sexta, 19 de outubro de 2012

Halloween: cupcake de vidro quebrado

45 Comentários

Todos os anos, com a proximidade de outubro, eu entro em um debate mental sobre o significado do Halloween no Brasil. Porque fazemos essa comemoração tão claramente inglesa e norte-americana? Porque as festas à fantasia? E, acima de tudo, porque usamos tanta abóbora?
Sobre as fantasias, em uma aula de inglês, fiquei sabendo que tudo começou como uma forma pagã de se esconder dos fantasmas e mortos que voltavam à vida no Halloween. Claro, tudo superstição. Com o tempo, essa tradição popular caiu no gosto das crianças e, consequentemente, dos adultos. Nós, brasileiros, já temos nosso feriado de fantasias – o Carnaval –, então porque copiamos o que fazem os americanos e europeus no Halloween, um feriado que não tem o mesmo sentido para nós?


Já o consumo da abóbora, em forma de pratos, doces e até decorações, é tão grande na Europa e nos Estados Unidos em outubro por causa de um motivo bem simples: é a época de colheita. Já aqui no Brasil, descobri que temos abóbora sem muita dificuldade todos os meses do ano. Se eu quiser fazer uma festa de Halloween em março, vou achar abóboras no mercado.
É engraçado como importamos costumes, comidas e tradições de outros países. Pensando bem, até o cupcake é um desses casos. Mas, como ele é bonitinho e gostoso, eu dou um desconto.


Meu cupcake de Halloween veio da Martha Stewart. Quando o vi pela primeira vez, achei uma ideia sensacional para festas de Halloween adultas. Afinal, ele é macabro demais para crianças, não acham?

Cupcakes de veludo negro
Receita da Java Cupcakes, com adaptações.
Rende: 12 cupcakes

50g de manteiga
3/4 de xícara de açúcar
1 ovo
1/4 de xícara de cacau em pó
1/2 colher de sopa de corante preto líquido
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 xícara de buttermilk
1 xícara de farinha peneirada
1/4 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 1/2 colher de chá de vinagre branco

1 – Ligue seu forno em 180˚C e faça seu buttermilk.
2 – Bata a manteiga e o açúcar por 3 minutos, até que fique pálido e fofo. Adicione o ovo e bata mais um pouco.
3 – Em uma pequena tigela, misture o corante preto, o cacau e a baunilha, até obter uma pasta. Adicione à mistura de manteiga e açúcar e bata até que fique bem incorporado. Com uma espátula, limpe as paredes da tigela e bata mais um pouco.
4 – Alterne a adição do buttermilk e da farinha peneirada, terminando com a farinha.
5 – Pare de bater para preparar o vinagre. Em uma pequena tigela, e agindo com rapidez, misture o vinagre e o bicarbonato – ele vai borbulhar – e adicione à massa. Bata no mínimo, para que não espirre para fora. A reação entre o vinagre e o bicarbonato fará com que o corante fique ainda mais forte, além de fazer a massa crescer.
6 – Divida a massa entre 12 forminhas e leve ao forno por 22 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada um saia limpo. Quando pronto, espere que esfriem um pouco por 10 minutos na fôrma antes de transferi-los para uma grade de resfriamento.

Cobertura de creamcheese

220g de creamcheese, em temperatura ambiente
110g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
3 xícaras de açúcar impalpável
1/2 de colher de chá de extrato de baunilha branca

1 – Bata o creamcheese e a manteiga por 3 minutos, até que fique pálido e fofo.
2 – Adicione o açúcar impalpável, depois de peneirar, e bata em velocidade baixa inicialmente para que não espirre pela sua cozinha. Depois aumente a velocidade para o médio e deixe bater por mais 3 minutos.
3 – Adicione o extrato de baunilha.
4 – Confira a consistência e o sabor da cobertura: se achar muito mole, acrescente mais 1/2 xícara de açúcar. Cuidado para não ficar muito doce.

Vidro quebrado

1 1/2 xícara de açúcar refinado
3/4 de xícara de água

1 – Prepare uma grande fôrma de bolo, preferencialmente quadrada. Tente usar uma que não esteja arranhada no fundo. Lave e seque bem. Reserve.
2 – Em uma panela com cabo, misture a água e o açúcar e leve ao fogo, mexendo um pouco somente até que o açúcar derreta.
3 – Deixe ferver em fogo alto, cuidando da temperatura. Estamos fazendo um tipo de caramelo e ele deve chegar a 150˚C. Para quem não tem termômetro de doces, está chegando nessa temperatura quando as bordas da mistura começam a ficar levemente marrons.
4 – Remova do fogo assim que atingir a temperatura. Imediatamente derrame sobre a fôrma de bolo. Trabalhando rápido e com cuidado – está muito quente! –, levante a fôrma em um ângulo para que o caramelo se espalhe um pouco, mas mantenha uma boa espessura. Espere esfriar completamente antes de prosseguir.
5 – Depois de uns 30 minutos, coloque um pano de cozinha limpo em cima do caramelo e, com um martelo de carne, bata levemente em 4 cantos diferentes. Se você só bater no meio, os vidros quebrados serão muito grandes.

Voilá!

Sangue comestível

1 colher de sopa de água
3 colheres de sopa de karo
1 colher de sopa de farinha
Corante vermelho em gel

1 – Misture todos os ingredientes em uma panela pequena. Acrescente o corante gota a gota, até obter uma cor de vermelho vivo. Leve ao fogo até engrossar. Lembre-se que, conforme a mistura esfriar, ficará ainda mais espessa.

Para montar o cupcake, coloque a cobertura com um bico redondo comum, ou espalhe com uma espátula, como eu fiz. Depois, coloque uma colher de chá de sangue comestível em cima, dando a impressão de que está escorrendo, e finalize com os pedaços de vidro de açúcar. Faça parecer que você os matou!


Não recomendo esses cupcakes para festas de crianças porque o vidro de açúcar é realmente muito afiado. Parece de verdade e é preciso cuidado para mastigar, coisa que criança, na euforia, raramente tem. Porém, o cupcake é uma delícia e a cobertura mais ainda, então pode-se fazer sem o vidro, parecendo uma mordida de vampiro, como nesse post.

Dicas:
– Meus vidros quebrados ficaram com esses pontinhos sujos por causa da gordura que estava na fôrma antes de despejar o caramelo. Por isso, aqui, recomendo que lave novamente, mesmo que esteja guardado no armário.
– Como os vidros quebrados são feitos de água e açúcar, eles começam a amolecer e se desfazer com umidade: portanto, deixe para decorá-los com os vidros já durante a festa, logo antes de servir, e, até lá, mantenha os pedaços em um ziploc lacrado ou em uma vasilha com tampa bem fechada.

Porque será que gostamos tanto do Halloween?

  1. vivi
    19 de outubro de 2012 - 10:30

    amada que coisa mais linda. amei.
    nossa ainda não tinha visto os cupcakes desta cor.
    amei.
    eu não disse que viria aqui todos os dias?! virei sua fã.
    besos
    vivi

  2. vivi
    19 de outubro de 2012 - 10:35

    amada, por favor, o que vc acha de colocar um pouquinho de maisena na massa do cupcake, para ele ficar mais fofo?!
    isso existe, ou é uma invenção de brasileiro?! pq vi colocar maisena em pouquíssimas receitas.
    e o iogurte integral(natural)substitui o buttermilk?!
    desculpa mas é que percebi que suas receitas são inspiradas em receitas americanas….
    obrigada
    besos
    vivi

    • 19 de outubro de 2012 - 21:44

      Oi Vivi!

      Colocar maizena na farinha para misturar à massa do cupcake é muito comum, até mesmo nos EUA. Isso faz com que ela fique mais aerada, deixando a massa mais fofa. O ideal é tirar 2 colheres de sopa de farinha a cada 1 xícara e substituir pela mesma quantidade de maizena.
      O iogurte natural também é um bom substituto para o buttermilk, mas não tem exatamente o mesmo resultado. Porém, você pode substituir sem problemas se só tiver ele em casa!

      Um beijo!

  3. 19 de outubro de 2012 - 15:23

    Simplesmente fantásticos.Adorei a decoração e o sabor deve ser incrivel.Você arrasa com suas receitas.Beijos querida e uma linda tarde.

    • 19 de outubro de 2012 - 21:44

      Obrigada Léia! Um excelente fim de semana pra você! :)

  4. Eunice
    19 de outubro de 2012 - 15:31

    Juliana, seu blog é demais. Você é muito talentosa!

  5. vivi
    20 de outubro de 2012 - 10:02

    amada muito obrigada. vc é uma fofa.
    Bom então é melhor eu fazer com o buttermilk, não é mesmo?!
    (ai que noticia boa, o iogurte só faz encarecer minha receita, rsrsr ufa que alivio, rsrsr).
    por favor e desculpa. só mais duas perguntinhas rs
    você usa manteiga ou margarina?
    a última pergunta…ou melhor duvida.
    ontem fiz uma receita e usei buttermilk.
    tenho um livro com a seguinte receita: 01 xícara de leite e 02 colheres de vinagre e descansar por 10 minutos.
    o meu ficou mais de 10 minutos,talhou ao ponto de separar leite e soro.parecendo quando o leite fica velho ou quando vai fazer queijo que coloca o coalho. daí joguei fora.
    fiz de novo como a sua receita 01 colher de vinagre e 01 xícara de leite descansou mais de 10 minutinhos e não talhou como o outro. ficou parecido com o seu da foto, só que mais ralo. porque não grudou na parede do copo como o seu. essa eu usei na receita.
    não ficou ruim, mas não sei se esta é a consistência certa.
    ou se poderia ter usado o outro.
    desculpa.
    desculpa mesmo. mas é que de todos os blogs que visito, por incrível que pareça vc foi a unica que conseguiu me responder, como é a forma americana de fazer.e respondeu todas as perguntas, pq todo mundo responde mais ou menos.
    pois é estou querendo fazer um cupcake próximo do americano.
    por isso precisava saber se uso manteiga ou margarina e como é esse tal buttermilk direitinho rs.
    desculpa mais uma vez.
    desculpa.
    besos
    vivi
    Se vc quiser, eu mando a recita que estou fazendo. pra ver o que vc acha. só se vc quiser e não for te incomodar mais do que já estou incomodando.
    desculpa
    obrigada.

    • 20 de outubro de 2012 - 23:43

      Oi Vivi!

      Eu só uso manteiga, para absolutamente todas as minhas receitas. Não costumo me importar muito para as notícias que dizem que manteiga faz mais mal para o organismo que margarina – eu acho o contrário. Inclusive, somente manteigas sem sal, para que eu mesma possa regular o tanto de sal que vão nas receitas, sejam de pratos salgados ou de bolos.

      Para fazer o buttermilk, você também pode usar o vinagre branco. Eu prefiro usar o limão, porque não gosto do cheiro de vinagre. Porém, se o seu buttermilk “separou”, não tem problema: é só misturar novamente antes de acrescentar à receita. Isso é normal. Se você um dia fizer buttermilk do creme de leite, como comentei no post, verá que ele também se separa depois de um tempinho parado.

      De qualquer forma, dificilmente sua receita dará errado se você simplesmente usar leite comum no lugar do buttermilk. Ela terá uma textura diferente, provavelmente menos aerada e mais doce, mas continuará muito gostosa! É uma opção caso não queira fazer buttermilk em casa.

      Pode continuar enviando suas perguntas, que terei o maior prazer em responder. :)

      Um beijo!

  6. 20 de outubro de 2012 - 17:43

    Cara, o Dexter iria amar isso rsss

    • 20 de outubro de 2012 - 23:43

      Eu só conseguia pensar nele enquanto fazia os cupcakes, hahaha. Adoro o seriado! ;)

  7. Amanda@chewtown
    20 de outubro de 2012 - 18:29

    They are the best Halloween cupcakes I’ve seen yet!! Great idea. Thanks for emailing me an English version of the doggie cupcakes – I’m looking forward to making them for our pooches!

    • 20 de outubro de 2012 - 23:44

      Thanks Amanda!

      Let me know what your puppies thought about the cupcakes! I’d love to see some pics of them too.

      :)

  8. Nádia
    22 de outubro de 2012 - 15:01

    Minha sobrinha você está nota 1000. Amei o vidro quebrado. Vou tentar fazer. Continue assim. Beijocas

  9. Larissa (prima da Verônyca)
    23 de outubro de 2012 - 15:18

    Vou fazer pra nossa festa de Halloween, tomara que dê certo!
    Adorei a criatividade! :D

    • 23 de outubro de 2012 - 15:29

      Uhh, vou querer fotos e feedback se ficaram bons! :)

  10. 24 de outubro de 2012 - 13:54

    […] Cupcakeando »Archives» Halloween: cupcake broken glass These make me smile– aren’t they cute? I saw the idea on a regular cookie at Mel’s Kitchen Cafe (along with a really cute mummy hot dog idea!) and I immediately thought of my Oreo pops recipe from last spring and decided to turn some Oreos into mummies! It was a little time consuming, but not difficult. […]

  11. 25 de outubro de 2012 - 00:57

    […] Cupcake mix & white icing & red food coloring & rock candy = my bloody cupcake. Halloween: cupcake de vidro quebrado Todos os anos, com a proximidade de outubro, eu entro em um debate mental sobre o significado do […]

  12. Sandro Froes
    01 de novembro de 2012 - 11:22

    Oi Juliana, parabéns pelo site, pelas receitas e pelas fotos. Tudo muito bem apresentado, detalhado e com a aparência muito boa!!

    • 01 de novembro de 2012 - 11:41

      Muito obrigada Sandro! É um elogio enorme pra mim!

      Um beijo!

  13. Giovanna Rabello
    03 de novembro de 2012 - 17:37

    PEEEEEEEEEEEEERFEITO !

  14. Janaina
    20 de fevereiro de 2013 - 15:17

    Ju,minha festa de aniversário terá o Dexter como tema. Vou fazer os vidrinhos e os cupcakes. Bjuss

    • 20 de fevereiro de 2013 - 18:06

      Que legal Janaina! Quero fotos, me mande! Beijos!

  15. Elis Lima
    18 de março de 2013 - 15:45

    Ola adorei esse Cupceke e gostaria de saber qual é esse recheio vermelho q vc usou em cima dos Cupcakes?

    • 18 de março de 2013 - 20:19

      Oi Elis!

      A receita dessa cobertura está no post, ensinando direitinho!

      Beijos!

  16. Elis Lima
    19 de março de 2013 - 09:03

    procurei e não consegui encontrar o post que explica como faz :(

  17. Elis Lima
    19 de março de 2013 - 09:05

    Desculpa linda eu achei muito obrigada amei a receita :D

  18. Elis Lima
    19 de março de 2013 - 15:58

    oie Boa Tarde o que é esse karo que vc colcou na receita?

    • 20 de março de 2013 - 00:07

      Elis, é um produto a base de glucose de milho. Vende em qualquer supermercado, fica perto do mel e do doce de leite! (pelo menos nos supermercados da minha cidade)

  19. Jenifer Oliveira
    27 de abril de 2013 - 11:03

    Juliana, parabéns pelo blog! Sempre gostei muito de cupcake mas todas as receitas que eu tentava fazer acontecia algo diferente, ou fica seco demais, ou não crescia direito, mas com suas dicas e receitas tem me ajudado muito!!! Obrigada e beijos!!!

    • 30 de abril de 2013 - 17:54

      Jenifer, que bom que gosta do blog! Continue sempre aqui! :)

  20. 01 de agosto de 2013 - 23:46

    Juliana, não saio mais daqui desse blog! Excelente! Bjs

  21. Jenifer Oliveira
    08 de outubro de 2013 - 11:40

    Oi Ju, gostaria de saber se o Karo pode ser substituído pelo produto a base de glicose da Yoki?

    • 08 de novembro de 2013 - 15:14

      Jenifer, são a mesma coisa! Beijos!

  22. Viviane
    22 de outubro de 2013 - 13:14

    Ola Juliana,

    Descobri o seu site essa semana e já estou fazendo varias receitas. Porém não estou conseguindo achar baunilha branca. Posso ser feito alguma substituição? ou Sabes onde eu encontro?

    Bjs

    • 08 de novembro de 2013 - 18:03

      Viviane, pode usar essência de baunilha comum ou deixar sem. Com a essência, é possível que a cobertura fique um pouco escurecida. Beijos!

  23. Laureana
    16 de maio de 2014 - 15:54

    Olá Juliana! Primeiramente queria parabenizar pelas receitas….desde que achei o blog minha casa vive cheia de cupcakes! Rs
    Eu amei essa receita, mas fiquei triste porque meus cupcakes não ficaram tão pretos….na verdade ficaram meio marrons. O que será que aconteceu??
    Beijos

    • 05 de junho de 2014 - 23:56

      Laureana, a cor dos cupcakes dependem apenas do cacau de você usou na receita. Quanto mais preto, mais escura será a massa. Beijos!

  24. Silvia
    26 de junho de 2014 - 17:55

    Não consegui ler todos os comentários, posso colorir esse vidro falso? Qual corante seria ideal?

    Muitíssimo obrigada!!!!!

    • 27 de junho de 2014 - 22:27

      Silvia, não precisa ler todos, quando quiser buscar algo nos comentários é só fazer uma busca na página (Ctrl+F) e digitar a palavra! Se quiser colorir esse vidro, use corante líquido, mas você vai precisar trabalhar bem rápido entre adicionar e misturar o corante (deve ser feito depois de chegar à temperatura certa) e derramar na fôrma de bolo, senão ele vai endurecer muito. Beijos!

  25. layane
    16 de agosto de 2014 - 15:52

    eu amo seu trabalho continue assim e parabens, muito show <3

  26. Natalia
    04 de novembro de 2014 - 11:03

    Oi. To louca atrás de uma receita aqyi de uma massa bem escura de chocolate, mas detesto vinagre. Vai alterar em algo se eu não coloco?

    • 17 de novembro de 2014 - 18:27

      Natalia, você nem sente o sabor. O vinagre é importante para fazer o cupcake ficar bem escuro.

  27. 11 de novembro de 2015 - 07:21

    […] Americana, cole nos biscoitos onde seria a boca dos morceguinhos e use a calda de sangue que ensino aqui para que pareça que ele acabou de morder alguém. (adsbygoogle = window.adsbygoogle || […]

  28. Iahel Manon
    14 de novembro de 2015 - 06:24

    Olá, Juliana!
    Já acompanho seu blog há um bom tempinho e adoro todas as suas dicas!
    Super compartilho esse seu questionamento sobre a comemoração dos feriados estrangeiros, que muitas vezes, acabam ficando sem sentido.
    Eu moro em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, e aqui é uma cidade que na época da primavera e verão, os termômetros passam dos 40 graus facilmente.
    Dai vc entra em alguma loja ou shopping e ve aquelas decorações com neve!
    Por mais que seja bonito, como é que alguém pode acreditar em Papai Noel com neve numa cidade tão quente???
    Mas fora isso, ok! A importação dos cupcakes eu também concordo que foi uma ótima coisa, afinal, eles são muito bonitinhos mesmo!
    Um grande abraço!

  29. 26 de outubro de 2016 - 07:08

    […] perfeitos! E se quiserem uma receita excelente de cupcake de chocolate, bem dark e saborosa, tem essa aqui dos cupcakes de vidro quebrado (que fica realmente preta, mas você pode omitir o corante se não quiser usar. Apenas com o cacau, […]

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!