Wednesday, 16 de November de 2016

Bolo de amêndoas com brigadeiro meio amargo, e a saga do papel de parede da sala

12 Comments

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

  1. Yasmin
    16 de November de 2016 - 13:38

    Ju, antes de tudo, que bolo lindo!
    Adoro como você explica tudo tão detalhadinho, sério! <3
    Fiquei louca pra fazer, mas não encontrei farinha de amêndoas aqui em Brasília ainda. Onde posso achar? Você acha que fazendo a farinha caseira mesmo, processando as amêndoas, dá certo?
    Beijos!

    • 13 de December de 2016 - 22:45

      Yasmin, vende na Ceasa, no Oba, no La Palma e naquelas lojas de produtos naturais como a Biomundo, etc. Mas pra essa receita você pode processar amêndoas inteiras e sem casca, se quiser! :)

  2. Gabriel Miossi
    17 de November de 2016 - 10:47

    Ju, tudo bem?

    Que bolo lindo!! Quero fazer em casa, igualzinho ao seu! rs
    Eu tenho um problema com bolos que meu forno não assa muito bem no meio, então acabo não fazendo muitos bolos em casa, mas como esse é com uma forma menor, pode dar certo, tenho duas com aro de 17cm, vou tentar fazer. Já me falaram pra assar em banho maria, mas não tentei, deve dar muito trabalho também, mas vamos ver. Se der certo, você vai saber pelo insta! kkk
    Sobre o papel de parede, achei lindo! Me inspirou a colocar no meu apartamento também, mudar um pouco as paredes brancas.

    Beijos

    • 13 de December de 2016 - 22:48

      Biel, tem um item de cozinha que é tipo um elástico gigante que você coloca em volta da fôrma, e isso ajuda a assar mais uniformemente, fazendo com que o centro asse melhor sem queimar as laterais. Não sei se vende no Brasil, eu comprei o meu há séculos numa viagem… Outra dica que tem funcionado comigo é não untar as laterais da fôrma, pois assim o bolo vai crescendo meio que “segurado” pelas paredes da fôrma e temos maior controle de como fica o centro!
      Quero ver fotos das suas paredes se você colocar! :D

  3. Maria Célia Borges Viana
    17 de November de 2016 - 16:14

    Adorei vou fazer para o Natal. Bjs

  4. Pati
    18 de November de 2016 - 14:14

    Oi Linda,
    Nessa receita não vai Ovos?
    Muitos Beijos…

    • 13 de December de 2016 - 22:56

      Pati, não! É um bolo sem ovos! :)

  5. Fabiana
    20 de February de 2017 - 16:41

    Fiz o bolo hoje, ainda não comi, mas parece tudo muito ótimo! Porém foi bem difícil cobrir o bolo inteiro com essa cobertura de brigadeiro, ficou na consistência de brigadeiro mesmo, então eu ia colando, o negócio ia grudando, fiz até com ajuda de uma espátula e água quente, mas foi quase um milagre eu ter conseguido! (não ficou a coisa mais linda desse mundo).

    Eu tenho uma dúvida, sobrou MUITA calda base. Me pergunto se eu coloquei muito pouca. Sobra quase ela inteira. O que eu faço é pegar um pincel e pincelar o bolo. É pra molhar mais ainda ?

    • 03 de March de 2017 - 22:03

      Fabiana, você usou o creme de leite da receita do brigadeiro? Ele ajuda a deixá-lo mais “elástico”. Uma outra dica que eu dou é confeitar o bolo gelado. Deixe ele na geladeira até ficar bem durinho (ou congelador mesmo), aí é mais fácil de passar o brigadeiro em volta! Quanto a massa, geralmente sobra bastante mesmo. Mas você também pode molhar mais e mais, desde que não empape tanto que desmonte o bolo. Às vezes a gente acha que molho o suficiente, mas quando vai cortar, vê que o líquido entrou só até metade da massa, sabia? Eu passo por isso direto kkkk Beijos!

  6. Rafaela
    21 de March de 2017 - 16:51

    Oi Ju!
    Adorei a receita! Estou querendo fazer no aro 20.
    Você acha que 1 receita + 1/4 é suficiente?
    Beijos!!

    • 28 de March de 2017 - 18:20

      Oi Rafaela! Por garantia, eu faria 1 + 1/2 receita. Se sobrar, você pode congelar a massa, ou fazer uns cake pops :)

  7. Évylin Koligoski
    16 de September de 2017 - 18:06

    Oii Ju,

    Posso trocar as amêndoas por nozes bem moidinhas???
    Nozes é um pouco mais barata que as amêndoas e eu AMO nozes.

    :)

Juliana Morgado

I’m a journalist with more passions than time can allow me to have. I have found in the kitchen my paradise, my resting place after a long and exhausting day. It’s my addiction, really. Not only cupcakes but anything that I find interesting, challenging or fun to do. Despite the blog’s name, it’s not all about cupcakes. I love cooking risotto, of all kinds, and I simply love any recipe with cheese.

Cupcakeando’s History

I’m not sure when or why I started to cook. My memories are of my mother putting me in the kitchen and teaching Brazilian white rice and her awesome pomodoro sauce for spaghetti, with fresh tomatoes just the way only she can do. All I know in the kitchen I’ve learned by one way: practice. My recipes are created from my head and implemented with the tests I run, or even meticulously measured from trusted sources.
I have a true passion for cupcakes, because I believe they represent everything that’s good in the kitchen: butter, sugar, cuteness, dedication and creativity. Everything in the right amount for one person.
I enjoy experimenting with these little ones, and finding out new ways do decorate them. When I have nothing better to do, I start researching and studying recipes, theories and decorations for cupcakes. Yeah, study, that’s right.
The blog is also a place for my second passion: photography. I’m that person who keeps looking for angles and shots while walking on the park. I also study the art of photography through websites and books.

The Name

Cupcakeando means, roughly, cupcakeing in Portuguese. The noun “cupcake” is in a verb tense that most well-schooled Brazilians hate because it means an action that will never stop. That’s precisely my intention. I don’t have any wish to stop my cupcake factory anytime soon, or even stop cooking in general. If I don’t have anymore orders, it will be for friends. If my friends get sick of it, it will be for my family. When my family says “ENOUGH”, it will be for myself (and maybe for my Siberian husky and my Pembroke corgi). Because that’s what I love to do and what makes me truly happy.

Copyright

All photos and texts on this website are produced by Cupcakeando, unless specified otherwise. They represent a lot of work and effort. In case you want to use any photo or text from this website, please make sure to link back to me or even get in touch with me before anything. I’ll be glad to help, but it’s important to give the proper recognition. :)

Creative Commons License
This work is licensed under a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contact

What if your question has already been answered on the FAQ? Read it just to make sure!

Send your questions or doubts through here.
I answer to each and every e-mail sent to me. Make sure you’ll get my e-mail by adding contato@cupcakeando.com.br to your safe contacts, or my answer might just flip into your spam box.