quinta, 16 de agosto de 2012
Cupcakes de queijo e vinho

Admito à vocês: eu não entendo vinhos.
Não é que não entendo de vinhos: eu não entendo os vinhos, simples assim. Meus encontros com eles geralmente terminam anuviados, com sono e sem sentir nenhuma nota de nada do que me disseram que eu ia sentir. Meu paladar é péssimo com eles.
Por isso, evito tomar o néctar dos deuses. Sinto-me até um pouco discriminada quando vou em restaurantes com o Sr. Namorado e sempre nos oferecem a carta de vinhos antes de tudo. Eu me restrinjo e ele não bebe, então sempre enfrentamos um leve desconforto com o olhar incrédulo do garçom. “Temos apenas taças também”, é o que vem depois, porque provavelmente pensam que estamos negando para economizar a conta. Será que é tão anormal assim negar vinho durante uma refeição?

Combinação maravilhosa!
Uma vez, fomos em um restaurante muito chique e eu fiquei verdadeiramente sem graça de negar a carta de vinhos, então me forcei a aceitar uma única taça de algum tinto que jamais saberei citar o nome. Essa é a mais forte lembrança da noite, porque o resto virou uma nuvem de memórias entre um risoto e uma torre de sobremesas.
É, sou fraca assim com vinho.

Pronto!
Mas não com esse cupcake. Fiquei assustada quando vi a receita, mas mesmo assim doida para experimentar. Primeiro, porque amo queijo e, segundo, porque preciso romper essa barreira pessoal com vinhos. Vou começar por aqui!

Cupcakes de queijo e vinho
Receita original no Cupcake Project, com adaptações.
Rende: 16 cupcakes

2 xícaras de farinha
3/4 de xícara de cacau em pó
1 1/4 colheres de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal
1/2 xícara (113g) de manteiga sem sal
130g de queijo camembert
1 3/4 xícaras de açúcar
2 ovos
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 xícara de vinho tinto, de preferência seco
1 xícara de nozes bem picadas

1 – Ligue o forno em 180˚C. Em uma tigela, peneire a farinha, o cacau, o bicarbonato e o sal.
2 – Bata a manteiga e o açúcar por 3 minutos, até que fique fofo e pálido. Acrescente o queijo e bata por mais 1 minuto.
3 – Acrescente os ovos, um por um, raspando as paredes da tigela com cada adição e, por fim, a baunilha.
4 – Alternadamente, misture os ingredientes secos e o vinho, terminando sempre com os secos.
5 – Por último, misture as nozes com uma espátula. Tome cuidado para não mexer muito, ou a massa vai ficar dura.
6 – Leve ao forno por 20 minutos ou até que um palito inserido no meio de cada um deles sair limpo.

Uma delícia!
Dá pra sentir cada um dos sabores distintos nesse cupcake: primeiro o vinho, depois o queijo, sutilmente no fundo, e então as nozes crocantes e saborosas.
Como cobertura, eu usei meia receita do buttercream de merengue italiano e ainda sobrou um pouco!

Dicas:
- Você pode usar queijo brie nessa receita, só tenha o cuidado de combinar o vinho adequadamente.
- Eu usei um vinho tinto seco com sabor mais sutil, pois não queria que ele apagasse os outros sabores. Ainda assim, achei forte e, por isso, diminui a quantidade de vinho que a receita original pedia.
- As nozes podem ser completamente omitidas da receita, para os alérgicos.
- Eu preferi retirar a casca do camembert, mas você pode fazer com, sem nenhum problema!

Mais alguém aí é fraco como eu com vinhos? Preciso me sentir menos estranha.

19 comentários
Veja Também:
  1. 16 de agosto de 2012 - 16:34

    Eu fiz a receita com adaptações também :)

    Eu utilizei um tannat de mesa suuper suave uruguaio. Achei que no final eu poderia ter usado um vinho mais forte, porque o aroma e o gosto ficaram bem sutis – meu chefe, tentando adivinhar do que era o gosto, chutou frutas vermelhas.

    Eu recheei os meus com uma mistura de chocolate meio amargo e bastante vinho. Essa mistura ficou um tanto rala de propósito e ajudou a deixar os cupcakes mais úmidos e com sabor mais pungente.

    Como cobertura, eu fiz marshmellow com vinho como substituto para a água na hora de derreter o açúcar. Duas claras já são mais do que suficiente pra essa receita (acho que eu consegui fazer 12 cupcakes e sobrou marshmellow :P). Esse marshmellow ficou com uma cor lilás bem bonita, combinou com o marrom escuro do cupcake.

    Eu utilizei o camembert com a casca, e achei que foi uma boa decisão. Todo mundo que proavava acabava encontrando a casquinha e mastigando devagar pra perceber do que se tratava. Eu achei divertido esse jogo de dar esse cupcake pras pessoas e pedir pra elas adivinharem que ingredientes ‘misteriosos’ estavam presentes ali.

    Por fim: receita mais do que aprovada! Muito obrigada, Ju, por compartilhar :D

    • 16 de agosto de 2012 - 16:48

      Eu usei um vinho Shiraz (achei 30 jeitos diferentes de escrever isso…), que me disseram que combinava com camembert. Achei ele muito forte no fim das contas, mas, também, eu acho qualquer vinho forte. Hahahaha!

      Adorei a dica da cobertura, Fê! Vou ter que experimentar um dia!

      E fotos? Tirou? Quero ver! Devem ter ficado lindos! :)

      • Debora
        28 de julho de 2013 - 20:53

        Juliana, me identifiquei totalmente com você a respeito dos vinhos…olham a gente como se fôssemos seres de mau gosto. Mas o que vou fazer se vinho não me cai bem? Fico tonta só com uma taça!

        Vou fazer a receita, adoro camembert, mas nunca provei em sobremesas.
        Parabéns pelo blog, é excelente e super bem explicado!

        • 30 de julho de 2013 - 20:36

          Oi Debora! É muito chato isso, né? E sempre oferecem a carta de vinhos. Daí ficamos eu e Sr. Namorado sem graças de dizer “não, obrigado, só água”.
          Que bom que gosta do blog, espero te ver sempre por aqui! :)

  2. 23 de agosto de 2012 - 18:45

    O que mais me intrigou nesta receita foi o Camembert. Farei com certeza.
    Amei a segunda foto, lindíssima. Seu blog é muito fofo. Parabéns!

    • 23 de agosto de 2012 - 20:12

      Obrigada Pri! E eu adoro o Culinarístico! Estou aprendendo com suas fotos, hehehe… :)

  3. 24 de agosto de 2012 - 08:38

    Oi, Juliana

    Primeiramente quero te dizer que achei o teu blog uma graça! As fotos estão lindas, os cupcakes estão lindos e a tua escrita que agrada bastante. Parabéns!

    Eu vou ser sincera, cupcakes nunca me chamaram a atenção, mas confesso que esse de vinho… menina, me atingiu em cheio! Ainda mais com esse detalhe de camembert. Me instigou…

    Será que consegui passar dois anos alheia aos cupcakes e vc chegou para mudar isso?! Ai, ai, ai… Era só o que me faltava!!!!! hahahahaha.

    Sucesso para o seu blog. Está um capricho só!

    Beijo,
    Carla Maicá

    • 24 de agosto de 2012 - 09:20

      Ahh Carla, obrigada! Adoro seu site também, fiquei orgulhosa de ver você por aqui!

      Espero que tenha mudado sua cabeça mesmo, porque cupcakes merecem uma segunda chance, né? Esses de vinho e queijo então, pode ser um recomeço na relação turbulenta entre vocês! Hahahaha… Testa e me diga se gostou! :)

      Um beijo Carla!

  4. 10 de setembro de 2012 - 05:49

    Olá Juliana!!

    Primeiramente, parabéns pelo blog, é lindo! Suas fotos sao maravilhosas, eixam a gente com ainda mais vontade de experimentar as receitinhas!!

    Testei ontem esse cupcake de vinho e amei!! Nossa, muito, muito bom! Adorei a mistura dos ingredientes, tivemos que nos segurar pra nao devorar todos!! A única coisa que a minha receita rendeu bem mais bolinhos, acho que no fim consegui uns 30!! Temos lanchinho pra semana agora!!

    Mais uma vez obrigada por compartilhar essas delícias e muito sucesso pra você!!

    beijos

    • 10 de setembro de 2012 - 22:24

      Oi Bárbara! Que bom que gostou do blog! Estou tentando aprimorar mais ainda as fotos, porque é sempre um aprendizado! :)

      Que bom que o cupcake de vinho foi aprovado! O bom dele é que dá pra fazer vários tipos com uma só receita, né? Só experimentar com os queijos e vinhos!
      Às vezes rende mais do que o que eu indico, porque depende muito de como você mediu os ingredientes e o quanto você encheu em cada forminha. Vou fazer um post mais a frente sobre enchê-las, também, já que algumas massas é diferente do clássico “2/3 da forminha”.

      Um beijo!

  5. 21 de agosto de 2013 - 17:38

    [...] Wine and Cheese Cupcakes – shared by Cupcakeando [...]

  6. 27 de agosto de 2013 - 21:46

    Ameiiiii suas receitas, suas fotos!!! Obrigada!!!!
    Estou abrindo uma doceria e os meus cupcakes são o ponto forte dela. Mas com certeza vou agregar suas receitas no meu cardapio,como diferencial! Vou testar as receitas e ver como será a aceitação. Te conto depois!!Beijos!!

    • 12 de setembro de 2013 - 14:04

      Isa, quero saber como foi, me conte sim! Beijos! ;)

  7. 19 de março de 2014 - 23:03

    To LOUCA pra fazer essa receita! Só falta encontrar o queijo HaHAhha
    Amei seu site. A muito tempo tento fazer Cupcakes e só com as receitas que você posta é que consegui um resultado bom, incrivel! Fiz o seu cupcake de chocolate molhadinho e ficou uma delicia =)

    Minha pergunta é: você colocou algum recheio nesse de vinho ou ficou sem mesmo? Quero saber pra fazer a receita todinha igual a sua.

    Bjssss

    • 23 de março de 2014 - 17:02

      Júlia, não coloquei recheio nesse porque ele tem um sabor muito característico e forte, então deixei para que as pessoas pudessem apreciar. Mas se quiser rechear, acho que um recheio de ganache de chocolate amargo ou meio amargo deve ficar muito bom! Beijos!

  8. 16 de julho de 2014 - 20:09

    Olá Juliana!
    Nossa, fiz esse cupcake e o de cookies para receber uns amigos em casa durante os jogos da Copa, fizeram um sucesso danado. Você está de parabéns pelo blog, organização e, principalmente, por se dedicar em passar essa arte a qualquer um que esteja interessado. Muito obrigada.
    Eu moro no Rio de Janeiro, mas cresci e morei a maior parte da minha vida em Brasília, como trabalho como fotógrafa e grande parte dos meus clientes são de Brasília, eu acabo indo para ai uma vez por mês a trabalho. Você poderia me dizer em qual loja compra seus acessórios e ingredientes? (tirando a kiki que eu já vi que veio de longe… rs).
    Mais uma vez, agradeço muito pela sua iniciativa!
    Beijos.

    • 04 de agosto de 2014 - 17:53

      Karina, que bom que gosta do blog, e de Brasília! Hahahaha. Por aqui, os utensílios eu costumo comprar na Festiva (506 sul), Parabéns (203 norte) e na Kaza Chique (102 norte). Mas na verdade costumo comprar pelas minhas viagens mesmo, acho sempre mais barato. Já ingredientes, eu costumo fazer uma romaria entre o Atacadão, Super Adega e Makro, os supermercados de atacados daqui, pra ver os melhores preços das marcas que eu confio. Já os produtos frescos, é na CEASA, todo sábado bem cedo (6h)! :)
      Beijo grande!

  9. 07 de agosto de 2014 - 08:54

    Ju,
    Ontem fiz a receita, já que a inclui no cardápio de dia dos pais… Usei o vinho Santa Ana (argentino)e camembert mesmo, mas ficou um gosto muito amargo de bicarbonato, e eles murcharam no meio. Não sei se coloquei pouco ou demais, mas toda receita que uso detesto o gosto.
    Sei que não verá a msg a tempo de eu refazer a receita, mas o que acontece se eu substituir o bicarbonato por fermento?
    Beijos e obrigada.

    • 20 de agosto de 2014 - 21:18

      Aline, engraçado, eu nunca sinto o sabor de bicarbonato nas receitas, acho melhor até que fermento. Substituindo um pelo outro, é capaz que a massa cresça um pouco mais do que o previsto, mas nada de mais. Pode testar sem!

Deixe seu comentário

19comentários