terça, 03 de março de 2015

Cupcakes com brigadeiro de pistache

32 Comentários

Eu sou bem cética com relação a forminhas de papel para cupcakes. Muita gente me pergunta aqui a marca que eu uso, e as reclamações são as mais diversas: “minhas forminhas desbotam”, “descolam dos cupcakes”, “é um saco pra ficar tirando do pacote”, “a tinta das forminhas fica nos cupcakes”, etc etc. A mais frequente, sem dúvida, é sobre a cor das forminhas.
Afinal, quando a gente compra aquela forminha toda linda, cheia de frufru e desenho, você imagina que aquilo vai aparecer ou servir pra alguma coisa. Mas o que acontece é o natural: papel absorve umidade e gordura. Então, é muito normal que as forminhas fiquem com uma cor desbotada depois de assar a massa.

cupcake_brigadeiro_pistache2
Não tem muita solução pra isso porque é um processo natural e significa que seu cupcake está delicioso, já que ficou molhadinho e manchou sua forminha com tanta gostosura. O que eu faço é sempre usar cores escuras porque daí não aparece o desbotar da cor. O que se pode fazer para compensar isso é apenas com o fabricante.
E por isso fiquei tão feliz quando fui testar as forminhas da Ultrafest aqui em casa. Eles me mandaram uma caixa com algumas pra experimentar, já que aqui mesmo em Brasília eu só havia visto Ultrafest pra vender em um local e com poucas opções. E, como disse pra vocês, eu fui cética à princípio. Achei que iam desbotar como qualquer outra.

cupcake_brigadeiro_pistache
Mas, como podem ver pela foto, não é o que aconteceu, e eu fiquei impressionadíssima. É sério, a qualidade das forminhas me surpreendeu até agora: elas são facílimas de tirar (nada de ficar assoprando!), tem cores bem vibrantes, não desbotaram depois de assadas e também sequer descolaram. Nem um cupcakezinho.
Por isso, agora, posso indicar sem dó nem piedade a Ultrafest para quem estiver com problemas de forminhas de papel. Já pedi pra eles, inclusive, dar uma turbinada nas opções de cores porque também sofremos com essa oferta pequena e limitada. E eles me ouviram, e vão avaliar a situação! Não é ótimo? :)

Cupcakes com brigadeiro de pistache
Rende: 12 cupcakes

110g de manteiga
1 xícara (200g) de açúcar
2 ovos
1/2 xícara (130ml) de leite
1 1/2 xícaras (200g) de farinha
1 1/2 colheres de chá de fermento
1/4 de colher de chá de sal
2 colheres de chá de extrato de baunilha

1 – Ligue seu forno em 180˚C. Em uma tigela, bata a manteiga e o açúcar até ficar pálido e fofo. Peneire em outra tigela a farinha, o fermento e o sal.
2 – Acrescente à tigela de manteiga os ovos, um a um, batendo novamente depois de cada adição. Depois, acrescente a baunilha e bata novamente.
3 – Agora, alterne a adição do leite e dos ingredientes secos da seguinte forma: 1/3 da farinha, metade do leite, mais 1/3 da farinha, o resto do leite e, por último, o que sobrar da farinha. Sempre é preciso encerrar com os secos.
4 – Distribua a massa entre as forminhas de papel e leve para assar por 18 minutos, ou até que um palito inserido no centro de cada cupcake saia limpo.

Brigadeiro de pistache

1 lata (395g) de leite condensado
1 caixa (200g) de creme de leite
1 colher de sopa de leite em pó
2 colheres de sopa de delipaste de pistache
pistache puro, moído, para enrolar

1 – Junte todos os ingredientes, exceto o pistache moído, em uma panela de fundo grosso e leve para ferver em fogo baixo-médio. Leva aproximadamente 18 minutos para chegar à consistência de brigadeiro para bico de confeitar, que também é o ponto que eu gosto do meu brigadeiro de enrolar. Ele começa a cair da espátula em pedaços, e não mais em fio.
2 – Quando chegar ao ponto, coloque em um prato ou travessa rasa e espere esfriar para colocar no saco e confeitar. Finalize com uma bolinha enrolada e passada no pistache puro moído.

Eu fiz uma voltinha simples com o bico 1M antes de colocar os brigadeiros por cima. Tente não caprichar muito no tamanho dos brigadeiros, senão eles vão amassar a voltinha e perder o formato fofo.

cupcake_brigadeiro_pistache3
Você pode fazer o brigadeiro de pistache sem a delipaste, com pistache puro mesmo. Eu gosto da delipaste de pistache porque o sabor é bem bom mesmo!
E quem quiser saber mais sobre a Ultrafest, corre na Fanpage deles e no site oficial!

Disclaimer: a Ultrafest me enviou amostras de forminhas de papel e outros itens para experimentar, sob o risco de eu gostar ou não. O post constitui a minha honesta opinião e eu jamais colocaria aqui um produto que eu não fiquei satisfeita.

  1. Sophia
    03 de março de 2015 - 08:31

    Juu, eu sempre compro dessas forminhas ,acho ótimo que não desbote e tals… mas me decepcionei muito da última vez. Eu comprei 1 pacotinho de cada cor,pra cupcakes minis,mas TODAS abriram. Não consigo usar nada. Quase nem usei as porque estão impossíveis de usar, se eu coloco na forminha com massa ela se dobra inteira pra dentro, horrível… perdi dinheiro (visto que as forminhas da Ultrafest não são as mais baratas) e não sei oque fazer com tanta forminha parada… tem alguma solução ? como eu uso minhas forminhas ? gosto tanto elas :(((

    • Alessandra
      03 de março de 2015 - 11:59

      Sophia,

      Você já tentou entrar em contato com o fabricante? Pode ter havido um problema no lote e, se for uma empresa que valoriza seus clientes, estarão dispostos a trocar. Boa sorte!

      • Sophia
        05 de março de 2015 - 10:11

        Alessandra, entrei em contato com eles esses dias e ja me retornaram,pedindo pra mandar fotos das forminhas para entrar em contato com o fabricante,mas pareceram muito atenciosos.. espero que se resolva logo !!

    • 04 de março de 2015 - 11:33

      Bom dia Sophia, como vai?

      Meu nome é Cristiano e sou do Marketing da Ultrafest.

      Primeiramente queremos pedir desculpas pelo que ocorreu com as forminhas que você comprou. Sempre prezamos pela máxima qualidade em todos os nossos produtos e é inaceitável para nós que um fato deste tipo aconteça. Por este motivo peço que você me informe seu e-mail ou entre em contato comigo através do e-mail cristiano@ultrafest.com.br para providenciarmos com urgência o envio de novas forminhas para você, nas mesmas quantidades, cores e modelos que você havia comprado.

      Atenciosamente :)
      Cristiano – Marketing Ultrafest

    • 08 de março de 2015 - 09:44

      Sophia, entrou em contato com o pessoal da Ultrafest? Eles são super solícitos e vão resolver seu problema :) Beijos!

  2. Camila
    03 de março de 2015 - 09:41

    Bom dia Ju,
    queria tirar uma dúvida com você. Eu tenho aquelas assadeiras de cupcake antiaderentes. Mas elas são dos normais, tem como eu fazer mini cupcakes nelas? Tens alguma outra dica de como assa-los?

    • 08 de março de 2015 - 09:53

      Camila, se suas forminhas segurarem bem o formato e a massa não for líquida, pode colocar as forminhas minis na fôrma de metal do grande e assar normalmente. Beijos!

  3. Natália
    03 de março de 2015 - 10:24

    Oi, Jú!
    Deu água na boca :)
    Não encontro o delipaste na minha cidade, infelizmente. Como tu me sugere usar o pistache puro?
    Beijos

    • 08 de março de 2015 - 09:54

      Natália, umas 80g de pistache em pó, bem fino, no lugar da delipaste! :)

  4. Claudia Pinheiro
    03 de março de 2015 - 10:34

    Quando eu coloco a massa do cupcake nas fominhas, com a ponta do garfo mexo para que a massa encoste na lateral das forminhas. O cupcake assa sem descolar.

  5. Alessandra
    03 de março de 2015 - 11:57

    Oi Juliana!

    Adorei a sugestão do brigadeiro de pistache, parece delicioso e fica lindo! Eu descobri a Ultrafest recentemente e, pasmem, fica na minha cidade! Não é em todo lugar que encontro ainda, mas realmente é a melhor opção em todos os sentidos. Engrosso o coro de quem pergunta sobre como usar o pistache puro, pois estou evitando ao máximo produtos industrializados e com corantes. Obrigada e beijos!

  6. chayana
    03 de março de 2015 - 13:17

    Oi Ju..tudo bem?
    Adoro seu blog…e sempre q recebo o mailing..paro tudo pra ver a receita da vez…!!!
    Gostaria que vc nos sugerisse uma balança de cozinha…pois a maioria das receitas, são bem exatas nas proporções.
    Já comprei duas digitais…mas não tive muita sorte… :(
    qual vc usa para pesar os ingredientes…?
    ou vc coloca a olho mesmo?
    bjuss e obrigada!

    • 08 de março de 2015 - 09:56

      Chayana, eu tenho uma importada, mas sempre recomendo qualquer uma que seja digital. A electrolux está com uma bem bonita, que inclusive parece a minha! Nunca coloque no olho, sempre meça com medidores ou com a balança! A não ser que você tenha as habilidades de nossas avós que faziam tudo no olho e sempre saia ótimo hehehehehe

  7. Andressa
    03 de março de 2015 - 15:17

    Ju lindona! Obrigada pelas dicas das forminhas, vou tentar encontrar por aqui. Ontem resolvi fazer os meus primeiros cupcakes, com a sua receita, é claro! Ficaram deliciosos! Molhadinhos e macios! Mas as forminhas desbotaram.
    Muito obrigada pelas receitas! Super beijo!

  8. Denyse
    03 de março de 2015 - 21:04

    Oi, Juliana!
    Eu também descobri as forminhas Ultrafest, suas cores lindas e outras qualidades. Os pontos negativos são mesmo a pouca variedade de cores e o fato de serem difíceis de encontrar. Juro que não entendo como os lojistas enchem as prateleiras com aquela marca horrorrosa, que abre, deforma, vem com riscos brancos, pedacinhos “comidos” na borda e são difíceis de separar. Já deu pra notar que fui vítima dela, né? A gente se mata fazendo os bolinhos e depois se aborrece por causa das forminhas! Vou fazer campanha pra Ultrafest, quem sabe a outra marca fica com vergonha e melhora?

  9. Laíse
    04 de março de 2015 - 08:26

    Oi Juliana, como vai? Já disse que o seu blog é O MELHOR de todos? Fico encantada a cada post!!! Deixa eu te perguntar, você tem alguma receita de “recheio de leite ninho”? Queria fazer ovinhos de colher, mas todas as que eu encontro me parece levar muita manteiga… Procurei aqui mas não encontrei nada com leite ninho… rsrs. Você não gosta? Beijoss e obrigada desde já

    • 08 de março de 2015 - 10:06

      Laíse, confesso que não uso muito leite ninho, mas não é porque não gosto, é porque prefiro outros tipos de cobertura e recheio mesmo, hahahaha. Mas vou fazer mais coisas com ele!

  10. Carolina
    06 de março de 2015 - 04:18

    Oi! Preciso de uma dica! Onde eu posso encontrar as forminhas Ultrafest em Brasília? Obrigada

    • 08 de março de 2015 - 10:09

      Carolina, pedi para a Ultrafest me enviar a lista de locais que vende as forminhas aqui em Brasília e assim que me passarem, eu te mando! Beijos!

  11. Munique
    11 de março de 2015 - 15:30

    Olá Juliana, tudo bem ?
    Se eu quiser rechear, o que combina com o brigadeiro de pistache na sua opinião ?
    Algo que não fique enjoativo…
    Ah adorei seu post, amo pistache !!!
    Bjoss

    • 16 de março de 2015 - 17:19

      Munique, eu sinceramente não colocaria recheio, a não ser que fosse também o brigadeiro de pistache. O pistache tem um sabor muito característico e qualquer outra coisa, eu acredito que tiraria o foco dele. Beijos!

  12. 14 de março de 2015 - 03:50

    Ju, caldas de açúcar a gente sempre pode medir o ponto pela temperatura e dai saber a consistência que vai ficar depois de esfriar, né? Será que não dá pra fazer o mesmo com brigadeiro? rs Eu nunca consegui um bom ponto de bico. As vezes mole, as vezes duro (dai vou aquecendo no microondas devagar e misturando bem até ficar numa consistência boa. É o jeito, mas fica chatinho de trabalhar assim).

    Podia tentar lembrar de medir a temperatura final nas próximas vezes que fizer brigadeiro assim, pra confeitar. Se não der mta variação, bora compartilhar a informação :D

    • 16 de março de 2015 - 18:03

      Amanda, eu às vezes faço isso sim. Pingo um pouco num prato e levo pro congelador por um minuto, daí retiro e vejo se ele forma os traços quando puxado pra cima e se segura assim. Ainda preciso medir a temperatura da mistura quando chega no ponto, pra ser honesta nunca fiz porque sempre acerto com o “olhômetro” da espátula que ensinei aí em cima! Mas vou medir e colocar no blog :) Beijos!

  13. Roberta Kina
    27 de março de 2015 - 01:20

    Oi Ju!

    Recentemente comprei delipaste para usar nas minhas receitas, achei bem gostoso e tem até pedacinhos de fruta (a minha é de framboesa), mas fiquei me perguntando o quanto de aditivos e coisas artificiais deve ter é isso me incomodou um pouco. Você já pesquisou algo sobre elas? Sei que você é bem curiosa e pensei que talvez tivesse alguma informação.
    Ah, e sou apaixonada pelo seu blog! Parabéns pelas receitas e por todo o empenho em passar tantas informações sobre cozinha, gosto muito mesmo do seu trabalho!

    Beijos!

    • 02 de abril de 2015 - 23:12

      Roberta, como tudo que é industrial, tem bastante aditivo e preservantes, claro. O ideal mesmo é usar o pistache puro, mas ele não deixa verdinho assim. Neste caso você precisaria usar corante, então acho que acaba elas-por-elas, né? Beijos!

  14. 30 de março de 2015 - 12:37

    Boa tarde Sophia, tudo bem?

    Estou escrevendo para dizer que enviei suas considerações sobre as forminhas ao nosso departamento de qualidade relatando o que havia acontecido.

    Segue abaixo o texto de resposta deles a partir do descritivo do que aconteceu:

    “O fato pode ter sido causado pelo cozimento de uma massa com pouca consistência (muito liquida) ou muito gordurosa.”

    Conforme eu havia comentado anteriormente, iremos providenciar o envio de novas forminhas para você, nas mesmas quantidades, cores e modelos que você havia comprado. Você poderia por favor enviar estas informações e seu endereço para meu e-mail cristiano@ultrafest.com.br para que possamos fazer o envio das forminhas?

    Obrigado!

    Atenciosamente :)
    Cristiano – Marketing Ultrafest

  15. 25 de maio de 2015 - 07:27

    […] meigas pra tirar fotos, lá tem um monte. A Festiva também tem produtos da Ultrafest, que como eu já falei aqui é a melhor forminha de papel pra cupcake que eu conheço. Além de tanta ostentação, as […]

  16. Flavia
    05 de junho de 2015 - 18:52

    Juliana, onde encontro delipaste aqui em Brasília?

    • 17 de junho de 2015 - 17:34

      Flavia, nunca encontrei, comprei a minha no RJ!

  17. Flavia
    05 de julho de 2015 - 07:57

    Obrigada pela resposta!

  18. Fernando
    17 de julho de 2015 - 18:17

    Em qual loja no Rio você comprou delipaste?

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!