terça, 02 de agosto de 2016

Confeitaria 101: a diferença entre cupcake e muffin

10 Comentários

Uma fôrma de cupcake permite fazer muita coisa diferente. Definitivamente, ela não serve só para cupcakes. Eu já fiz até cheesecake nela!
Então, entre as várias receitas que dá pra fazer usando uma fôrma dessas, existem os muffins. E esses danadinhos entram também no grande dilema de todo mundo que já fez um cupcake na vida: qual a diferença, afinal de contas, entre cupcakes e muffins?
Ora, eles são tão… parecidos. Ambos são bolos, ambos são doces (geralmente). E agora? Bem, vamos enumerar algumas diferenças entre esses dois seguindo as “partes” de cada um e explicar detalhes interessantes.

banner_cupcake_muffin_diferenca
Massa
Em uma análise mais rápida, alguém poderia dizer que tanto o cupcake quanto o muffin são bolos – na verdade, não. O cupcake é sim um bolo, daí seu nome “cup”, copo, e “cake”, bolo. Mas o muffin é considerado pelos confeiteiros algo entre o bolo e o pão, estando muito mais próximo de um pão devido à textura da massa que precisa ser obtida no final. Ou seja, um muffin geralmente é mais seco que um cupcake.
Se fossemos seguir estritamente o que mandam os puristas da confeitaria, uma massa de cupcake necessariamente seria sempre amanteigada – ou seja, uma massa que tem manteiga no estado sólido e começa com ela sendo batida juntamente com o açúcar. Mas quem acompanha o blog sabe que aqui tem várias receitas de cupcakes com óleo ou com manteiga derretida. Isso porquê eu não sou purista, hahaha.
Já os muffins precisariam ser massas feitas com óleo ou com a gordura em estado líquido, misturando ingredientes úmidos em uma tigela e os secos em outra, e depois juntando tudo de uma vez. Desta forma, os muffins também raramente são feitos em batedeira, geralmente é em uma tigela mesmo, apenas misturando tudo junto com um fouet ou espátula.
São métodos de preparo que diferenciam os dois porque acabam influenciando na textura final da massa, e é isso que é a grande diferença teórica entre os dois.

Recheio
Ter ou não ter recheio não torna o doce um cupcake ou muffin. A verdade é que cupcakes não tem a obrigatoriedade de ter recheio – eu, inclusive, já disse por aqui que prefiro os meus sem, com raras exceções. Fato é que muffins não costumam ter recheio, enquanto cupcakes por vezes têm.

cupcake_muffin_diferenca
Cobertura
Aqui também é uma grande diferença entre os dois. Cupcakes geralmente terão uma cobertura “para o alto”, entende? Uma voltinha, uma decoração de pasta americana, etc. Algo que “cresça” o doce para cima. Já os muffins não costumam ter cobertura, ou se têm não passa de uma calda simples colocada por cima (tipo aquela branca tradicional de bolo de limão). A ideia é que cupcakes são feitos também para atrair visualmente, enquanto os muffins são mais “patinho feio” pois a função deles, quando criados, era consumir – comer e só. O que não é o caso dos cupcakes, que foram criados com o propósito de já serem bonitos, afinal “bolos” em formato de copo.

Sabor
Cupcakes, em geral, são mais doces que muffins. Já estes últimos, às vezes, podem até ser salgados. Muffins costumam ter frutas secas ou frescas na massa, novamente retomando ao propósito para o qual eles foram inventados: como eram alimentos rápidos e simples de lanche, as pessoas colocavam ingredientes saudáveis para melhorar o produto final de maneira nutritiva, especialmente para crianças que tem o paladar mais chatinho. Era só enganá-las com um “bolo” com frutas.

Olha, gente, acho que consegui enumerar tudo que lembrei. As diferenças estão aí. Será que ficou mais claro? Espero que sim! Espero que ajude quem tem dúvidas nesses aspectos.
No fim das contas, eu mantenho o que eu sempre disse: dá pra chamar qualquer coisa de cupcake, se você quiser. Já fiz aqui um “cupcake” de pizza que, se você considerar esse post, está mais pra muffin. E também já fiz um de cheesecake que certamente não é um bolo. Mas gente, na boa, o importante é estar gostoso! ;)
SIM! Essas duas delícias das fotos vão entrar no blog em breve. E pra deixar um gostinho, vou dizer do que são: queijo e goiabada, e bacon, cebola e parmesão! Aguardem!

  1. Marina
    02 de agosto de 2016 - 11:54

    Por um mundo com mais posts de confeitaria 101 <3

  2. Denyse
    03 de agosto de 2016 - 14:36

    Oi, Juliana, essa explicação me fez feliz! Odeio ignorar coisas fundamentais como essa.
    PS.: Isso é sério.

    • 20 de setembro de 2016 - 15:29

      Denyse, que bom que gostou do post! :D

  3. Gabriel Miossi
    04 de agosto de 2016 - 08:56

    Oi Ju, tudo bem??
    Como disse a Marina no primeiro comentário: “Por um mundo com mais posts de confeitaria 101” haha
    Adoro esses posts também! Está de parabéns, achei ótimo esses esclarecimentos, pois sempre me perguntavam e eu não tinha muito o que falar, dizia apenas que o muffin não tem cobertura, enquanto o cupcake tem.
    Esses das fotos, salgados, devem ser muito gostosos, nunca fiz nenhum cupcake ou muffin salgado, acho que ficaria muito bom.
    Beijos, até a próxima!!

    • 20 de setembro de 2016 - 15:31

      Biel, agora você pode linkar o post quando te perguntarem hahahahaha! Olha, que abusada. Esses da foto vão pro blog! :)

  4. Mônica
    29 de agosto de 2016 - 23:46

    Fazia dias q nao passava pelo blog… gostei muito do assunto e já estou ansiosa pelo parmesão com cebola!!!

  5. 07 de novembro de 2017 - 07:51

    Ju, acho que foi o post mais completo que vi com as diferenças entre cupcakes e muffins. Adoro seus posts mais técnicos! Sempre passo por aqui quando tenho alguma dúvida. Obrigada por compartilhar!
    Beijo,
    Ana

    • 28 de novembro de 2017 - 06:55

      Obrigada flor, um beijo grande! :)

  6. 30 de julho de 2018 - 08:00

    […] ressaltar que isto é um bolo, apesar de parecer muito um muffin. Como eu já expliquei aqui e aqui, a textura dele é bem bolo e muito longe de muffin. Não é porque não tem voltinha que […]

Ju Morgado

Sou uma jornalista com mais paixões do que o tempo me permite cultivar. Descobri na cozinha meu paraíso, meu refúgio depois de um dia cansativo ou estressante. É quase um vício, realmente. Não apenas cupcakes, mas qualquer coisa que eu ache interessante, desafiante ou divertido de fazer. Apesar do nome do blog, não é só de cupcakes que eu vivo. Amo fazer risotos, de todos os sabores, e simplesmente amo qualquer receita que envolva qualquer tipo de queijo.

A história do Cupcakeando

Não sei bem quando ou porquê eu comecei a me interessar por cozinhar. A lembrança mais antiga que tenho é de minha mãe me puxando para a cozinha, para me ensinar a fazer arroz branco, comum, e o molho de macarrão com tomates frescos que só ela sabe temperar.
Tudo que eu sei de cozinha aprendi de um jeito: prática. Minhas receitas são criadas da minha cabeça e implementadas dos meus testes ou então milimetricamente medidas de fontes confiáveis.
Tenho uma verdadeira paixão por cupcakes, pois acho que eles reúnem o que há de melhor na cozinha: manteiga, açúcar, fofurice, capricho e criatividade. Tudo na medida certa para uma pessoa saborear. Gosto de tentar coisas novas com esses pequenos e descobrir jeitos diferentes de decorá-los. Quando não estou fazendo nada, começo a pesquisar e estudar receitas, teorias e decorações de cupcakes. É, isso mesmo, estudar.
O blog também é uma maneira de praticar minha segunda paixão: fotografia. Sou daquelas que, enquanto passeia pelo parque, começa a achar ângulos de fotos que ficariam maravilhosas. Assim como eu estudo gastronomia e culinária, sento para ler sites e livros enormes sobre fotografia.

O gerúndio

Não fale mal dele antes de conhecê-lo melhor. Já ouvi por aí dizerem que jornalista jamais, sob nenhuma circunstância, pode usar o gerúndio. A justificativa fez sentido: “você usa o gerúndio quando não quer dar nenhuma previsão de término para sua a ação”, o que, no jornalismo, é basicamente como deixar o leitor esperando para sempre por aquela obra sanitária que o governo prometeu.
Mas foi exatamente a mesma explicação que me convenceu a usar o gerúndio para o nome do blog: eu não tenho previsão de fim para minha produção de cupcakes, jamais pretendo parar de fazê-los ou de cozinhar em geral. Se não tiver mais encomendas, será para amigos. Se meus amigos enjoarem, será para minha família. Quando minha família me dizer “CHEGA”, será para mim mesma (e talvez meu corgi. Eu tinha uma husky siberiana linda, que infelizmente se foi, mas vai estar sempre na minha memória). Porque é o que eu amo fazer e o que me deixa feliz.

Copyright

Todas as fotos e textos nesse site são produzidos pela confeiteira Ju Morgado, a não ser que esteja especificado o contrário. Eles representam muito trabalho e esforço. Caso deseje utilizar alguma foto ou texto do site, por favor, entre em contato. Ficarei imensamente grata em ajudar, mas é importante dar os devidos créditos. :)

Creative Commons License
Essa obra é licenciada perante a
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Contato

Será que sua pergunta já não foi respondida no FAQ? Dê uma lida nele antes, para ter certeza!

Envie suas dúvidas ou pedidos de encomendas por aqui. Minhas encomendas de cupcakes são apenas para o Distrito Federal (DF). Outros doces e produtos podem ser enviados, a depender do pedido.

Eu respondo a todos os e-mails enviados. Garanta que você receberá minha resposta adicionando o e-mail contato@cupcakeando.com.br na sua lista de endereços seguros, ou minha resposta poderá cair na sua caixa de Spam!