Thursday, 30 de October de 2014

Cupcakes Floresta Negra

23 Comments

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

  1. 30 de October de 2014 - 08:59

    Ju, sabes que você falando do seu Freddinho parece que está falando do Wasabi. Ele ama outros cães, pessoas, árvores, tudo e fica super empolgado quando interage. Já pensei em contratar umas aulas de um adestrador, quem sabe ano q vem…
    Sobre as destruições confesso q o Wasabi já comeu o sofá, segue comendo, só vai parar quando eu sumir com ele (o sofá), mas a Olivia sim é que come tudo. Acho que porque está na fase de troca dos dentes…mas vamos lá, um dia passa!
    Beijos pra vcs!

    • 17 de November de 2014 - 17:26

      Sarinha, nossos cães são amorosos demais! Precisamos de mais gente como eles, ou apenas de mais deles por aí, e podemos acabar com os humanos. Viva os dogs, hahahaha! Beijos!

  2. Denyse
    31 de October de 2014 - 09:46

    Eu também tenho um cão fora dos padrões. Eu até criei um ditado: “Se for normal, perfeito e saudável, não será meu.” Ele mora no quintal, pois não controla o cocô e o xixi. Eu nem tentei ensiná-lo, pois quando veio era paralítico, quase tetraplégico. Aí aconteceu um milagre e hoje ele corre, (inclusie assim como o seu), pula alto e é saudável. Mas ficou com umas sequelas, como essa da incontinência. Sabe, morro de pena de bichinhos de apartamento. Acho que é porque eu mesma me sinto sufocada nesse ambiente. Quanto ao cupcake, puxa fiquei doida por ele!!! Vou mostrar pra uma garotinha que vai adorar essa aranha! Beijo.

    • 17 de November de 2014 - 17:28

      Denyse, que história bonita! Realmente, eu também nunca tive cães normais, é o jeitinho deles mesmo e eu me apaixono sempre! Beijos!

  3. marcia ramacciotti
    31 de October de 2014 - 17:25

    eu sou o alguém que perguntou se vc ia deixar seu filho pra trás..rsss
    eu tenho um pinscher e moro em apê.com quase 4 anos fica de boa sózinho mas não podemos deixar á mão,ou seria; pata:papeis,contas,meias,preadores de roupas,panos de chao ou prato,controles remoto,etc e tal.
    então o máximo que ele faz é deitar no sofá novo e dormir o soninho dos justos.
    aproveitando….não uso gelatina,tem como substituir ?
    bj.

    • 17 de November de 2014 - 17:34

      Marcia, dá pra fazer sem! É só tirar o passo dela da receita e pronto, mas vai durar menos fora da geladeira. :D

  4. Tamires
    03 de November de 2014 - 11:17

    Que cachorro mais fofo! Adoro quando eles são meio estabanados, acho muito engraçado. Tive um que “cavava” a parede pra comer a terra kkk, e ele era gigante e muito lindo. Sinto saudades dele. E também adorei o cupcake, bem clássico e acredito que ficou uma delícia. Parabéns! Beijos

  5. Brisly
    04 de November de 2014 - 10:43

    Oi Juliana!! bom dia! onde você encontra creme de leite fresco aqui em Brasilia? nunca achei. Ah e lendo a sua história com seu filhote =) vc tem o contato dessa adestradora? obrigada!!! sucesso no seu novo apê!

  6. wanda macarone
    12 de November de 2014 - 00:50

    Sei bem como é isso. Já morei em uma casa sem pátio com 3 cães – quem mais me fez sofrer foi o Chernobyl: um beagle destruidor. Mordia tudo: roupas, sapatos, portas, tapetes, sofás e outros móveis, etc
    Nos mudamos pra uma casa com pátio, e ele ainda fica dentro de casa, quase o dia todo. Está com 4 anos e amadureceu. Já não causa mais tanta destruição.
    (agora tenho 5 e, pra eles, inseto é comestível!)
    Também tenho uma dogo argentino que é chegada em ‘não comestíveis’ e engoliu um brinquedo, dia desses! Foi uma maratona de exames até que… bom… saiu naturalmente. Felizmente.

    Bom, eu achei que veria o Freddie com fantasia de halloween esse ano…

    Boa sorte com a nova cozinha!
    :)

    • 18 de November de 2014 - 12:47

      Wanda, o Freddie também acha que insetos são saborosos. Quando voa uma mosca ou pernilongo perto, ele fica abocanhando o ar, é uma fofura! Adorei o nome do teu cachorro, Chernobyl! Se ele for destruidor mesmo, combina, hahahahah. Beijos e obrigada pelo carinho! :)

  7. Eli Yanes
    12 de November de 2014 - 15:32

    Ju! Em 2 dias li seu blog todinho, do primeiro ao ultimo post! Amei todas as receitas e a sua incrivel dedicação, bom gosto e produção! Separei pelo menos umas 10 receitas de cupcake para fazer……hj fiz o de banana e canela e ficou perfeito, obrigada por dividir conosco as suas dicas preciosas!

    • 18 de November de 2014 - 12:47

      Eli, que bom que gostou do blog!! Obrigada pelos elogios. Espero te ver sempre por aqui! :)

  8. Katiuscia Rodrigues
    16 de November de 2014 - 22:57

    Ei, JU! Seu blog fica na minha lista de favoritos! Tenho me aventurado com os cupcakes, aprendendo com você e sua doçura, dedicação e detalhismo… Tenho feito algumas receitas e sempre dá certo! Obrigada pelo carinho que demonstra em tudo o que faz.
    Quanto aos petfriends, moro em casa e sempre tenho um sorriso no rosto, temendo o furacão Katrina em casa. Tenho dois shitzus, o Ted e a Nina. Ted é mais novo e mantém um espírito livre. Sempre encontramos uma baguncinha kkkk Dia desses deixei um bombom na bolsa e saí. Quando cheguei, bolsa aberta, sacolinha do chocolate fora da bolsa e só o papel do bombom pra contar a história. Vê se pode… cachorro chocólatra! Quem será que ele puxou? kkkk Beijos e que o Senhor abençoe você e sua adorável família!

    • 18 de November de 2014 - 12:52

      Katiuscia, que bom que gosta do blog e as receitas dão certo com você! :)
      Cuidado com teu cachorro comendo chocolate, viu! É venenoso pra eles, porque o estômago deles não digere cacau. O Freddie já saiu correndo pela casa com um cupcake de red velvet na boca e eu e o Sr. Namorado desesperados tentando pegar. E teve um outro dia que descobrimos um dos cupcakes com cobertura de brigadeiro todo lambido… acho que ele também é chocólatra como o seu! hahahaha Beijos!

  9. Gabriel Henkels
    27 de November de 2014 - 00:24

    Oi Juliana, adoro seu blog e quando tenho tempo, tento reproduzir suas receitas mas nem sempre consigo fazê-las com perfeição por falta de prática e é claro que por falta de ingredientes que nem sempre encontro… na cidade onde moro(em SC) é muito difícil de encontrar certas coisas como cacau em pó e creme de leite fresco então eu queria saber se algo daria errado se eu substituísse o cacau por chocolate em pó e o creme de leite fresco por por de lata???

    • 26 de December de 2014 - 22:36

      Gabriel, o cacau pode até virar o chocolate em pó, mas o creme de leite em certas receitas precisa ser fresco porque ele é o único que bate chantilly. Beijos!

  10. Favara
    27 de November de 2014 - 20:38

    Oi Juliana, hoje fiz mini cupcakes de chocolate para meu filho levar no dia de Ação de Graça na escola, onde ele estuda inglês,
    mais alguns desgrudaram da forminha de papel porque isso acontece já não é a primeira vez.

    OBS Ficarão gostosos bjs.

  11. Stéfany
    05 de December de 2014 - 16:35

    Olá Juliana, me esclareça umas duvidas por favor! Essa receita é parecida com aquela de cupcake de chocolate, com algumas alterações. No caso as minhas duvida são: Eu posso fazer essa receita e não colocar as cerejas sem precisar fazer alterações de quantidade de ingredientes? Fica tão fofinha e molhadinha quanto a de cupcake de chocolate? Pretendo fazer os bolinhos recheados, para presentear alguns amigos. Qual receita você me aconselharia usar, essa ou a de cupcake de chocolate?

    • 26 de December de 2014 - 23:48

      Stéfany, dá pra fazer sem as cerejas sim, e ela fica tão boa quanto as outras que tem no blog. Quanto a qual usar, aí depende de você, eu gosto de todas – senão nem colocaria no blog! :) Beijos!

  12. Tania Mara Terra
    26 de January de 2015 - 14:27

    Ju adoro suas receitas são maravilhosas, parabéns.
    Me diga uma coisa qual a marca do creme de leite fresco que vc compra nos supermercados???

    • 03 de February de 2015 - 23:19

      Tania, geralmente é o que tem, porque não tem muita variedade por aqui não. Costuma ser La Palma. Beijos!

  13. 21 de December de 2015 - 07:54

    […] fora da geladeira. Você até pode colocar um pouco de gelatina no chantilly (como já fizemos aqui) para que ele segure melhor, mas o sabor modifica, a textura da mousse não fica igual e então é […]

Juliana Morgado

I’m a journalist with more passions than time can allow me to have. I have found in the kitchen my paradise, my resting place after a long and exhausting day. It’s my addiction, really. Not only cupcakes but anything that I find interesting, challenging or fun to do. Despite the blog’s name, it’s not all about cupcakes. I love cooking risotto, of all kinds, and I simply love any recipe with cheese.

Cupcakeando’s History

I’m not sure when or why I started to cook. My memories are of my mother putting me in the kitchen and teaching Brazilian white rice and her awesome pomodoro sauce for spaghetti, with fresh tomatoes just the way only she can do. All I know in the kitchen I’ve learned by one way: practice. My recipes are created from my head and implemented with the tests I run, or even meticulously measured from trusted sources.
I have a true passion for cupcakes, because I believe they represent everything that’s good in the kitchen: butter, sugar, cuteness, dedication and creativity. Everything in the right amount for one person.
I enjoy experimenting with these little ones, and finding out new ways do decorate them. When I have nothing better to do, I start researching and studying recipes, theories and decorations for cupcakes. Yeah, study, that’s right.
The blog is also a place for my second passion: photography. I’m that person who keeps looking for angles and shots while walking on the park. I also study the art of photography through websites and books.

The Name

Cupcakeando means, roughly, cupcakeing in Portuguese. The noun “cupcake” is in a verb tense that most well-schooled Brazilians hate because it means an action that will never stop. That’s precisely my intention. I don’t have any wish to stop my cupcake factory anytime soon, or even stop cooking in general. If I don’t have anymore orders, it will be for friends. If my friends get sick of it, it will be for my family. When my family says “ENOUGH”, it will be for myself (and maybe for my Siberian husky and my Pembroke corgi). Because that’s what I love to do and what makes me truly happy.

Copyright

All photos and texts on this website are produced by Cupcakeando, unless specified otherwise. They represent a lot of work and effort. In case you want to use any photo or text from this website, please make sure to link back to me or even get in touch with me before anything. I’ll be glad to help, but it’s important to give the proper recognition. :)

Creative Commons License
This work is licensed under a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contact

What if your question has already been answered on the FAQ? Read it just to make sure!

Send your questions or doubts through here.
I answer to each and every e-mail sent to me. Make sure you’ll get my e-mail by adding contato@cupcakeando.com.br to your safe contacts, or my answer might just flip into your spam box.