Friday, 13 de November de 2015

Bolo invertido de abacaxi

19 Comments

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

  1. Barbara
    13 de November de 2015 - 09:46

    Que lindo Ju! Parabéns pela atitude! Também sou louca por animais e faria o mesmo! Precisamos de mais pessoas assim no mundo! Mais amor puro e sincero como só os animais sabem transmitir! A receita é maravilhosa, com certeza vou testar!!! Beijos

  2. maira
    13 de November de 2015 - 09:47

    Linda história, Ju!
    Ainda bem que Deus colocou você no caminho do cachorro – ou ele no seu caminho ;)

  3. Pâmella
    13 de November de 2015 - 09:48

    Tenho uma amor muito grande por bichinhos… tenho dois cachorros que adoro beijar, todos acham que sou louca, mais quer saber, sou mesmo, mais de amor por eles, porque quando chego cansada e extressada do trabalho, eles são os únicos que vem falar comigo, então, sim, eles merecem toda atenção que eu possa dar…

  4. Lilian
    13 de November de 2015 - 11:18

    Ju, você é um anjo!
    Sempre estou por aqui lendo seus posts, mas é a primeira vez que comento.
    Já adorava seu blog e agora gosto ainda mais pela história de hoje!

    Há 08 anos resgatei um vira-lata abandonado em uma praia. Ele era filhotinho, mas ia morrer sem cuidados, estava cheio de pulgas e vermes… Hoje é o cachorrinho mais feliz e perfeito que já vi! (mãe coruja… rsrs)
    Amanhã, se tudo der certo, eu e minha mãe vamos adotar um cachorrinho que foi resgatado essa semana. Parece que ele foi espancado (quem tem coragem de fazer isso?) e teve que retirar um olhinho… =//
    Se tudo correr bem, amanhã teremos 03 cachorrinhos resgatados (rsrs). O outro é um poodle que foi abandonado pela família, pois estava infestado de pulgas…

    Que o cachorrinho resgatado por você fique muito bem e ache logo uma família com muito amor. =))
    Beijos

    • 17 de November de 2015 - 10:53

      Lilian, que bom que o mundo tem pessoas como você! Parabéns pelas adoções, aposto que todos estão muito felizes :) Mande fotos dos peludinhos pra mim!

  5. Bianca
    13 de November de 2015 - 11:26

    Adivinhou! Tenho um abacaxi madurinho em casa e já sei como usar!!! ♥

  6. Morganna
    13 de November de 2015 - 17:32

    oi Ju, parabéns pelo lindo gesto, lindo mesmo, é uma pena mas é assim mesmo, centenas de animais abandonados ou que nasceram nas ruas. Infelizmente não temos políticas públicas que protejam essa galerinha e eles dependem totalmente da misericórdia divina e de nossa boa vontade. Já resgatei um gatinho, o flap (UnB), ele estava com desidratação severa, uma verminose terrível e um problema no pulmão em razão do frio (era época de chuva). Sofri muito porque moro em kit e tive uma luta enorme para cuidar dele e impedir que nós e meus gatos pegássemos qualquer doença (tinha possibilidade de fungo). Ele sentia um medo tremendo de mim, medicá-lo era muito difícil, miava sofrido e por conta dos remédios não tinha controle sobre a própria vontade de ir no banheiro, enfim podes imaginar, eu tinha que lavar o bumbum e as patinhas várias vezes ao dia, limpar minha casa e lavar banheiro o tempo todo, no fim de duas semanas eu chorava de exaustão, ele não me deixava dormir de tanto choro, mas coitado, ele sentia dor e estava apavorado (sem falar que meus gatos ainda assustavam mais o pobre), até a tela de proteção ele escalava, chorava e sujava tudo de cocô. Foi uma luta sem igual mas passou, eu deveria ter sido somente lar temporário, mas vê-lo saudável, socializando, sentir o carinho e gratidão com a qual ele me olhava foi uma das coisas mais maravilhosas que já experimentei na vida, então flap deixou de ser visita e se tornou família. Me sinto muito amada por todos meu gatos, mas o carinho que ele me dá é diferente, às vezes acordo a noite com ele lambendo meu rosto, minha perna (é tão raro gato curtir fazer isso!), me recebe quando chego, vai se despedir quando saio, chora se eu viajo… foi dificílimo, mas faria tudo de novo. Olha depois que o cachorrinho que vc resgatou ficar bom vá lá, faz uma dessa tuas fotos lindas e compartilha, me manda que compartilho também, ele é bonito, se fizermos muitos compartilhamentos ele pode encontrar um lar em breve. Abs.

    • 17 de November de 2015 - 11:22

      Morganna, vou lá nesse fim de semana ver como ele está e se o abrigo precisa de algo! Linda tua história, acho que isso tudo vale a pena quando a gente pensa que estamos salvando uma vida inocente. Na UnB é cheio de bichinhos, especialmente gatos. É muito ruim caminhar aqui pra quem tem o coração mole com bichos como a gente.

  7. 13 de November de 2015 - 20:23

    Ju, nem preciso dizer que me emociona muito sua atitude! Sei bem como é pegar um ser desses indefesos e doentes e poder ajudá-los, tanto que tenho a nossa querida Oliviah Divah super gordinha aqui em my house até hoje. É muito amor isso tudo, não tem amor mais fiel e sincero que dos animais. Adorei sua postura e fico muito feliz que existem pessoas como vc, com a Pri, como eu (modesta) ainda nessa vida!
    Beijo grande.
    (o bolo tá lindo!)

    • 17 de November de 2015 - 11:54

      Sara, sabes como eu sou com bichinhos, não tem nada mais gratificante do que saber que salvamos uma vida <3 beijo enorme pros primos do Freddie!

  8. Daniele
    13 de November de 2015 - 21:48

    Ju, estou muito emocionada com sua atitude. Amo animais e nada me machuca mais do que ver um desses anjos sofrendo por algum motivo. Já sabia que você era uma boa pessoa, e te parabenizo e te peço pra continuar ajudando, pois infelizmente eles só dependem de nós para ter uma vida digna. Fica com Deus querida.

    • Daniele
      13 de November de 2015 - 21:50

      Ah, aliás, amo abacaxi e fiquei louca pra testar essa receita!! Sempre faço de banana aqui pra casa, mas nem gosto. Esse de abacaxi deve ser maravilhoso. Mas acho q vou fazer uma calda de açúcar tradicional, caramelizada, será q fica bom?

      • 17 de November de 2015 - 11:55

        Daniele, só fiz um gesto pequeno, que espero que motive outras pessoas! Dá certo também com açúcar tradicional, mas confesso que com o mascavo o sabor fica mais interessante!

  9. Beatriz
    15 de November de 2015 - 15:27

    Que lindo <

  10. Laíse
    16 de November de 2015 - 11:21

    Que linda!!! Também sou assim. Mas ainda acho que faço tão pouco :(

  11. Isa
    18 de November de 2015 - 17:34

    Chorei!! Parabéns Ju, que atitudes como a sua se multipliquem. Tenho dois pequeninos em casa,
    se eu tivesse mais espaço teria muito mais.
    Ps: A receita é maravilhosa…

  12. Micaella
    19 de November de 2015 - 16:57

    Linda atitude Ju!
    Aqui onde trabalho, fica ao lado de uma rodovia e é um local onde volta e meia ocorre uma “desova” de animais… alguns foram gentilmente adotados pela minha pessoa, porem agora a situação não esta mt legal la em casa… a proposta é…Se vc touxer mais algum bicho pra casa qm sai é vc…então por enqnt não tenho mais adotado animais que aparecem por aqui…mas tenho tentado localizar donos responsaveis…

    Quanto ao bolo… alguns dias atras fiz ele com abacaxi… ficou uma delicia… claro não foi a sua receita que é um pouco mais elaborada… mas o fato é que normalmente faço a receita que tenho com banana…e arrisquei o abacaxi e todos la em casa adoraram…

    Acho que era só..
    Bj

    • 20 de November de 2015 - 09:26

      Micaella, quando eu morava com meus pais, a ideia era essa também: ou você ou os cachorros, hahahaha. Mas sonho em ter uma fazenda um dia pra poder ter todos esses lindões lá. :)

Juliana Morgado

I’m a journalist with more passions than time can allow me to have. I have found in the kitchen my paradise, my resting place after a long and exhausting day. It’s my addiction, really. Not only cupcakes but anything that I find interesting, challenging or fun to do. Despite the blog’s name, it’s not all about cupcakes. I love cooking risotto, of all kinds, and I simply love any recipe with cheese.

Cupcakeando’s History

I’m not sure when or why I started to cook. My memories are of my mother putting me in the kitchen and teaching Brazilian white rice and her awesome pomodoro sauce for spaghetti, with fresh tomatoes just the way only she can do. All I know in the kitchen I’ve learned by one way: practice. My recipes are created from my head and implemented with the tests I run, or even meticulously measured from trusted sources.
I have a true passion for cupcakes, because I believe they represent everything that’s good in the kitchen: butter, sugar, cuteness, dedication and creativity. Everything in the right amount for one person.
I enjoy experimenting with these little ones, and finding out new ways do decorate them. When I have nothing better to do, I start researching and studying recipes, theories and decorations for cupcakes. Yeah, study, that’s right.
The blog is also a place for my second passion: photography. I’m that person who keeps looking for angles and shots while walking on the park. I also study the art of photography through websites and books.

The Name

Cupcakeando means, roughly, cupcakeing in Portuguese. The noun “cupcake” is in a verb tense that most well-schooled Brazilians hate because it means an action that will never stop. That’s precisely my intention. I don’t have any wish to stop my cupcake factory anytime soon, or even stop cooking in general. If I don’t have anymore orders, it will be for friends. If my friends get sick of it, it will be for my family. When my family says “ENOUGH”, it will be for myself (and maybe for my Siberian husky and my Pembroke corgi). Because that’s what I love to do and what makes me truly happy.

Copyright

All photos and texts on this website are produced by Cupcakeando, unless specified otherwise. They represent a lot of work and effort. In case you want to use any photo or text from this website, please make sure to link back to me or even get in touch with me before anything. I’ll be glad to help, but it’s important to give the proper recognition. :)

Creative Commons License
This work is licensed under a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contact

What if your question has already been answered on the FAQ? Read it just to make sure!

Send your questions or doubts through here.
I answer to each and every e-mail sent to me. Make sure you’ll get my e-mail by adding contato@cupcakeando.com.br to your safe contacts, or my answer might just flip into your spam box.