quarta, 10 de agosto de 2016

Cupcakes de caramelo com flores de marshmallow

23 Comentários

Estou num período de corte de gastos. Já passei por esse período antes, com a reforma do apartamento, mas agora é um verdadeiro corte de gastos mesmo. Pior é que não tem muito a ver com a crise. É, segundo minha mãe, a “independência financeira” que a gente tanto almejava. No processo de sentar e ver tudo o que é supérfluo e que precisa ser cortado ou diminuído, eu tenho aceitado algumas verdades na minha vida.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor4
Uma delas é que eu não terei uma vida tão confortável quanto a que tive até hoje. Com minha atualidade financeira de jornalista, não dá pra manter o padrão de maquiagens da MAC, por exemplo. São maravilhosas, mas são caras e, não, não da pra apertar ali pra fazer caber aquela base de 170 reais. Já não tem mais aonde apertar. Então o jeito é encontrar algo que se enquadre na minha realidade. Fui até a Quem Disse, Berenice e estou bem satisfeita com meu cc creme de 50 reais. (aliás, alguém tem alguma dica de base líquida, ou creme, ainda mais barata que isso? Socorro!)
Não dá mais pra ir à feirinha orgânica toda semana, comprar de tudo e ver os produtos apodrecendo na geladeira porque não usei. Isso é dinheiro indo pelo ralo. O esquema agora é comprar 1 kg de cenoura com ramas: as ramas vão pro Whey e as cascas da cenoura viram tapenade. O caule do brócolis japonês vira bolinho proteico e isso é mais uma refeição pronta para a semana. Nada se desperdiça. Tudo se transforma.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor3
Tudo é uma questão de prioridades. Eu poderia, na verdade, manter essas luxúrias – como esse vestido ma-ra-vi-lin-do da So Cute que estou namorando –, mas isso seria ao custo das minhas economias mensais direcionadas para minha aposentadoria. Sei que estou nova, mas eu penso longe.
Prioridades são manter sua saúde pagando uma nutricionista que vai te ajudar a se alimentar bem. É pagar seu plano de saúde. É investir na sua educação. Colocar aquela graninha na previdência privada ou em algum investimento a longo prazo. Prioridades.
Maquiagens, roupas e sapatos ficam pra depois. Aquele plano de internet de trocentos mil gigabytes pode diminuir, né? A conta do celular não precisa ser tão alta, e que tal procurar um seguro novo e mais barato pro carro? E assim vai.
A gente tem que ser flexível. Adaptável. Maleável. Pois a vida não está aqui pra ser fácil. A graça dela é sobreviver. Sobre-viver. Viver além. E não ser soterrada por ela.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor

Cupcakes de caramelo com flores de marshmallow
Rende: 14 cupcakes
Receita por Sally’s Baking Addition.

1 1/2 xícara (200g) de farinha
1 colher de chá de fermento
uma pitada de sal
1 xícara (150g) de açúcar mascavo
1/2 xícara (100g) de açúcar
110g de manteiga
2 ovos grandes
1/2 xícara (130ml) de leite
1 saco de marshmallows brancos ou coloridos, desde que sejam quadrados/retangulares
açúcar impalpável
açúcar colorido

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Em uma tigela, peneire a farinha, o fermento e o sal. Em outra, bata a manteiga e os açúcares por 3 minutos, até obter um creme fofo e pálido.
2 – Adicione ao creme os ovos, um por um, batendo bem após cada adição. Com uma espátula, limpe as laterais da tigela para garantir que tudo está sendo incorporado.
3 – Alterne a adição dos ingredientes secos e do leite, em três partes para os secos e duas para o líquido, terminando com a farinha. Bata somente até incorporar tudo, ou sua massa pode solar.
4 – Divida entre as forminhas e leve para assar por 18 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo. Eles devem ficar levemente douradinhos na superfície, mas o ideal é o teste do palito.
5 – Para as flores: cada marshmallow vai render 5 pétalas. Amasse levemente cada um para que fique mais ou menos retangular/quadrado, para facilitar o corte. Com uma tesoura grande e limpa, corte cinco pedaços da mesma espessura. Imediatamente coloque um dos lados primeiramente no açúcar colorido e depois transfira para o açúcar impalpável, colocando o outro lado. Duas das pétalas em cada marshmallow não vão precisar da camada de açúcar, porque terão um dos lados da própria parte externa do marshmallow. Vá colocando as pétalas em um prato enquanto faz mais e mais. Para cada cupcake, eu achei que ficava mais bonito usar 6 pétalas. Usei quase todo o pacote para os 14 cupcakes, sobrou uns 8 marshmallows que foram devidamente consumidos, levemente derretidos no fogão.
6 – Para formar a flor, pegue as pétalas e vá abrindo em um leque até fechar o círculo. Então, com os dedos mesmo, pressione no centro, afundando os marshmallows e grudando-os entre si. Se quiser finalizar com um MM’s colorido no centro, ficaria bonito, mas eu não vi necessidade.
7 – Grude as flores no topo dos cupcakes com um pouco de qualquer cobertura que tiver dando sopa na sua casa. Se não tiver nenhuma, faça um brigadeiro branco simples e rápido, só pra grudar mesmo. Ou geleia. Ou ganache. Ou doce de leite. As possibilidades são inúmeras.

Sempre via essa decoração ou algo parecido com ela por aí, resolvi fazer em casa e mostrar pra vocês. Algo simples para quem estiver evitando as coberturas cremosas com medo de dar errado, ou de derreter em alguma festinha. Voilá! Marshmallow nunca nos abandona!
Os cupcakes não têm caramelo em si na massa, como vocês podem ver, mas o açúcar mascavo deixa aquele gostinho doce, meio queimado, que tanto amamos no caramelo. Se quiser, complete esse cupcake com um recheio de MAIS caramelo (com flor de sal, por exemplo!), que fica ainda mais indulgente.

cupcakes_caramelo_marshmallow_flor2

O que é ser adaptável pra você? Como você já teve que mudar hábitos para se adequar a novas realidades? Especialmente em época de crise, aposto que muita gente entende. Conta aí nos comentários!

  1. Liege
    10 de agosto de 2016 - 10:20

    Oi Ju. To sofrendo com essa fase de aperto também, tentando cortar os gastos maiores (com meus queridos vestidos da antix por exemplo) e focar em coisas que realmente me acrscentem. tamo junto!
    quanto às maquiagens, tenho usado uma base matte da Vult que, olha, me supreendeu! paguei em torno de 25 reais, tamanho padrão de embalagem de base liquida e a cobertura dela é bem aceitavel. Na verdade toda a linha da Vult tem coisas boas num preço bem amigo. Indico! Aqui em Curitiba acha fácil em farmácia e loja de cosméticos…
    Beijinhos e boa sorte nessa nova fase :)

    • 28 de setembro de 2016 - 00:45

      Liege, obrigada pela indicação! Comprei a base compacta em pó da Vult e estou usando, mas confesso que não estou 100%, acho que errei minha cor e sinto ela bem oleosa no meu rosto, coisa que ele não é. Mas é isso, é testar até achar uma ideal, dentro do nosso bolso! :)

  2. 10 de agosto de 2016 - 13:16

    Oii Flor!
    Amei essa receita, vou testar ela por aqui!
    Eu estava a tempo me enrolando pra postar por aqui, mas agora achei um tempinho.
    Primeiro queria agradecer e te dizer que teu site foi um dos grandes motivadores pra eu tirar o meu negocio do papel!
    Muitas receitas tuas eu ja testei e usei, e vendem muito bem!
    Abri a D’Cups and Cakes aqui na minha cidade, com encomendas pela internet e telefone, e hoje ja tenho clientes semanais e vendas para estabelecimentos!
    Deixei a pagina do Facebook ai com algumas coisinhas que eu faço!
    Acredito que assim como eu, muitas pessoas seguem teus posts e receitas e admiram o teu trabalho!

    Obrigado por tudo, beijinhos! =)

    • 28 de setembro de 2016 - 00:46

      Anna, fico muito muito feliz de saber isso! São histórias como as suas que me deixam feliz com o que eu faço aqui no blog :)

  3. Maitê
    10 de agosto de 2016 - 16:16

    Maquiagem é cara mesmo, mas dá pra encontrar itens muito bons sem gastas os tufos! Uma base que curto muito é a Fit Me, da Maybelline, da pra encontrar em farmácias (importante ficar de olho porque o preço varia muito). Tem muitos blogs de beleza com dicas de produtos com bom custo-benefício, 2beauty e Coisas de Diva são bens legais!
    Aprender a utilizar o máximo dos alimentos, programar as refeições para não deixar estragar a comida, reduzir o tempo de banho, evitar luzes acesas em cômodos que você não está, cada coisinha conta pra economia!
    As flores de marshmallow ficaram lindas!
    Beijos!

    • 28 de setembro de 2016 - 00:47

      Maitê, eu amo Maybelline! Mas não encontro fácil em Brasília, então não consigo saber quanto é exatamente. Qual a faixa de preço?

  4. Patricia
    10 de agosto de 2016 - 17:39

    Oi Ju,
    Adoro você sem nunca ter te conhecido.
    Adoro suas receitinhas e super agradeço por todas as dicas.
    É isso mesmo. A vida está aí pra ser vivida de maneira equilibrada e as despesas supérfluas devem ser mesmo cortadas. Parabéns pra você e sua força de vontade.
    beijinho. Pati

    • 28 de setembro de 2016 - 00:48

      Patricia, obrigada, querida! Realmente, coisas superfluas e que não vão ajudar precisam ser cortadas… para se viver com equilíbrio! :)

  5. Raissa
    10 de agosto de 2016 - 20:35

    Ju, uso uma base da vult que se chama ultimate finish e acho bemm boa pelo preço viu! Nao paguei nem 40 reais e achei muito boa. Beijos!

    • 28 de setembro de 2016 - 00:48

      Raissa, vou atrás! Obrigada!!

  6. 11 de agosto de 2016 - 07:12

    Oi Ju.
    Adorei o cupcake. AMO cupcakes de baunilha com açúcar mascavo. São os meus preferidos!
    Quanto a crise/economia de dinheiro, posso dizer que te entendo e vc está fazendo o melhor, tenho certeza.
    Fui freela praticamente a vida toda. Passando de produtoras a carnaval de SP. Era difícil guardar algum dinheiro já que não ganhava horrores. Só que a vida nos prega peças e há 5 anos perdi meu pai, que além de meu melhor amigo era quem me sustentava. E foi aí que descobri que precisava ser econômica para sobreviver (detalhe: tenho um filho então não era apenas a minha sobrevivência).
    Resumindo: quanto mais a gente tem, mais a gente gasta com qualquer besteirinha, mais a gente precisa de tudo que vê.
    Estabeleci um valor mensal do qual conseguiria fazer as coisas básicas (contas, alimentação, escola, transporte). Me permitia sair com meus amigos apenas 1 vez no mês e foi assim que consegui economizar um $$$$ legal mas planejando que, se acontecesse alguma emergência, era esse $$$$ que eu usaria.
    Bom, deu ruim por aqui e o ano de 2016 foi só para gastar esse dinheiro com algo MUITO importante: a educação do meu filho.
    Então te digo, é horrível diminuir nosso padrão de vida mas muitas vezes é o melhor que fazemos por nós.
    Quanto a comida, aprendi a planejar o cardápio da semana antes de ir a feiras. Se tem algo em promoção, eu compro e congelo.
    Ah, mas nem tudo é perfeito. No natal eu me permitia gastar quanto eu quisesse e pudesse. Hahahhaha
    Boa sorte por aí. Dará tudo certo, tenho certeza. ;)
    Beijos

    • 28 de setembro de 2016 - 00:50

      Luana, muito bom ler sua história para me incentivar mais ainda, sabia? Às vezes a gente acha que a vida tá ruim, mas não está tanto assim. Você é um exemplo! E sim, tem coisas muito mais importantes, como por exemplo a educação dos nossos filhos, e pra isso temos que nos educar também. Boa sorte pra você também, mas tenho certeza que dará tudo certo para uma pessoa boa como você :)

  7. Fernanda
    11 de agosto de 2016 - 21:41

    Minha pele é mega oleosa. A base Pure Makeup da Maybelline segura legal a oleosidade e custa em média R$30, e cobre muito bem. Também gosto do BBCream de pele oleosa dessa marca. Não cheguei a experimentar as outras linhas, mas nunca vi ninguém reclamando. Maybelline é uma marca boa e barata! <3

    • 28 de setembro de 2016 - 00:51

      Fernanda, eu ADORO Maybelline, mas não encontro muito por aqui em Brasília… vou atrás desses aí que você indicou!

  8. ferzinha
    12 de agosto de 2016 - 10:52

    Oi!
    Adoro seu blog!
    EStou usando um BB Cream da L’Oréal que custa 26 dilmas da Sephora.. é bem bom – dura o dia todo.
    Bjs!

    • 28 de setembro de 2016 - 00:53

      Ferzinha, eu acho na Sephora? L’Oréal eu nunca usei mas entendo ser uma marca boa, porque escuto muito dela.

  9. Isa Maria
    12 de agosto de 2016 - 17:44

    Oi Ju!!
    Como sempre encantando, com suas receitas e sua verdade!
    Poderia fazer papel de “a madame” mas nos encanta com suas histórias e seu dia a dia.
    Já passei por apertos, quem nunca? Me separei a 11 anos e deixei TUDO para meu ex marido,por livre e espontânea pressão e ameaças. Recomecei do zero, com 3 filhos adolescentes. Tinha o que ninguém pode tirar. O talento em fazer bolos, clientes que gostavam do meu trabalho,e amigos. Quem tem amigos, e é fiel a eles, tem tudo. Muitas mãos estendidas, moveis usados, casa simples de aluguel(ele ficou na casa que é nossa). Mas havia a alegria nessa casa, sempre cheia,pq quem tem filhos adolescentes, uma cozinha de doces, com certeza, tem amigos que entram e saem, sem se importar com a simplicidade dos moveis e das paredes. Havia a alegria sem dinheiro. Esse era suado!
    Hoje culinarista da Mago, que me acolheu, com meus trabalhos sendo tão respeitado, moro numa casa muito melhor, os filhos cresceram, a mais nova está na Australia, e continuo feliz.
    Acabei de comprar uma cama de casal ,que não tinha desde que me separei, e um guarda-roupa de quase 3 metros, que nunca tive um de casal! Feliz! Agradecida! Esse é meu sentimento hoje!
    Apertos faz parte da vida. A melhor maquiagem é ser feliz Ju!
    Quem é linda e radiante,como vc é, qualquer Avon Vai te deixar linda!!!
    Quantas vezes me disseram que eu estava linda e nem sabiam que estava usando roupas de segunda mão.
    Se vale um conselho de quem é bem mais velha e vivida….
    A vida só vale a pena se somos felizes, num barraco um numa casa luxuosa.
    E como diz o ditado…TUDO PASSA!
    Em todos os momentos, lembre-se disso.
    Parabéns por tudo que vc faz e por compartilhar com a gente.
    Sabe que sou sua fã, né?
    Beijoss

    • Dani
      15 de agosto de 2016 - 15:20

      Isa adoro o blog da Ju, e hoje tive a felicidade de me deparar com seu comentário e simplesmente me encheu o coração de esperanças !
      Estou passando pela minha segunda separação, e ao contrário da primeira, essa levou toda minha vida financeira para o ralo, me deixando totalmente depressiva.
      Os bolos e doces tem sido minha tábua de salvação, funcionam como hobby e tem me trazido muitos clientes.
      Sua história é um exemplo, parabéns pela iniciativa em compartilha-la.

      Bjks

    • 28 de setembro de 2016 - 00:55

      Nossa Isa, que história linda a sua! Obrigada demais por compartilhar aqui! :) Sim, tudo passa, e a vida sempre fica bem para quem é do bem. Eu acredito nisso. Quem batalha e quer o bem, sempre consegue. Pode demorar, mas chega, e chega honestamente, como você mesma sabe. Parabéns e obrigada pelo seu exemplo que é engrandecedor! O que importa mesmo é o que temos dentro do nosso coração. Isso sim as pessoas veem! :)

  10. Lays
    15 de agosto de 2016 - 15:17

    Oi, Ju! Amo teu blog, leio sempre mesmo não comentando em nada, hoje o texto veio pra mim! Eu também estou contendo gastos mas é pela crise mesmo, ta tenso por aqui, mas queria te ajudar com uma coisinha, posso?! Já tentou ver a questão de carnes e derivados? A gente compra e passa batido o quaanto é caro, tenta umas receitas vegetarianas sem ovo e sem leite pra você se adaptar e descobrir novos sabores e economia também! Maquiagem, o negócio caro, mas tem as da TRACTA, VULT, que falam que é ótima, fuja de Avon, Boticário, são caras e ruins ao menos ao meu ver! Seus cupcakes são LINDOS, o meu preferido é de Brigadeiros de napolitano. Beeijos <3

    • 28 de setembro de 2016 - 00:59

      Lays, eu tenho tentado diminuir o consumo de carne pra meio que virar vegetariana, quem sabe um dia hahaha. Mas na verdade senti o oposto: a dieta vegetariana tem me gastado mais dinheiro ainda, porque como preciso de proteína pra malhação, gasto muito com cogumelos por exemplo, que são caros por aqui… alguma dica pra me dar? :/

  11. Juliana
    16 de agosto de 2016 - 09:21

    Oi, Ju! Total sentido em tudo o que vc falou sobre cortes em gastos desnecessários! Já faz tempo que estou assim: à procura de cuidar melhor do meu hoje e do meu amanhã. Feira, hoje, somente o que for essencial e sazonal. Não quero uma caixinha de morango fora de época por 10,00! Mas levo 2 por 5,00 na alta estação! Sobrou arroz e carne de panela do almoço? No jantar viram uma torta de carne com massa de arroz! Batata? Sempre assadas com casca, ainda mais saborosa! Vamos fazer sopa com abóbora? Bora usar a casca, que fica super molinha quando cozida. E por aí vai…. Alguns luxinhos eu me permito, claro, afinal, ninguém está fazendo voto de pobreza por aqui ne kkkk Mas saber usar bem o nosso dinheirinho tão suado é uma arte! Parabéns, total sentido em cada palavra! E lindos Cups, amei! Bjao!

    • 28 de setembro de 2016 - 01:04

      Ju, xará, é isso mesmo aqui também. Não como morango o ano inteiro, não pago 10 reais numa caixinha de jeito algum. Mas agora, em agosto e setembro, compro logo 20 caixinhas, congelo, faço receitas, sou feliz, hahahaha. Tem que reutilizar sim, é isso mesmo!

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!