segunda, 03 de agosto de 2015

Brownies de cacau

32 Comentários

Percebo, pelos e-mails que recebo, que às vezes o blog ajuda pessoas que querem viver de confeitaria ou cupcakes por encomenda, ou abrir lojas, etc. Confesso que fico feliz com isso, mas preciso explicar a ideia do site quando eu o criei.
Não o criei pra ajudar pessoas a começarem seus negócios – sejam pequenos ou grandes. Não o criei pra dar dicas de como cobrar pelos seus produtos, ou como fazer grandes encomendas. As receitas que coloco aqui não são para usar como receitas base para lojas e revenda, porque elas muito provavelmente não são vantajosas para isso.
O blog nasceu porque eu gosto muito de fazer receitas diferentes do padrão baunilha/chocolate. Por causa disso, eu levava muitos cupcakes para amigos e as pessoas sempre me pediam a receita. Eu tinha preguiça de passar várias vezes ou digitar o tempo todo, então pensei que colocando num blog seria mais simples. Juntei isso com meu gosto por tirar fotos e escrever, e voilá.

brownies_cacau2
Então, é válido reforçar que o blog não tem nenhuma pretensão de ajudar pessoas a abrirem seus negócios de confeitaria ou cupcake. Fico lisonjeada ao saber que muitos de vocês se inspiraram aqui para isso, ou até usam minhas receitas e dicas em negócios bem sucedidos. Mas saibam que isso é mérito de vocês, apenas. Vocês entraram aqui, viram os textos e adequaram tudo – com pesquisa de mercado, com estudo e com bom senso – ao que era necessário para estabelecer seus negócios.
A maior prova de que o blog não tem esse propósito é que eu mesma, Juliana, não vivo de encomendas de cupcakes ou doces. Sou jornalista e trabalho 8h por dia – esse é o meu sustento.
O blog pode até te ajudar a abrir ou começar o seu negócio. Mas, pra isso, é preciso um estudo de mercado, de administração e marketing. Isso, inclusive, é um trabalho que é cobrado por quem é especialista nisso. Eu não sou. Não é só pegar minhas receitas e começar a fazer por encomenda, gente! Elas não são feitas pra isso, elas são focadas em comidas para fazer quando tiver vontade: pra família, pros amigos, pro trabalho, sei lá. Quando estiver afim de comer bacon doce. Se vocês só usarem minhas receitas sem nenhum tipo de estudo e administração de negócios, cada cupcake vai custar uns R$ 10 e ninguém vai pagar isso, hahahaha.

brownies_cacau
Então, a vocês que me mandam e-mails pedindo ajuda – dicas, sugestões, receitas – para abrir lojas, começar um negócio de encomendas, etc: por favor, não façam isso sem estudar sobre administração de negócios. Façam um curso no SEBRAE, eles tem vários ótimos e alguns de graça. Começando assim alok@ uma loja, você corre o risco de investir um monte e falir em menos de dois meses. Muito cuidado, mesmo, é seu dinheiro e sua vida que está em jogo.

Brownies de cacau
Rende: uma fôrma quadrada de 17cm
Receita por Technicolor Kitchen, com adaptações.

140g de manteiga
1 xícara (195g) de açúcar
3/4 xícara (70g) de cacau em pó
1/4 colher de chá de sal
1/2 colher de sopa de extrato de baunilha
2 ovos gelados
1/2 xícara (70g) de farinha
1 xícara de castanhas do pará, picadas grosseiramente (opcional, ou use as castanhas de sua preferência. Nozes também fica muito bom)

1 – Ligue seu forno em 160˚C. Unte a fôrma com manteiga e cacau em pó e reserve na geladeira.
2 – Em uma tigela, misture o açúcar e o cacau. Em seguida, em uma panela, derreta a manteiga e adicione a mistura. Deixe ferver por 30 segundos, mexendo sempre. Retire do fogo e transfira para a tigela anterior, para esfriar levemente.
3 – Em outra tigela, bata os ovos levemente, e misture o sal e a baunilha. Com um fouet, acrescente os ovos à mistura de manteiga e cacau, mexendo sem parar para não cozinhar os ovos.
4 – Por último, acrescente a farinha e as castanhas, e misture com vontade. Dê umas boas batidas na massa com o fouet pra quebrar grumos de farinha e desenvolver um pouco do glúten – mas não muito!
5 – Transfira a massa para a fôrma e leve para assar por 22 minutos, ou até que um palito inserido no centro saia levemente úmido, mas em sua maioria seco.

Esses brownies eu encontrei no blog da Patricia e são sucesso absoluto!

brownies_cacau3
São de longe meus favoritos em sabor e praticidade – confesso que acho meio chato ter que derreter chocolate pra fazer brownie, então esse que é de cacau é uma mão na roda. Eu diminui a quantidade de açúcar e aumentei a de cacau da receita da Patricia, mas se você não curte esse amarguinho, é só seguir a receita original que está lá no Technicolor Kitchen.

  1. Soraya
    03 de agosto de 2015 - 08:47

    Nossa, Juliana, falou tudo!
    É exatamente assim que me sinto quando alguém diz que eu tenho que parar de trabalhar para vender os cupcakes (muitos com receitas que pego aqui no blog) e outros doces que faço. Penso: “se você soubesse o quanto gasto para fazer essas gostosuras”… rsrs! Aí minha desculpa é sempre: “não dá, teria muito trabalho e não ganharia bem, não tenho tempo…”. No outro minuto descubro que é aniversário de alguém do trabalho ou da família e digo “Pode deixar que levo o bolo!”… “Não, Soraya, vai dar trabalho”… e eu “Não dá nada. Faço porque gosto. É meu presente!”

    Com ou sem negócio, não deixa de colocar as receitinhas pra gente, são SEMPRE muito boas!!!

  2. 03 de agosto de 2015 - 09:57

    Adorei a receita, vou testa-la!
    E quanto ao o que você falou, é exatamente isso!
    Trabalho vendendo as minhas gostosuras, e sei bem como esse mercado é bem competitivo e ardo!
    Estudar, planejar, antes de abrir o próprio negocio é a chave para o sucesso!
    Passei uns perrengues, ao longo da caminhada, hoje eu ainda estou levando umas surras, mas correndo atrás para não cometer os mesmo erros, e assim fazer com que a minha empresa cresça saudável..

    Abraços… e Parabéns, adoro suas receitas!

  3. Giselle
    03 de agosto de 2015 - 10:55

    Oiii!
    Minha dúvida é…posso substituir a manteiga por margarina? É que tenho intolerância à lactose.
    Se sim, substituo pelas mesmas 140g? Qtas colheres de sopa daria?
    Obrigada!
    Bjinhos…

    • 07 de agosto de 2015 - 16:13

      Giselle, isso mesmo, é só substituir pela mesma quantidade.

  4. 03 de agosto de 2015 - 11:51

    Oi Ju!

    Já te enviei e-mail uma vez contando sobre meu caso de amor com seu trabalho. Hoje vivo da venda de doces, sobre os quais comecei a aprender com o seu blog. Costumo dizer que seu blog me encontrou e não o contrário. Seus doces, fotos e textos me encontraram em um momento de depressão profunda e me ajudaram a não somente passar o tempo, mas encontrar uma atividade que realmente me dá prazer e que, com o tempo, se tornaram minha fonte de renda. Mas sim, também reconheço meu mérito, pois não é tão simples assim pegar uma receita e com ela ganha dinheiro da noite pro dia. Temos que fazer adaptações, melhorias de acordo com nosso capital e gosto do nosso público, entre diversos outros fatores. Acho o máximo a quantidade de informação que encontramos com a Internet, de fato ela ajuda muito e abre portas para diversos tipos de negócio. O que me incomoda é que existe muita gente preguiçosa, que quer tudo na mão e que não se preocupa em testar, melhorar, achando que a Internet é a chave de tudo! Empreender é muito mais que isso. Exige tempo, dedicação, muita pesquisa e bom senso. As pessoas têm preguiça de pesquisar, de calcular custos, de fazer tudo. Isso me irrita e entendo o que você deve passar com a quantidade de pessoas que pedem certos tipos de informação. Eu tenho muito o que te agradecer, pois, mesmo sem saber, você me mostrou o quanto a confeitaria é linda. Saiba que seus doces me mostraram um novo caminho, mais feliz e promissor. E sua receita de Sheen cake ainda é a que uso para meus cupcakes de chocolate e é a massa que mais me faz receber elogios. Dela eu permiti não mudar absolutamente nada. Mto obrigada!

  5. 03 de agosto de 2015 - 11:53

    Sheen não, sheet!

    • 07 de agosto de 2015 - 16:15

      Hevelyn, fico muito feliz que meu blog te encontrou hehehehe! :) Mas é isso mesmo, a internet tem de tudo, mas ela não faz milagre nem resolve nossas vidas (infelizmente). Beijinhos e obrigada pelo carinho!

  6. ana cleide cerveira lima
    03 de agosto de 2015 - 11:55

    Oi Juliana,

    Amo Brownies!!! com certeza vou fazer hoje mesmo.

    Darei noticias. Um abração!

  7. Maria Teresa
    03 de agosto de 2015 - 11:55

    Muito fofo seu pratinho de coração! É herança da casa da mãe, ou vou comprou em alguma lojinha?
    Bjs,

    • 07 de agosto de 2015 - 16:16

      Maria, comprei em Buenos Aires, eu acho… agora não tenho certeza. Beijos!

  8. ana cleide cerveira lima
    03 de agosto de 2015 - 15:14

    Oi Juliana,

    Sobre o que falaste e´a pura verdade! Acredito que pra ter sucesso , em quaisquer que sejam as atividades, e´preciso conhecimento, estudo e estrutura e, sobretudo gostar de fazer.
    Como so vivo correndo e as vezes me esqueço de comentar acabo esquecendo. Mas,te acompanho e e te admiro muito.
    Meu primeiro cupcake fiz depois que conheci teu blog, acredite, maravilhosos.
    Que Deus te de sabedoria e paz pra alcançar os teus objetivos, SUCESSO!!!!.

  9. Neusa Chavier
    03 de agosto de 2015 - 16:21

    Oi Juliana, boa tarde!
    Vc tem toda razão quando explica no post, que o seu blog não é um passo inicial para um negócio. Mesmo assim, as dicas são maravilhosas! Entendo perfeitamente o que é cozinhar por prazer, fazer doces e “brincadeiras culinárias”, como eu chamo, apenas para agradar a família e amigos. Fiz muito disso, e, como os amigos começaram a gostar bastante, comecei a pegar encomendas e estou indo bem! Claro que não dá pra depender da venda de Cupcakes, Brigadeiros, Bolos e Naked Cakes, pelo menos por enquanto, afinal eu não sou confeiteira profissional (sou assistente executiva e trabalho 8h por dia – às vezes mais..rs), mas confesso que tenho usado muitas dicas suas para minhas receitinhas, todas com direitos a elogios!
    De minha parte, só tenho a agradecer por nos presentear com essas delicias!
    Forte abraço,

    • 07 de agosto de 2015 - 16:18

      Neusa, a ideia do blog é sempre ajudar mesmo! Que bom que as diquinhas ajudam! Mas é preciso parcimônia pra aliar as dicas daqui com o estudo de administração de negócios de fato, né? Beijos, flor!

  10. ana cleide cerveira lima
    03 de agosto de 2015 - 17:57

    Oi JULIANA,

    Qual e´essa receita de Sheem cake a qual Hevelyn se referiu? E´possível me enviar?

    Ficarei grata!

  11. Valéria
    04 de agosto de 2015 - 13:14

    Juliana,

    Bem esclarecido, sobretudo para mostrar que nem tudo na vida é feito por dinheiro. O prazer de fazer essas receitas e servir para a família não tem preço . Além do mais, os ingredientes que vc usa são de primeira qualidade, o que dificulta bastante atribuir um preço razoável para venda.
    Parabéns pelo post.

  12. Isabela
    05 de agosto de 2015 - 08:50

    Poderia substituir o cacau por chocolate 50% em pó? Estou amaaaado o blog! Parabéns!

    • 07 de agosto de 2015 - 16:20

      Isabela, pode, mas vai ficar mais doce. Beijos!

  13. ana cleide cerveira lima
    08 de agosto de 2015 - 02:55

    Oi Juliana, obrigada pela gentileza.
    Ah, experimentei o Brownie, uma delicia.

    Um abraço!

  14. 08 de agosto de 2015 - 17:16

    Oi, Ju.
    Eu acompanho o blog há bastante tempo, desde antes de ser confeiteira. E torcia o nariz pra cupcake, porque sempre comia uns ressecados e ruins. Passei a fazer cupcake há coisa de um ano atrás.
    Sigo algumas receitas suas, outras eu adapto (inclusive saiu daqui uma das receitas que mais vendo atualmente, de cupcake de Guiness…lembra aquela sua receita com bacon caramelizado? Pois é), outras eu pego em outros lugares (inclusive muitas referências americanas por motivos lógicos).
    Acho que existe mercado pra todo mundo, mas a tendência brasileira é querer mudar as receitas pra que elas custem muito pouco e as pessoas possam vender por um valor muito alto. O resultado de sabor nem sempre é bom e isso claro, causa problemas.
    Eu prefiro receitas um pouco mais elaboradas. O rendimento pode ser menor que as de “cupcake de um ovo só”, mas escuto dos clientes coisas como “melhor cupcake que já comi” e acho que então estou no caminho certo/
    :]

    • 25 de agosto de 2015 - 12:04

      Lilian, é bem isso mesmo que você falou, mas às vezes o barato pode custar muito caro. O cliente frequente quer um cupcake gostoso, acima de tudo, e não apenas barato. Tem que haver um balanço entre as coisas, não é? E tem gente também que não quer ter trabalho, quer só misturar algo pré-pronto e vender. Às vezes dá pra diminuir o custo da receita usando técnicas de confeitaria, mas dá mais trabalho, claro. Enfim, também prefiro ouvir “melhor cupcake que já comi” do que “mais barato cupcake que já vi”. Beijos!

  15. 09 de agosto de 2015 - 17:51

    Cá estava eu em casa pensando: putz, preciso de uma receita boa de brownie pra dar de lembrancinha no níver do Gu. Vou ver se a Ju tem…. e voilá! hahahaha
    Mas vou usar a receita com mais açúcar e sem castanhas ~ sou alérgica ~. Será que fica bom recheado com ganache ou doce de leite?

  16. 20 de agosto de 2015 - 14:51

    Ju, te acompanho e amo teu blog, tuas dicas (todoas, de tudo) e amo tuas receitas, mas posta alguma coisa sem leite de vaca, por favor. Minha filha tem alergia as proteinas do leite, entao nadinha que venha de uma mimosa ela pode!!! Cria aí, por favor!! Beijos!

    • 25 de agosto de 2015 - 18:37

      Isabel, eu até tento receitinhas sem lactose! Vou ver se posto algumas aqui sim :) Beijos!

  17. Vanessa
    22 de outubro de 2015 - 20:11

    Amo essa receita! Sempre sofri pra fazer brownies mas essa deu super certo todas as vezes. Fiz com oreo picado no lugar das castanhas e ficou incrivel! Obrigada por compatilhar receitas maravilhosas! ♡

  18. Elis Moura
    16 de dezembro de 2015 - 11:57

    Oii!
    O cacau em pó é cacau 100%?
    Adoro seu blog e as dicas!!!
    Parabéns pelo seu trabalho :D

    • 18 de dezembro de 2015 - 16:55

      Elis, sim, sempre que for cacau em pó é apenas o cacau, sem misturas. Beijos!

  19. Alline
    24 de julho de 2016 - 18:52

    Amei a receita! Venho testando varias receitinhas de brownie, estava atras de uma que usasse chocolate em pó ao inves de barra… essa vc usa o cacau.. perguntas: nao fica mto amargo? Se eu quiser substituir essa quantidade por chocolate em pó 50% será que dá certo? Nesta mesma receita para uma forma 30×18 quais quantidades posso utilizar vc acha? Pois essa receita é para uma forma bem pequenininha né? Beijinhos.

    • 20 de setembro de 2016 - 14:14

      Alline, pessoalmente, prefiro doces de chocolate mais amargos e com mais sabor de cacau do que doces, então pra mim fica ótimo. Não acho muito doce nem muito amargo esse aqui. Mas se você prefere doces mais doces (hahaha) num geral, então use o chocolate em pó 50% ou apenas chocolate em pó mesmo. Essa receita é pra uma fôrma quadrada de 17x17cm. Pra essa retangular sua, melhor dobrar a receita. Beijos!

  20. Débora Carnevalli
    11 de fevereiro de 2017 - 10:34

    Olha tudo aqui é muito inspirador, adorei sua sinceridade ao descrever seu objetivo no blog.

  21. Ana Villas
    20 de fevereiro de 2018 - 12:03

    Açúcar e cacau vão junto com a manteiga para o fogo? Ou deixa só a manteiga por 30 s e depois adiciona na tigela? Fiquei em dúvida

Juliana Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pelo Cupcakeando, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!