segunda, 24 de março de 2014

Buttercream (quase) totalmente preto

53 Comentários

Cozinha é tentativa e erro. Volta e meia eu digo isso pra vocês nos comentários quando não sou capaz de tirar alguma dúvida. A questão é que boa parte do que eu sei de cupcakes e até mesmo de confeitaria foi com base em muitos dias em pé, na cozinha, testando receitas e mais receitas que encontrava pela internet e em livros de culinária. Isso rendeu muita farinha no chão, formigas por todo o lado, buttercream entupindo a pia, massa pingando na bancada, chocolate na bochecha (como foi que ele chegou ali?) e dedos coloridos de corante. Um dia, até a façanha de estourar – sim, estourar! – um pote de vidro que tinha pertencido à minha vó eu consegui, e voou chocolate por toda a mesa. A sorte (ou milagre) é que eu tinha acabado de sair de perto pra buscar uma espátula, senão podia até ter voado vidro no meu olho.
Então, quando leio o comentário de alguém perguntando “será que dá certo se eu substituir isso por isso?” ou “posso acrescentar não-sei-o-que na massa?”, minha resposta padrão é “vai com fé”. Sério! O máximo que pode lhe acontecer é não dar certo e você ter perdido umas gramas de ingredientes. Mas pode ficar sensacionalmente bom, já pensou?!

buttercream_quase_preto
Claro que eu não recomendo o “vai com fé” se você está preparando uma encomenda para um cliente, ou para uma festa especial. O “vai com fé” serve para você, em casa de boa, fazendo um cupcake pra família. Depois de testar e ter certeza que a ideia dá certo, aí sim parta para aplicar em encomendas e outras coisas importantes.
Essa cobertura foi descoberta em um dia de testes, como os vários que já tive. Eu precisava de uma cobertura completamente preta para desenhar faces do Jack em cima de cupcakes, pro aniversário de uma amiga que ama o personagem. Testei umas três receitas diferentes até encontrar essa, que era a mais preta que eu consegui chegar.
Ela não é 100% preta, mas eu diria que ela é uns 89% preta, o que já é muito! E o melhor: feita com nutella, o que deixa MUITO saboroso. Pela quantidade de corante, eu não gostei de usá-la como única cobertura de um cupcake. Se usar, é melhor comer um só!

Buttercream (quase) totalmente preto
Receita por 52 Kitchen Adventures.
Rende: voltinha simples para 12 cupcakes

1/2 xícara (115g) de manteiga
1 xícara de nutella
1 xícara de açúcar impalpável
1 colher de chá de leite
1 colher de chá de corante preto em gel de boa qualidade

1 – Em uma batedeira, bata a manteiga até ficar bem lisa. Ela deve estar em temperatura ambiente! Em seguida, acrescente a nutella e bata até incorporar bem.
2 – Acrescente o açúcar e bata novamente, até incorporar tudo. Comece na velocidade baixa para que ele não espirre por toda a sua cozinha, como talvez pode ter acontecido comigo…
3 – Adicione o leite e o corante. Bata até que tudo esteja bem uniforme. Se achar que precisa de mais cor, adicione mais corante, de 1/2 em 1/2 colher de chá, mas lembre que depois de certo ponto o corante não faz mais tanto efeito, não importando o quanto você use. Se quiser a cobertura mais firme, adicione mais açúcar, aos poucos. Cuidado para não ficar muito doce!

buttercream_quase_preto2
Ela segura muito bem uma voltinha, mas acho que ficaria muito mais bonita se fosse um detalhe na cobertura, como uma flor em cima da voltinha, ou algo assim. Fica delicado!

Quantos testes malucos você já fez na cozinha? Conte um causo!

  1. Alessandra
    24 de março de 2014 - 11:13

    Fiquei curiosa, deve ter ficado delicioso, irei testar também!

  2. Vanessa
    24 de março de 2014 - 11:27

    Nossa Ju vc é incrível mesmo…. Acredita que estava na internet procurando um glace beeeeeem preto????? Também preciso desenhar algo nos cupcakes e buscava algo assim. Ate pensei em comprar aquele pronto da Wilton mas minha salvadora (vc) chegou… Meu único problema é a resistência dele pois o desenho ficaria na vertical e minha cidade esta um verdadeiro forno… por ser base de buttercream, será que não irá escorrer???? Vou hoje comprar corantes para começar a testar também… Pensei de inicio no glace real… Vamos ver o que dá…

    • 26 de março de 2014 - 16:43

      Vanessa, se estiver muito quente na sua cidade, o buttercream não segura muito bem, não. Só ficando na geladeira ou em local resfriado. Se for apenas alguns detalhes, melhor você usar glacê real mesmo. Beijos!

      • 07 de abril de 2014 - 08:43

        nossa esses buttercream são gostosos demais com tudo isso posso fazer muitas receitas gostosas de fazer e os ovos de pascoa………

  3. simone
    24 de março de 2014 - 11:29

    Oi Ju!!!

    Testado e aprovado..mas realmente,ficou muito melhor,como um detalhe apenas,do que no cake todo.Beijo e obrigada!!

  4. Miriam Lima
    24 de março de 2014 - 12:56

    Ju você é Fantástica!

  5. Karine
    24 de março de 2014 - 22:22

    Olá,

    Acompanho sempre o blog e adoro as receitas. Certa vez, num workshop de final de ano promovido por uma loja da minha cidade, a palestrante disse que para tingir qualquer coisa de preto, primeiro tinhamos que tingir de marrom escuro e depois, de preto. Isso está correto?

    • 26 de março de 2014 - 16:55

      Karine, o que ela falou está certo! É muito difícil chegar em cores como o preto e o vermelho sem usar muito, MUITO corante. Então, nos aproveitamos de truques, como tingir de marrom primeiro e depois preto. No caso dessa cobertura, o segredo do escuro do preto aqui é a Nutella, que é naturalmente mais escura (e gostosa), então já começamos em um tom escuro. Daí, usamos o corante preto. No caso do vermelho, por exemplo, tem receitas que começam com beterraba, pra colorir um pouco, e depois entra o corante. ;)

  6. Fer
    24 de março de 2014 - 23:39

    Achei lindo! Bem diferente!
    Beijo

  7. Daniela
    25 de março de 2014 - 08:43

    Ju, me aventurei no mundo dos cupcakes há mais ou menos um ano e seu blog foi um dos meus grandes achados! Tento aproveitar ao máximo as suas dicas e releio suas receitas inúmeras vezes para firmar bem a ideia na cabeça, rs.

    Mas ainda me considero muito leiga no assunto e gostaria de tirar uma dúvida contigo: recentemente fiz alguns cupcakes e tentei fazer a famosa voltinha com ganache. Misturei chocolate meio amargo derretido com creme de leite e deixei chegar a sua temperatura ambiente e mesmo assim, não consegui :(

    A minha pergunta é: ganache é a escolha mais apropriada para se fazer a voltinha ou deve-se usá-lo mais como recheio??

    Adoro o seu trabalho!
    Vou tentar fazer este buttercream!
    Beijos grandes!

    • 26 de março de 2014 - 17:31

      Daniela, eu não gosto muito de ganache como cobertura, opção minha. Prefiro ela como recheio. Porém, ela é muito comum como cobertura. Provavelmente, se ela ficou mole, você precisava ter colocado menos líquido (creme de leite). Talvez esteja muito quente na sua cidade também e isso influencia. Beijos!

    • Vitor
      27 de março de 2014 - 23:40

      Tambem sou novo e ando testando as coisas… pra voltinha com ganache ficar firme tive que coloca-lo um tempo na geladeira… adoro o site! bjs

  8. Nathália
    30 de março de 2014 - 00:41

    Adoro o Jack também, fiquei curiosa imaginando como os seus cupcakes dele ficaram!
    Vou testar essa receita um dia!

    • 01 de abril de 2014 - 14:15

      Nathália, pena que não tirei foto… mas minha amiga que recebeu os cupcakes era sua xará. :)

  9. Luciana
    30 de março de 2014 - 20:55

    Juliana, moro em Natal-RN e pretendo testar essa cobertura para o próximo fim de semana, vc acha que posso cobrir na sexta? ( a festa é no sábado). muda muito com a temperatura?

    • 01 de abril de 2014 - 14:18

      Luciana, não sei como está o clima na sua cidade, mas se estiver muito quente, pode ser que ela não aguente muito bem. Vale fazer um teste no dia anterior pra ver como ela segura. Nunca deixe pra experimentar uma receita nova no dia da entrega, vai que dá errado. Beijos!

  10. Lívia Cavallaro
    06 de abril de 2014 - 20:45

    Ju, adoreeei a receita que você fez e estou louca pra começar a testar todas aqui do site! Mas eu queria saber qual a altura da sua forma de cupcakes, porque todas as formas que vejo por aí são muuito pequenas! Brigada :D Beijos!

    • 15 de abril de 2014 - 20:59

      Vixe, Lívia, não sei direito qual a altura dela, mas pelo que eu vejo no mercado, é padrão. Provavelmente as forminhas que você compra são maiores, mas não tem problema nenhum, porque a base já vai estar lá pra segurar a massa. Beijos!

  11. 07 de abril de 2014 - 08:37

    adorei esse butterceam de amoras com muito chocolate …..

  12. 07 de abril de 2014 - 08:54

    seu aprovado tenho muitas ideais com seu amor com aprovada de papos ideais com seu me aventurei no mundo dos cupcakes há mais ou menos um ano e seu blog foi um dos meus grandes achados! Tento aproveitar ao máximo as suas dicas e releio suas receitas inúmeras vezes para firmar bem a ideia na cabeça, rs.
    Mas ainda me considero muito leiga no assunto e gostaria de tirar uma dúvida contigo: recentemente fiz alguns cupcakes e tentei fazer a famosa voltinha com ganache. Misturei chocolate meio amargo derretido com creme de leite e deixei chegar a sua temperatura ambiente e mesmo assim, não consegui :(
    A minha pergunta é: ganache é a escolha mais apropriada para se fazer a voltinha ou deve-se usá-lo mais como recheio??
    Adoro o seu trabalho!
    Vou tentar fazer este buttercream!
    Beijos grandes!amor.

    • 15 de abril de 2014 - 21:08

      Melize, você tentou fazer com ganache, é isso? Ganache também segura voltinhas, mas provavelmente devia estar muito quente na sua cidade, e a ganache não segura bem no calor. Buttercream também não. Eu costumo usar como recheio mesmo, prefiro. Beijos!

  13. Vanessa
    07 de abril de 2014 - 13:25

    Ju minha linda obrigada pela resposta (2° comentário) mas não consigo chegar na cor preto com o glacê real nem por um decreto… Alguma dica???

    • 15 de abril de 2014 - 21:11

      Vanessa, procure uma marca muito boa de corante em gel. Esse buttercream é o mais próximo que você vai chegar do preto, mas, como eu disse no post, mesmo assim não vai ficar completamente preto!

  14. Ludmilla
    26 de abril de 2014 - 01:34

    Ju, você diz pra usar um bom corante, mas como sou nova nisso, não sei um bom, pode falar o que você usou?

    • 30 de maio de 2014 - 13:53

      Ludmilla, eu uso os corantes da Americolor, considero os melhores (do mundo!), mas eles não vendem no Brasil. Aqui, eu aconselharia comprar os corantes da Wilton ou, em segunda opção, os da Mix. Beijos!

  15. Barbara C.
    29 de abril de 2014 - 17:34

    Oi Ju, tudo bem?! Comecei a acompanhar seu blog ontem e amei! Já li praticamente todos os posts. Hahaha! Também sou de Brasília e quero começar a fazer cupcakes e receitas de culinária em geral. Comecei a cozinhar há pouco tempo receitinhas salgadas que tem dado super certo; e como eu sou completamente LOUCA por doces, quero arriscar nisso tb. Enfim, você poderia me indicar algum livro interessante sobre confeitaria?! Quais livros você tem e quais gosta?!
    Essa é até uma sugestão de post! =D
    Amei o post das sugestões dos instrumentos básicos pra confeitaria, vou já adquirir os meus! =** Beijos!!

    • 04 de junho de 2014 - 10:21

      Barbara, seja bem vinda ao blog! :D
      É verdade, seria um post bacana. Vou providenciar! Tem muitos livros bacanas para estudar confeitaria mais a fundo. Pessoalmente, gosto muito desses dois:
      – Panificação e Confeitaria Profissionais, de Wayne Gisslein (da Le Cordon Bleu)
      – The Cake Bible, da Rose Levy Beranbaum (apenas importado e em inglês)

      O primeiro está disponível no Brasil, na Livraria Cultura, mas é bem caro (acho que uns R$ 200). O segundo é um dos melhores livros sobre confeitaria que existem, mas nunca foi traduzido para português (e duvido que um dia seja, infelizmente). Se tiver a chance de comprar lá fora, ele nem é tão caro, você só precisa saber ler em inglês.
      Tem um outro livro da editora Larousse, “Confeitaria”, da série Cozinha Passo a Passo, que é muito bonitinho: ele mostra receitas com passo a passo ilustrado, ensinando técnicas também, além de mostrar os utensílios.
      Beijos!

  16. Debora
    27 de maio de 2014 - 12:33

    Oi Ju!.. tudo bem?…
    Perfeito seu blog…. estamos entrando nesse mundo dos cups mas quase p/ desistir qdo uma receita não da certo…. . Posso te fazer uma pergunta?… como faço p/ conseguir uma cobertura vermelha?… ja tentamos mas não nada… chegamos no rosa, roxo cada tom que dá medo….
    Me ajuda??….bjss… e parabens pelo blog….. e pelo trabalho lindo que faz!!…

    • 06 de junho de 2014 - 07:56

      Debora, pela minha experiência, infelizmente é impossível chegar a uma cobertura completamente vermelha (que não seja pasta americana, e da já comprada pronta). Vermelho e preto são cores muito difíceis de chegar, tanto que nesse post eu explico que isso ainda não é preto 100%, mas é o mais próximo que cheguei. Beijos!

  17. Ana
    09 de julho de 2014 - 13:51

    Oi Ju, amei seu blog!
    Gostaria de saber qual é o nome do bico que usou?
    bjs!

    • 10 de julho de 2014 - 23:12

      Ana, acho que foi um bico sem marca ou número que comprei na Argentina. Mas ele pode ser substituído pelo 1M da Wilton. Beijos!

  18. brenda
    18 de setembro de 2014 - 19:52

    Oi ju,eu aqui denovo.. vc acha que e possivel adaptar essa receita ao buttercream de merengue italianl/suíço ?! Beijo

    • 19 de setembro de 2014 - 08:04

      Brenda, pra ficar pretinho assim, só essa receita. Mesmo que você acrescente nutella e corante no buttercream de merengue, não fica tão escuro. Beijos!

  19. norys santos
    25 de dezembro de 2014 - 21:23

    Juliana, vc teria uma receita de buttercream BRANCA, pois dizem que ela fica amarela por causa da manteiga.aguardo retorno

    norys

    • 27 de dezembro de 2014 - 00:53

      Norys, infelizmente, qualquer coisa que você fizer com manteiga vai ficar levemente amarelado, incluindo o buttercream. Beijos!

  20. Luisa
    11 de fevereiro de 2015 - 18:51

    Oi!
    Eu adoro confeitaria, sempre me divirto com receitas novas e sites fantásticos (como o seu!) que encontro aqui. Passeando pelo site essa receita me chamou a atenção. Eu não gosto de usar corante, então sempre procuro ingredientes com a cor desejada. Já experimentou usar o black cocoa powder?

    • 16 de fevereiro de 2015 - 14:12

      Luisa, conheço o black cocoa powder mas nunca achei pra vender por aqui. E como é difícil de encontrar, mesmo que eu achasse, talvez não indicaria no blog porque quase ninguém ia conseguir fazer. Eu achei cacau negro na Argentina e é ótimo para fazer coberturas pretas. Sabe onde vende no Brasil? :)

  21. Karla
    20 de fevereiro de 2015 - 14:42

    Oi, Jú, vi uma vez uma cobertura de cupcake nesta cor, mas era ganache, você sabe me dizer eu seu só consigo esta cor com corante na ganache? Seu trabalho é lindo! É gostoso ver o carinho com o qual você trata da confeitaria! Parabéns!

    • 08 de março de 2015 - 00:00

      Karla, se era ganache, provavelmente usou um chocolate bem amargo e escuro, daí você chega próximo desse preto, mas ainda assim eu usaria um pouco de corante (próprio para chocolate). Obrigada pelos elogios! Beijos!

  22. Gracielle Scaffi Hespanhol
    12 de abril de 2015 - 17:56

    Oi Ju, tudo bem? Sem querer importunar mas já importunando… Será que essa receita da certo pra fazer um azul marinho bem escuro, ou é besteira botar tanto corante assim? P.S da ultima vez que tentei fazer Buttercream preto e vermelho quase gastei todo o gel e a cor não pegava :/

    • 17 de abril de 2015 - 08:01

      Gracielle, deve dar certo sim, mas lembre-se que depois de um certo ponto, não adianta o quanto de corante você colocar porque ele não vai ficar mais escuro ou mais azul. Beijos!

  23. Beatriz
    11 de junho de 2015 - 21:03

    Oi Ju ^^
    Por falar em coberturas de cores fortes, vc tem alguma dica para eu conseguir colorir meu buttercream de vermelho? Rsrs sei q se eu colocar um corante vermelho diretamente ele vai ficar rosa, mas por qual cor eu começo? Laranja ou amarelo?

    • 17 de junho de 2015 - 18:47

      Beatriz, o vermelho (assim como o preto) é uma cor quase impossível de chegar no buttercream. Você vai ter que usar muito corante e ainda sim não vai chegar no tom certo. Não recomendo, muito corante deixa o gosto terrível e ainda não faz bem pra saúde. Beijos!

  24. Raphaella Russo
    15 de setembro de 2015 - 12:38

    Esse butercream pode ser usa como cobertura de bolo ???????????

    • 16 de setembro de 2015 - 23:37

      Raphaella, buttercream é uma cobertura de bolo!

  25. Angela
    25 de outubro de 2015 - 22:23

    Olá! Por favor, vou precisar usar corante vermelho no buttercream e a cor não fica ela botei muito corante. Como atingir o vermelho? Misturo com outra cor? Obrigada!

    • 26 de outubro de 2015 - 11:21

      Angela, é praticamente impossível chegar nas cores preta e vermelha em buttercream. Nos EUA, se vende já pronto. Eu pessoalmente nunca cheguei ao vermelho de verdade em coberturas, no máximo fica um rosa bem forte. Beijos!

  26. Angela
    26 de outubro de 2015 - 08:23

    Outra dúvida… Qual cobertura resiste melhor ao calor, buttercream, chantilly ou o merengue suíço? Obrigada

  27. Juliana
    10 de dezembro de 2015 - 00:50

    Ju preciso fazer um bolo do mickey com chantilly preto e vermelho, o que você me indica, tingir o chantilly ou o buttercream? Obrigada :)

    • 18 de dezembro de 2015 - 16:44

      Ju, xará, não recomendo nenhum dos dois, porque você vai precisar usar muuuuuuito corante pra chegar no tom e daí fica um gosto muito ruim, se é que você consegue o tom certo. De qualquer forma, é mais fácil pelo chantilly.

  28. Patrícia
    21 de fevereiro de 2018 - 08:20

    Olá juh. Você acha que pra cobrir um bolo todo com ele não é gostoso?
    Será que consigo tingir o chocolate 1/2 amargo se preto? Aguardo … Beijos. Amei a dica,mas como é pra cobrir um bolo grande, não sei se ficaria gostoso. Pois você disse que era melhor apenas em detalhes né

    • 29 de março de 2018 - 21:57

      PAtricia, eu usaria pra fazer uma fina camada, apenas. Porque ele fica muito amargo mesmo :(

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!