Monday, 03 de August de 2015

Brownies de cacau

33 Comments

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

  1. Soraya
    03 de August de 2015 - 08:47

    Nossa, Juliana, falou tudo!
    É exatamente assim que me sinto quando alguém diz que eu tenho que parar de trabalhar para vender os cupcakes (muitos com receitas que pego aqui no blog) e outros doces que faço. Penso: “se você soubesse o quanto gasto para fazer essas gostosuras”… rsrs! Aí minha desculpa é sempre: “não dá, teria muito trabalho e não ganharia bem, não tenho tempo…”. No outro minuto descubro que é aniversário de alguém do trabalho ou da família e digo “Pode deixar que levo o bolo!”… “Não, Soraya, vai dar trabalho”… e eu “Não dá nada. Faço porque gosto. É meu presente!”

    Com ou sem negócio, não deixa de colocar as receitinhas pra gente, são SEMPRE muito boas!!!

  2. 03 de August de 2015 - 09:57

    Adorei a receita, vou testa-la!
    E quanto ao o que você falou, é exatamente isso!
    Trabalho vendendo as minhas gostosuras, e sei bem como esse mercado é bem competitivo e ardo!
    Estudar, planejar, antes de abrir o próprio negocio é a chave para o sucesso!
    Passei uns perrengues, ao longo da caminhada, hoje eu ainda estou levando umas surras, mas correndo atrás para não cometer os mesmo erros, e assim fazer com que a minha empresa cresça saudável..

    Abraços… e Parabéns, adoro suas receitas!

  3. Giselle
    03 de August de 2015 - 10:55

    Oiii!
    Minha dúvida é…posso substituir a manteiga por margarina? É que tenho intolerância à lactose.
    Se sim, substituo pelas mesmas 140g? Qtas colheres de sopa daria?
    Obrigada!
    Bjinhos…

    • 07 de August de 2015 - 16:13

      Giselle, isso mesmo, é só substituir pela mesma quantidade.

  4. 03 de August de 2015 - 11:51

    Oi Ju!

    Já te enviei e-mail uma vez contando sobre meu caso de amor com seu trabalho. Hoje vivo da venda de doces, sobre os quais comecei a aprender com o seu blog. Costumo dizer que seu blog me encontrou e não o contrário. Seus doces, fotos e textos me encontraram em um momento de depressão profunda e me ajudaram a não somente passar o tempo, mas encontrar uma atividade que realmente me dá prazer e que, com o tempo, se tornaram minha fonte de renda. Mas sim, também reconheço meu mérito, pois não é tão simples assim pegar uma receita e com ela ganha dinheiro da noite pro dia. Temos que fazer adaptações, melhorias de acordo com nosso capital e gosto do nosso público, entre diversos outros fatores. Acho o máximo a quantidade de informação que encontramos com a Internet, de fato ela ajuda muito e abre portas para diversos tipos de negócio. O que me incomoda é que existe muita gente preguiçosa, que quer tudo na mão e que não se preocupa em testar, melhorar, achando que a Internet é a chave de tudo! Empreender é muito mais que isso. Exige tempo, dedicação, muita pesquisa e bom senso. As pessoas têm preguiça de pesquisar, de calcular custos, de fazer tudo. Isso me irrita e entendo o que você deve passar com a quantidade de pessoas que pedem certos tipos de informação. Eu tenho muito o que te agradecer, pois, mesmo sem saber, você me mostrou o quanto a confeitaria é linda. Saiba que seus doces me mostraram um novo caminho, mais feliz e promissor. E sua receita de Sheen cake ainda é a que uso para meus cupcakes de chocolate e é a massa que mais me faz receber elogios. Dela eu permiti não mudar absolutamente nada. Mto obrigada!

  5. 03 de August de 2015 - 11:53

    Sheen não, sheet!

    • 07 de August de 2015 - 16:15

      Hevelyn, fico muito feliz que meu blog te encontrou hehehehe! :) Mas é isso mesmo, a internet tem de tudo, mas ela não faz milagre nem resolve nossas vidas (infelizmente). Beijinhos e obrigada pelo carinho!

  6. ana cleide cerveira lima
    03 de August de 2015 - 11:55

    Oi Juliana,

    Amo Brownies!!! com certeza vou fazer hoje mesmo.

    Darei noticias. Um abração!

  7. Maria Teresa
    03 de August de 2015 - 11:55

    Muito fofo seu pratinho de coração! É herança da casa da mãe, ou vou comprou em alguma lojinha?
    Bjs,

    • 07 de August de 2015 - 16:16

      Maria, comprei em Buenos Aires, eu acho… agora não tenho certeza. Beijos!

  8. ana cleide cerveira lima
    03 de August de 2015 - 15:14

    Oi Juliana,

    Sobre o que falaste e´a pura verdade! Acredito que pra ter sucesso , em quaisquer que sejam as atividades, e´preciso conhecimento, estudo e estrutura e, sobretudo gostar de fazer.
    Como so vivo correndo e as vezes me esqueço de comentar acabo esquecendo. Mas,te acompanho e e te admiro muito.
    Meu primeiro cupcake fiz depois que conheci teu blog, acredite, maravilhosos.
    Que Deus te de sabedoria e paz pra alcançar os teus objetivos, SUCESSO!!!!.

  9. Neusa Chavier
    03 de August de 2015 - 16:21

    Oi Juliana, boa tarde!
    Vc tem toda razão quando explica no post, que o seu blog não é um passo inicial para um negócio. Mesmo assim, as dicas são maravilhosas! Entendo perfeitamente o que é cozinhar por prazer, fazer doces e “brincadeiras culinárias”, como eu chamo, apenas para agradar a família e amigos. Fiz muito disso, e, como os amigos começaram a gostar bastante, comecei a pegar encomendas e estou indo bem! Claro que não dá pra depender da venda de Cupcakes, Brigadeiros, Bolos e Naked Cakes, pelo menos por enquanto, afinal eu não sou confeiteira profissional (sou assistente executiva e trabalho 8h por dia – às vezes mais..rs), mas confesso que tenho usado muitas dicas suas para minhas receitinhas, todas com direitos a elogios!
    De minha parte, só tenho a agradecer por nos presentear com essas delicias!
    Forte abraço,

    • 07 de August de 2015 - 16:18

      Neusa, a ideia do blog é sempre ajudar mesmo! Que bom que as diquinhas ajudam! Mas é preciso parcimônia pra aliar as dicas daqui com o estudo de administração de negócios de fato, né? Beijos, flor!

  10. ana cleide cerveira lima
    03 de August de 2015 - 17:57

    Oi JULIANA,

    Qual e´essa receita de Sheem cake a qual Hevelyn se referiu? E´possível me enviar?

    Ficarei grata!

  11. Valéria
    04 de August de 2015 - 13:14

    Juliana,

    Bem esclarecido, sobretudo para mostrar que nem tudo na vida é feito por dinheiro. O prazer de fazer essas receitas e servir para a família não tem preço . Além do mais, os ingredientes que vc usa são de primeira qualidade, o que dificulta bastante atribuir um preço razoável para venda.
    Parabéns pelo post.

  12. Isabela
    05 de August de 2015 - 08:50

    Poderia substituir o cacau por chocolate 50% em pó? Estou amaaaado o blog! Parabéns!

    • 07 de August de 2015 - 16:20

      Isabela, pode, mas vai ficar mais doce. Beijos!

  13. ana cleide cerveira lima
    08 de August de 2015 - 02:55

    Oi Juliana, obrigada pela gentileza.
    Ah, experimentei o Brownie, uma delicia.

    Um abraço!

  14. 08 de August de 2015 - 17:16

    Oi, Ju.
    Eu acompanho o blog há bastante tempo, desde antes de ser confeiteira. E torcia o nariz pra cupcake, porque sempre comia uns ressecados e ruins. Passei a fazer cupcake há coisa de um ano atrás.
    Sigo algumas receitas suas, outras eu adapto (inclusive saiu daqui uma das receitas que mais vendo atualmente, de cupcake de Guiness…lembra aquela sua receita com bacon caramelizado? Pois é), outras eu pego em outros lugares (inclusive muitas referências americanas por motivos lógicos).
    Acho que existe mercado pra todo mundo, mas a tendência brasileira é querer mudar as receitas pra que elas custem muito pouco e as pessoas possam vender por um valor muito alto. O resultado de sabor nem sempre é bom e isso claro, causa problemas.
    Eu prefiro receitas um pouco mais elaboradas. O rendimento pode ser menor que as de “cupcake de um ovo só”, mas escuto dos clientes coisas como “melhor cupcake que já comi” e acho que então estou no caminho certo/
    :]

    • 25 de August de 2015 - 12:04

      Lilian, é bem isso mesmo que você falou, mas às vezes o barato pode custar muito caro. O cliente frequente quer um cupcake gostoso, acima de tudo, e não apenas barato. Tem que haver um balanço entre as coisas, não é? E tem gente também que não quer ter trabalho, quer só misturar algo pré-pronto e vender. Às vezes dá pra diminuir o custo da receita usando técnicas de confeitaria, mas dá mais trabalho, claro. Enfim, também prefiro ouvir “melhor cupcake que já comi” do que “mais barato cupcake que já vi”. Beijos!

  15. 09 de August de 2015 - 17:51

    Cá estava eu em casa pensando: putz, preciso de uma receita boa de brownie pra dar de lembrancinha no níver do Gu. Vou ver se a Ju tem…. e voilá! hahahaha
    Mas vou usar a receita com mais açúcar e sem castanhas ~ sou alérgica ~. Será que fica bom recheado com ganache ou doce de leite?

  16. 20 de August de 2015 - 14:51

    Ju, te acompanho e amo teu blog, tuas dicas (todoas, de tudo) e amo tuas receitas, mas posta alguma coisa sem leite de vaca, por favor. Minha filha tem alergia as proteinas do leite, entao nadinha que venha de uma mimosa ela pode!!! Cria aí, por favor!! Beijos!

    • 25 de August de 2015 - 18:37

      Isabel, eu até tento receitinhas sem lactose! Vou ver se posto algumas aqui sim :) Beijos!

  17. Vanessa
    22 de October de 2015 - 20:11

    Amo essa receita! Sempre sofri pra fazer brownies mas essa deu super certo todas as vezes. Fiz com oreo picado no lugar das castanhas e ficou incrivel! Obrigada por compatilhar receitas maravilhosas! ♡

  18. Elis Moura
    16 de December de 2015 - 11:57

    Oii!
    O cacau em pó é cacau 100%?
    Adoro seu blog e as dicas!!!
    Parabéns pelo seu trabalho :D

    • 18 de December de 2015 - 16:55

      Elis, sim, sempre que for cacau em pó é apenas o cacau, sem misturas. Beijos!

  19. Alline
    24 de July de 2016 - 18:52

    Amei a receita! Venho testando varias receitinhas de brownie, estava atras de uma que usasse chocolate em pó ao inves de barra… essa vc usa o cacau.. perguntas: nao fica mto amargo? Se eu quiser substituir essa quantidade por chocolate em pó 50% será que dá certo? Nesta mesma receita para uma forma 30×18 quais quantidades posso utilizar vc acha? Pois essa receita é para uma forma bem pequenininha né? Beijinhos.

    • 20 de September de 2016 - 14:14

      Alline, pessoalmente, prefiro doces de chocolate mais amargos e com mais sabor de cacau do que doces, então pra mim fica ótimo. Não acho muito doce nem muito amargo esse aqui. Mas se você prefere doces mais doces (hahaha) num geral, então use o chocolate em pó 50% ou apenas chocolate em pó mesmo. Essa receita é pra uma fôrma quadrada de 17x17cm. Pra essa retangular sua, melhor dobrar a receita. Beijos!

  20. Débora Carnevalli
    11 de February de 2017 - 10:34

    Olha tudo aqui é muito inspirador, adorei sua sinceridade ao descrever seu objetivo no blog.

  21. Ana Villas
    20 de February de 2018 - 12:03

    Açúcar e cacau vão junto com a manteiga para o fogo? Ou deixa só a manteiga por 30 s e depois adiciona na tigela? Fiquei em dúvida

    • 29 de March de 2018 - 21:27

      Ana, isso mesmo, você derrete a manteiga depois acrescenta o açúcar e o cacau.

Juliana Morgado

I’m a journalist with more passions than time can allow me to have. I have found in the kitchen my paradise, my resting place after a long and exhausting day. It’s my addiction, really. Not only cupcakes but anything that I find interesting, challenging or fun to do. Despite the blog’s name, it’s not all about cupcakes. I love cooking risotto, of all kinds, and I simply love any recipe with cheese.

Cupcakeando’s History

I’m not sure when or why I started to cook. My memories are of my mother putting me in the kitchen and teaching Brazilian white rice and her awesome pomodoro sauce for spaghetti, with fresh tomatoes just the way only she can do. All I know in the kitchen I’ve learned by one way: practice. My recipes are created from my head and implemented with the tests I run, or even meticulously measured from trusted sources.
I have a true passion for cupcakes, because I believe they represent everything that’s good in the kitchen: butter, sugar, cuteness, dedication and creativity. Everything in the right amount for one person.
I enjoy experimenting with these little ones, and finding out new ways do decorate them. When I have nothing better to do, I start researching and studying recipes, theories and decorations for cupcakes. Yeah, study, that’s right.
The blog is also a place for my second passion: photography. I’m that person who keeps looking for angles and shots while walking on the park. I also study the art of photography through websites and books.

The Name

Cupcakeando means, roughly, cupcakeing in Portuguese. The noun “cupcake” is in a verb tense that most well-schooled Brazilians hate because it means an action that will never stop. That’s precisely my intention. I don’t have any wish to stop my cupcake factory anytime soon, or even stop cooking in general. If I don’t have anymore orders, it will be for friends. If my friends get sick of it, it will be for my family. When my family says “ENOUGH”, it will be for myself (and maybe for my Siberian husky and my Pembroke corgi). Because that’s what I love to do and what makes me truly happy.

Copyright

All photos and texts on this website are produced by Cupcakeando, unless specified otherwise. They represent a lot of work and effort. In case you want to use any photo or text from this website, please make sure to link back to me or even get in touch with me before anything. I’ll be glad to help, but it’s important to give the proper recognition. :)

Creative Commons License
This work is licensed under a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contact

What if your question has already been answered on the FAQ? Read it just to make sure!

Send your questions or doubts through here.
I answer to each and every e-mail sent to me. Make sure you’ll get my e-mail by adding contato@cupcakeando.com.br to your safe contacts, or my answer might just flip into your spam box.