetones? Ultrafest, gente linda. Só produtos incríveis ;)

E quem vai fazer panetones nesse Natal? Quais ofícios, funções ou coisas para fazer que você já se arrependeu de tentar fazer sozinho?

  1. Fernanda
    16 de dezembro de 2016 - 10:59

    Olá Ju!!! Amei a receita!!!! Mais uma receita para alegrar essa data tão especial que é o Natal!!! E também uma ótima idéia de lembrança de Natal!!!! Continue sendo essa pessoa incrivelmente criativa e talentosa! Amo suas receitas!!!! Um Feliz Natal para você e toda sua família! Beijos de sua grande fã!! Ah também sou do time dos Sargitarianos de Dezembro (mês lindo)! Amanhã é o meu dia!!!!

    • 27 de dezembro de 2016 - 22:38

      Fernanda, obrigada!! Sagitarianos, melhores pessoas hahahah S2

      • Fernanda
        11 de janeiro de 2017 - 15:50

        Com certeza somos rsrsrs
        Obs.: Minha sobrinha ama as suas receitas!!!! Não pode me ver pegando a fôrma de cupcakes que já solta um grito dizendo: BOLINHOOOOOOO S2

  2. michelle
    16 de dezembro de 2016 - 11:20

    Ju… vou fazer esse panetone com certeza… dou valor a muitas profissões principalmente as de trabalhos manuais, porque eu sempre acho que vou conseguir fazer tudo com feltro, costuras, colagens, patchwork, fica um desastre rsrs sou defensora dos trabalhos manuais e quando alguem reclama que o produto é caro eu faço um discurso sobre o assunto kkkkk eu nao desisto porque gosto de fazer, mas quando quero algo mais elaborado e perfeito entro em contato com as profissionais. Beijos Ju,,, feliz natal um ano novo repleto de felicidades pra vo e familia.

    • 27 de dezembro de 2016 - 22:38

      Michelle, feliz natal, querida!! :)

  3. 16 de dezembro de 2016 - 19:05

    Adorei o blog

  4. Rafaella
    20 de dezembro de 2016 - 13:40

    Olá Ju! Adorei a receita! Mas tenho uma dúvida: dá pra fazer na batedeira ou tem que ser na mão mesmo? Obrigada bjs

    • 27 de dezembro de 2016 - 22:45

      Rafaella, dá sim, mas sua batedeira em certo ponto tem que ser bem potente porque fica uma massa bem grossa. Não igual pão, mas ainda sim firme.

  5. Ana
    20 de dezembro de 2016 - 20:57

    Ju nem sei como te agradecer pela receita de panetone! É a terceira receita que testo e foi a primeira a dar certo! Ficou divino, super fofinho e desfiando. O único problema foi que o meu cresceu mais, eu coloquei em 16 forminhas comuns para cupcake (não acho essas chiques da ultrafest por aqui) e todos transbordaram. Mas isso não alterou o sabor…so não ficou bonitinho, ficou parecendo um cogumelo kkk. Vou repetir nas forminhas pra mini panetone, acho q vai ficar melhor. Muito obrigada por compartilhar suas receitas! Todas que fiz até hoje deram certo, algumas eu só não gostei tanto, mas isso é apenas meu gosto pessoal.

    • 27 de dezembro de 2016 - 22:49

      Ana, que bom que deu certo!! Ele cresce mesmo, menina kkkk mas não tem problema não, né? Acho que o que importa é o sabor… Beijos!!

  6. Aurineide
    26 de dezembro de 2016 - 09:55

    Agora os mini panetones… deram certos, muito bons..kkk ficaram lindos e uma delicia !!!! kkkkkk

    • 27 de dezembro de 2016 - 22:53

      Meninas, provavelmente a mousse ainda estava meio morna da gelatina derretida. “Morna”, entendem? O ideal é levá-la para a geladeira meio quaaaaase geladinha. Uma sugestão: façam um banho-maria invertido, com gelo e água gelada, e coloquem a mousse toda por cima dele enquanto misturam as claras e o chantilly. Isso vai fazer ela ir gelando aos pouquinhos e não separar na geladeira – porque nem vai dar tempo! :)

  7. Geovana Melo
    18 de abril de 2017 - 20:09

    Nem esperei o Natal. Fiz e ficou maravilhoso. Voltei para agradecer. Beijos

  8. Juliana
    21 de novembro de 2017 - 10:05

    Obrigada pela receita! Vc acha q da certo se substituir o leite de vaca pelo de soja? Obrigada!!

    • 28 de novembro de 2017 - 07:07

      Ju, acho que da sim, não teria porque não dar certo! Teste e me fala? :)

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!