segunda, 02 de janeiro de 2017

Bolo de caneca de cappuccino

9 Comentários

Banner da parceria entre Cupcakeando e Café do Sitio.

2017 chegou. E enquanto passei o fim de 2016 lendo e ouvindo praticamente todo mundo comemorar a chegada de um novo ano, parei para pensar um pouco sobre isso.
Num geral, todo mundo achou 2016 um péssimo ano. Um monte de coisa esquisita aconteceu no Brasil, pessoas queridas morreram, celebridades terminaram relacionamentos duradouros e etc.
Mas, de verdade, que ano que não foi exatamente assim?

Bolo de caneca de cappuccino
Praticamente todo ano é esquisito no Brasil. Gente morre todo dia – afinal, somos humanos e isso uma hora acontece. Ninguém é imortal. E celebridades podem sim terminar relacionamentos, afinal elas são pessoas normais, como eu e você, e uma hora as coisas podem não fazer mais sentido e precisam acabar. Geralmente, é simples assim mesmo.
Então porque temos que todo final de ano colocar todas as expectativas no ano seguinte? Como se o que passou não tivesse nem uma única situação que vale a pena lembrar e comemorar. Existem sim, mas a gente sempre coloca o foco na grama do vizinho – nesse caso, o vizinho é o ano seguinte.

Bolo de caneca de cappuccino

Decidi abrir meu Memory Jar no final do ano, antes que ele acabasse, para poder concluir 2016 com a certeza de que não, não foi um péssimo ano. Pode não ter sido perfeito, mas perfeição nunca foi do meu agrado mesmo.
Boas recordações da pra fazer em qualquer momento, é só a gente parar pra notar as pequenas coisas e dar a elas o devido valor. Temos o costume de comemorar só o que é grande – comprei um carro, ganhei uma promoção no trabalho, viajei pra China. Mas e as pequenas-grandes coisas?
E aquele dia que você tirou folga no trabalho e passou a tarde lendo, e conseguiu terminar o livro que queria? E o almoço com amigos que você riu tanto que ficou com dor de barriga? E a flor na rua que alguém que você ama pegou para você?

Bolo de caneca de cappuccino
Esse Memory Jar me ajudou a ver isso. Dentre os papeizinhos, a maioria eram de pequenas coisas que eu fazia questão de registrar que aconteceram. Algumas sequer foram “acontecimentos”, estando mais para o lado do “dia a dia”. Mas me fizeram felizes de alguma forma.
Por isso, não posso dizer que 2016 foi terrível. Foi muito bom. E 2017 vai ser ainda melhor!

Bolo de caneca de cappuccino
Rende: 1 bolo em uma caneca grande

3 colheres de sopa de farinha
2 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de preparo para cappuccino do Café do Sitio
pitadinha mínima de sal
pitadinha de fermento em pó
1 ovo
1 colher de sopa de óleo
2 colheres de sopa de leite
ganache para deixar ainda mais indulgente (opcional)

1 – Quebre o ovo dentro da caneca e bata com um garfo até misturar um pouco a gema e clara. Acrescente o óleo e o sal e bata para incorporar e obter uma mistura mais opaca e consistente.
2 – Adicione o leite e o açúcar e misture bem.
3 – Adicione os outros ingredientes, todos juntos: a farinha, o cappuccino e o fermento. Mexa com o garfo delicadamente e bata um pouquinho para quebrar grumos de farinha.
4 – Leve para o microondas por 2 minutos. Retire e cheque se está pronto – com cuidado, vai estar muito quente! Se quiser, deixe mais uns 30 segundos (vai depender muito do formato da sua caneca).
5 – Cubra com um pouco de ganache se quiser – ou nutella, ou brigadeiro! – e sirva quando estiver um pouco mais morno, uns 5 minutinhos depois de sair do microondas. Eu ainda polvilhei um tico de canela! :)

Bolo de caneca de cappuccino

O Café do Sitio também tem entre seus produtos essa mistura para cappuccino, que vem nos sabores tradicional (que usei aqui) e canela. É super fácil de fazer e gostoso. E com tamanha praticidade, juntei nessa receita de bolo de caneca porque um bolo de caneca nasceu pra ser prático e rápido para todos, não é verdade?

Como vai ser o seu 2017? Quais os planos?!

  1. Leice Mattioli
    02 de janeiro de 2017 - 12:28

    Oi Juliana, em tempos de tantos tipos de farinhas..de trigo, de aveia, de de arroz, etc..etc..seria bom sempre deixar definido na receita o tipo. Outra coisa, uma pitadinha é uma medida muito relativa..será que seria algo como 1/2 colher de café ..ou menos? Adoro suas receitas e sempre recomendo. Um abraco

    • 02 de janeiro de 2017 - 18:52

      Leice, flor, no FAQ do blog eu explico direitinho os ingredientes. Lá eu digo que é sempre farinha de trigo a não ser que esteja especificado o contrário. O mesmo para manteiga (sem sal, sempre), leite, etc. ;)
      Uma pitada é bem menos que 1/4 de colher de chá, por isso eu digo pitada. Seria algo entre 1/8 de colher de chá ou menos, mas já é difícil ter a medida de 1/4, que dirá 1/8. Uma pitada é literalmente pegar um pouco do ingrediente com dois dedos. (Às vezes eu até indico quando é pra usar três dedos, quando é aquela pitada mais “generosa” hahahaha)
      Beijos!!

  2. Juliana
    02 de janeiro de 2017 - 13:14

    Que receita deliciosaa!! Fds farei pra mim e minha mãe :)

    Eu sou uma pessoa que gosta muito (tipo muito MEEESMO hahaha) de tirar fotos, e revendo algumas desse ano eu pude constatar o mesmo: 2016 foi muito bom sim. O problema é esquecermos as pequenas-grandes coisas, e são elas que fazem toda a diferença.

    Comecei a notar que pra um ano ser bom depende mais de mim do que de qualquer outra pessoa. Pra 2017, pretendo colocar isso em prática! Um feliz ano novo pra você, xará. Sucesso e felicidades <3

    • 02 de janeiro de 2017 - 18:53

      Ju, eu também tirei foto pra caramba em 2016! Hahaha! Feliz ano novo pra você também, que seja lindo e sempre melhor! :)

  3. Gabriel Miossi
    04 de janeiro de 2017 - 11:35

    Oi Ju, tudo bem?

    Bolo de caneca é tão gostoso, algo tão prático pra nos tirar da dieta… kkk

    Esse ano eu pretendo dar mais valor ao trabalho do eu nutricionista e ao valor que eu gasto com isso, deixar de lado algumas comilanças desnecessárias e focar mais, voltar em como eu era em 2015. Assim como também melhorar os meus preparos na cozinha (dae já ferra com o primeiro plano! kkk). Mas estamos aí né.. haha

    Beijos.

    • 04 de janeiro de 2017 - 16:08

      Biel, foca em receitas mais saudáveis, ou limita somente ao fim de semana hahahaha. É o que eu faço aqui! Fim de semana eu reservo pra fazer os trequinhos gostosos que eu fico vendo pela internet e salivando :) Feliz 2017 pra você!

  4. Camila
    04 de janeiro de 2017 - 15:22

    Oi Ju!
    Feliz 2017!
    Tive a mesma impressão que você sobre o 2016. As vezes até me sentia monstrinho enquanto todos se lastimamam e eu falando ok.
    Meu único projeto para 2017 é fazer minha memory jar. .. O resto deixa rolar.
    Adorei a receita, mas tenho um trauma de bolo de microondas. … Acho o gosto estranho, talvez seja do cozimento sei lá. .. As vezes tenho vontade de botar a caneca no forno! Kkkkk

    • 04 de janeiro de 2017 - 16:09

      Nossa Camila, adorei. Penso igual: deixa rolar. Depois a gente avalia! :) Olha, bolinho de microondas eu acho bom pela praticidade, mas confesso que também acho que fica um gosto “de micro”. Acredito que seja porque usamos para várias coisas (esquentar comida, requentar pizza, etc). Feliz 2017 pra você também, flor!

  5. 06 de janeiro de 2017 - 18:20

    amei a receita

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!