Wednesday, 10 de February de 2016

Piquenique para o Dia dos Namorados, ou a história de nós dois

24 Comments

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

  1. Silvana
    10 de February de 2016 - 09:29

    Oi Jú,
    Que linda a sua história de amor.
    Que sejam felizes para sempre…
    Adorei a matéria e as receitas, feitas com tanto carinho.
    Obrigada Jú, por ser sempre tão linda e delicada.

    • 10 de February de 2016 - 09:58

      Silvana, eu que agradeço a você por tanto carinho! Um grande beijo :)

  2. Beatriz Araujo
    10 de February de 2016 - 09:43

    Oi Juliana,
    Que delicia tudo isso e toda essa historia… Adorei… Reconhecer a bondade do amado eu tambem adoro. Muito bom estar ao lado de um homem que vale a pena . Que Deus abencoe mais e mais tua vida com o namorado ao lado . Clarooooo.. Beijinho da gaucha Bia .

    • 10 de February de 2016 - 09:59

      Obrigada Bia! És gaúcha como a família do Sr. Namorado :) Beijos enormes!

  3. Vivian
    10 de February de 2016 - 10:12

    Nossa Ju, esse foi o post mais lindo de toda a história do blog, me encheu o coração de amor! Sempre houve um mistério em tornou do “Sr. Namorado” hahaha que sempre está presente de um jeito ou de outro, mas sempre vemos apenas a mão e nunca soubemos de onde veio, do que se alimenta, e nem o nome! rs
    Amei conhecer um pouquinho dessa história e essas receitinhas! Muito amor pra vocês!
    Beijos

    • 10 de February de 2016 - 12:40

      Vivian, é que ele é tímido e não curte aparecer em fotos, mas já mostrei mais do que as mãos dele lá no Instagram do blog! :D Obrigada pelo carinho! Um beijo enorme!

    • Gabrielle
      17 de February de 2016 - 01:23

      Concordo concordadíssimo com cada palavra da colega… Era uma aura de mistério mt engraçada, aliás, ainda é… Obrigada pelas receitas, histórias bonitas, escrita leve, coisas assim sempre contribuem pra deixar o dia um pouquinho mais feliz…

  4. Gabriel
    10 de February de 2016 - 10:39

    Juliana, parabéns pra vocês dois!!

    Tem sido muito difícil encontrar pessoas que valham a pena e que saibam se doar pelo outro sem esperar nada em troca. Desejo a vocês muitos anos e felicidades juntos!!

    Beijos

    • 10 de February de 2016 - 12:40

      Biel, muito obrigada pelo carinho! Realmente, parece que está cada vez mais difícil se conectar com as pessoas… beijos!

  5. 10 de February de 2016 - 11:05

    Amei o post! Publiquei na fanpage do meu blog > https://www.facebook.com/tipsforweddings Abraço!

  6. Cristiana
    10 de February de 2016 - 11:12

    Oi Ju!
    Seu site esta salvo nos meus favoritos e todo dia dou uma olhadinha para ver as novidades!!
    Esse post é lindo!!
    Sobre o filme do Leonardo DiCaprio, um dos meus favoritos, porque amo todos os que ele faz!
    Que o amor esteja presente todos os dias da sua vida, que complemente, que aumente cada vez mais!!
    E que continue trazendo inspiração para seus dias e suas receitinhas!! :)
    Beijos

    • 10 de February de 2016 - 12:41

      Cristiana, também está torcendo pelo Oscar desse ano para ele? Já viu O Regresso? Eu amei! Amei amei amei! E obrigada pelo carinho. Um beijo grande!

  7. Alessandra
    10 de February de 2016 - 12:09

    Quando o universo conspira a favor, não há quem possa ir contra…

    Só uma pequena correção: o Valentine’s Day – que é praticamente mundial – é dia 14 de fevereiro. Até combina mais com um piquenique, já que será no domingo :)

    Outra coisa é em relação ao uso de corantes artificiais: há tempos venho levantando a bandeira e questionando o mundo gastronômico sobre a necessidade de se comer comida colorida. Por que não a cor original? Não consigo mais, por exemplo, tomar iogurte de morango industrializado por causa daquele rosa berrante, faço em casa e com muito mai garantia de qualidade e diversidade de sabores. Digamos sim aos corante naturais! E nada melhor do que as próprias frutas vermelhas para isso no caso da receita acima. Minha sugestão é fazer uma rápida geléia para o mirtilo soltar sua cor e pode até misturar com a fruta fresca, deixar meio mesclado como um “swirl”.

    • 10 de February de 2016 - 12:48

      Ale, realmente, quando algo é pra acontecer, não adianta! E realmente, eu errei a data, sabe-se lá porquê eu estava com 12 na cabeça. Já mudei no post, obrigada! :D
      E sim, eu também sou meio contra corantes. Você vai notar que eu mal uso em coberturas ou receitas aqui, exceto quando tem pasta americana. Para essa mousse, eu até pensei em fazer um corante natural (já viu esse video da Dulce Delight, que perfeição?), mas não tive tempo. Usei o corante porque queria uma corzinha mais acentuada, mas sabe que no fim das contas a mousse com o corante ficou da mesma cor que a mousse só com a cor natural, então meio que não precisava. Beijos!

  8. Ana Cleide Cerveira Lima
    10 de February de 2016 - 12:45

    Oi Ju,
    Deus sempre o melhor para nós.
    Parabéns!!!

  9. Ana Cleide Cerveira Lima
    10 de February de 2016 - 12:47

    corrigindo
    …..tem sempre o melhor para nós

    • 10 de February de 2016 - 12:49

      Aninha, é verdade, obrigada pelo carinho! :D

  10. Gabi
    10 de February de 2016 - 22:28

    Não sei pq me bateu uma enorme saudades de vocês hj! Acho q pq meu coração está mole e eu tb estou comemorando amor com o meu “sr namorado”. Muito linda a história de vcs! Desejo que sejam eternamente felizes.
    Beijos

    • 03 de March de 2016 - 11:16

      Gabi, flor, o amor adocica e amolece nossos corações para o nosso melhor lado <3 Beijos enormes para vocês dois também!

  11. Fabiana
    11 de February de 2016 - 16:35

    Jú…

    A minha data de “namoro” (primeira vez que ficamos) é um dia antes da sua 14/7/2011…

    ;-)

    • 03 de March de 2016 - 11:16

      Fabi, será que era uma vibe harry potter amor, invadindo a todos naquela época? hahahaha Beijos!

  12. Raissa
    13 de February de 2016 - 03:16

    Ju, que linda história! Muito amor pra vocês!
    Devo dizer que estou amando essas receitinhas sem carne, o meu namorado é vegetariano e eu to tentando comer cada vez menos carne, foi uma das minhas metas pra 2016 também! Vou testar essa baguete esse fds mesmo, já que ele aaama pimentão hahahaha
    Beijo grande, flor!

    • 03 de March de 2016 - 11:29

      Raissa, essa baguete é incrível, eu amei e já estou pensando em repetir novamente! Beijos!

  13. 18 de February de 2016 - 17:20

    ameiii a tua historia JUli, sou fa do seu blog ja fiz inumeras receitas suas, e ate me emocionei com o conto de fadas de vcs, lindos, que esse amor perdure para sempre , se forem pra serem felizes os dois. Bjosss amei as receitas.

Juliana Morgado

I’m a journalist with more passions than time can allow me to have. I have found in the kitchen my paradise, my resting place after a long and exhausting day. It’s my addiction, really. Not only cupcakes but anything that I find interesting, challenging or fun to do. Despite the blog’s name, it’s not all about cupcakes. I love cooking risotto, of all kinds, and I simply love any recipe with cheese.

Cupcakeando’s History

I’m not sure when or why I started to cook. My memories are of my mother putting me in the kitchen and teaching Brazilian white rice and her awesome pomodoro sauce for spaghetti, with fresh tomatoes just the way only she can do. All I know in the kitchen I’ve learned by one way: practice. My recipes are created from my head and implemented with the tests I run, or even meticulously measured from trusted sources.
I have a true passion for cupcakes, because I believe they represent everything that’s good in the kitchen: butter, sugar, cuteness, dedication and creativity. Everything in the right amount for one person.
I enjoy experimenting with these little ones, and finding out new ways do decorate them. When I have nothing better to do, I start researching and studying recipes, theories and decorations for cupcakes. Yeah, study, that’s right.
The blog is also a place for my second passion: photography. I’m that person who keeps looking for angles and shots while walking on the park. I also study the art of photography through websites and books.

The Name

Cupcakeando means, roughly, cupcakeing in Portuguese. The noun “cupcake” is in a verb tense that most well-schooled Brazilians hate because it means an action that will never stop. That’s precisely my intention. I don’t have any wish to stop my cupcake factory anytime soon, or even stop cooking in general. If I don’t have anymore orders, it will be for friends. If my friends get sick of it, it will be for my family. When my family says “ENOUGH”, it will be for myself (and maybe for my Siberian husky and my Pembroke corgi). Because that’s what I love to do and what makes me truly happy.

Copyright

All photos and texts on this website are produced by Cupcakeando, unless specified otherwise. They represent a lot of work and effort. In case you want to use any photo or text from this website, please make sure to link back to me or even get in touch with me before anything. I’ll be glad to help, but it’s important to give the proper recognition. :)

Creative Commons License
This work is licensed under a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contact

What if your question has already been answered on the FAQ? Read it just to make sure!

Send your questions or doubts through here.
I answer to each and every e-mail sent to me. Make sure you’ll get my e-mail by adding contato@cupcakeando.com.br to your safe contacts, or my answer might just flip into your spam box.